Firefox 3.5 Download

Firefox 3.5

O Firefox 3.5 já está disponível para fazer download e como tal é recomendável a todos a actualização do browser, não só para que sejam corrigidos os bugs mais recentes, mas também para poder aproveitar novas funcionalidades como a renderização do HTML 5 e a navegação privada.

Agora é possível ver vídeos no Firefox evitando a utilização de plugins 3rd party como o Quicktime ou Flash, basta que o webmaster do site use as tags <video> ou <audio>. É possível também saber a localização do utilizador através da nova característica chamada Location Aware Browsing.

O nosso browser preferido está agora mais rápido, mais seguro e com mais e melhores opções de privacidade e renderização de HTML 5.

Porque é que os projectos web falham?

Projectos Web

O WebTuga existe à quase 4 anos e tem tido os seus altos e baixos, no entanto nunca pensei em desistir deste projecto pois mesmo que existam pessoas que não apreciem o projecto, sei que existem outras que o apreciam e ao mesmo tempo sei dar valor ao trabalho que tem sido desenvolvido por mim e por algumas pessoas da equipa WebTuga.

No entanto, não é acerca do WebTuga que eu quero falar, mas sim acerca dos projectos que nascem e morrem de um momento para o outro sem deixar rasto. Quando comecei a trabalhar no projecto WebTuga, lembro-me de existirem várias comunidades, vários sites e vários projectos e pessoas individuais e pequenos grupos. Alguns desses sites faziam parte das minhas visitas diárias, no entanto com o passar do tempo esses projectos morrem, alguns deles ainda existem, se bem que não têm manutenção à anos. Posso avançar que cerca de 90% dos sites que à dois anos tinham qualquer tipo de parceria ou amizade com o WebTuga, já não mais existem.

É uma triste realidade que infelizmente acontece ainda hoje. Vejo pequenos projectos, blogs, fóruns que passado um mês do seu lançamento, são deixados ao abandono ou simplesmente vendidos a outras pessoas que não sabem o que fazer com aquilo.

Na vossa opinião, qual é a principal razão que leva à “morte” destes projectos? Será que as pessoas se iludem por pensar que um projecto alcança o topo logo nos primeiros dias?

Deixo referência a alguns dos projectos aos quais me refiro: TucowsPT, FRevolution, Imagem do dia, Speedway Informática, entre outros…

Google permite recuperar password por SMS

Google SMS Password Recovery

O Google criou um novo sistema de recuperação de password por SMS, bastando associar o seu número de telemóvel à sua conta do Google.

Desta forma, caso alguém entre na sua conta indevidamente e altere a password, a pergunta secreta e/ou o seu e-mail secundário, poderá recuperar a password para o seu telemóvel.

Esta opção ainda só está disponível para quem aceder através dos Estados Unidos, na página My Account. Para além disso, a página das opções de recuperação de password foi toda reformulada, incluindo agora todas as opções para recuperação (via e-mail, SMS e Pergunta Secreta).

É o primeiro serviço que conheço que tem este sistema activo, e parecendo que não, dá-me muita mais segurança em usar o Gmail tendo esta opção activa.

Windows 7 (Seven) – Preços e Design das Box

Windows 7 Home Premium BoxWindows 7 Professional BoxWindows 7 Ultimate Box

Brad Brooks, Corporate VP for Windows digital marketing da Microsoft revelou novas informações acerca do preço e da disponibilidade mundial do Windows 7 (Seven).

Em 22 de Outubro, O Windows 7 vai estar disponível nas seguintes 14 línguas: Inglês, Espanhol. Japonês, Alemão, Francês, Italiano, Holandês, Russo, Polaco, Português (Br), Coreano, Chinês Simplificado, Chinês Tradicional e Chinês (Hong Kong).

Depois, a 31 de Outubro, as restantes 21 línguas vão estar disponíveis: Turco, Português, Checo, Húngaro, Sueco, Dinamarquês, Norueguês, Grego, Finlandês, Ucraniano, Romeno, Árabe, Lituano, Búlgaro, Estoniano, Eslovaco, Hebraico, Croata, Tailandês, Sérvio e em Letão.

Os preços são mais altos do que esperava, depois de tanto buzz que se espalhou pela blogosfera, esperava que os preços não ultrapassassem os 150$, mas parece que me enganei.

Para quem quiser fazer a pré-encomenda e viva nos Estados Unidos da América, poderá a partir de amanhã obter as versões de actualização por preços mais acessíveis.

  • Windows 7 Home Premium Upgrade (pré-encomenda): $49.99
  • Windows 7 Professional Upgrade (pré-encomenda): $99.99

Depois disso, as versões de actualização terão os seguintes custos:

  • Windows 7 Home Premium (Upgrade): $119.99
  • Windows 7 Professional (Upgrade): $199.99
  • Windows 7 Ultimate (Upgrade): $219.99

Já em relação ao Windows 7 completo, os preços são um bocado mais “puxadotes”, começando nos $199 e acabando nos $319.

  • Windows 7 Home Premium (Full): $199.99
  • Windows 7 Professional (Full): $299.99
  • Windows 7 Ultimate (Full): $319.99

Em relação às caixas oficiais do Windows 7, são bastante simples e permitem facilmente identificar o produto.

Promoção: Revenda de Alojamento Nacional

Alojamento Nacional

O WebTuga Hosting (WebTuga, Unipessoal Lda) tem actualmente uma promoção activa num dos planos de revenda de alojamento que o irá surpreender.

Por apenas 100€/ano (iva incluído) terá a possibilidade de obter um plano de revenda de alojamento nos nossos servidores de alta performance alojados em Portugal. O plano em questão é o WTR Basic com o dobro do espaço e o dobro do tráfego utilizando o cupão “WTRB50OFF” durante a compra.

Ou seja, para além de ter um desconto de 50€ no pagamento anual, ficará ainda com 6GB de espaço e 60GB de tráfego num dos nossos servidores com backups R1soft de 6 em 6 horas, painel de gestão cPanel/WHM e com auto-instalador Installatron.

Com uma conta de revenda poderá vender alojamento aos seus próprios clientes ou utilizar a conta de revenda para criar várias contas para uso pessoal ou para sites de amigos.

Poderá criar até 20 sites dentro da sua conta de revenda e gerir todas através de um único painel. Para além do baixo preço, não necessitará de se preocupar com a gestão do sistema, apenas com a criação dos seus próprios planos e das contas de alojamento através do WHM.

Esperamos com esta iniciativa oferecer novas oportunidades a pessoas que queiram começar o seu próprio negócio online.

Boxee para Windows

Boxee

O Boxee, um media center opensource com integração de redes sociais, lançou hoje a sua nova versão.

A partir de hoje os utilizadores Windows podem usufruir do excelente software Boxee. O Boxee está agora disponível para 3 plataformas, Mac, Windows e Ubuntu.

A nova versão do Boxee integra também os vídeos do canal MLB.TV (Major League Baseball), possibilitando aos utilizadores o acesso a centenas de jogos de baseball, directos e conteúdo em HD.

De forma a distinguir o conteúdo local do conteúdo na Internet, o Boxee apresenta um novo layout de navegação.

Boxee

Cada vez mais social, o Digg está agora disponível no Boxee com uma interface bastante interessante que permite ver os vídeos submetidos pelos utilizadores.

Digg Boxee

Para os utilizadores do serviço Tumblr, o Boxee permite agora a partilha de músicas e slideshows automaticamente através da ferramenta media center. Foram introduzidos alguns programas do canal Current_.

Para finalizar, os utilizadores que estejam a correr o Boxee em Ubuntu, poderão agora ver os vídeos em HD (1080p) utilizando as drivers Nvidia.

Como adicionar o seu site ao Bing

Adicionar site ao Bing

Quer aceite ou não, o Bing chegou para ficar. Muitos dizem que o Bing é apenas o Windows Live Search com um novo nome, mas o que é certo é que o Bing tem vindo a crescer e está a ser um grande sucesso.

Os motores de busca são venerados pelos webmasters, pois estes trazem visitas aos seus sites e o Bing parece estar a fazer o seu trabalho de casa.

Se o Bing pode trazer mais visitas ao seu site, então está na hora de ajudar um pouco o novo motor de busca da Microsoft a encontrar o seu site.

Para além de toda a optimização de motores de busca, é necessário dar a conhecer aos motores de busca que você existe. Tal como no Google e no Yahoo, o Bing fornece ferramentas que permitem aos webmasters submeterem o seu site no motor de busca.

Basicamente existem três formas de submeter o seu site no Bing.

1 – Reclamar o seu site no Bing

Tal como o Google fornece o serviço Google Webmasters, onde pode adicionar os seus sites e comprovar que são efectivamente os seus sites, o Bing também lhe oferece as Webmaster Tools.

Para se registar no Bing Webmaster Center, vai necessitar de uma conta Passport ou Windows Live. De seguida aceda a este link e submeta as informações do seu site.

O formulário irá pedir-lhe o endereço do seu site e opcionalmente o endereço do seu sitemap, se ainda não tem um sitemap, deverá procurar informação acerca de como criar um sitemap para o seu site.

De seguida o Bing vai-lhe pedir para comprovar que é realmente o webmaster do site que submeteu, para tal vai ser necessário fazer uma verificação colocando uma Meta Tag na secção head do seu site ou então fazer o upload de um ficheiro xml para o seu site.

Após a verificação, poderá ver informações como a pontuação do seu domínio, a ultima vez que foi indexado, o número de páginas indexadas, o estado actual do domínio, top 5 páginas, backlinks e outbound links e uma lista de principais keywords.

2 – Pingar o Bing.com

A segunda forma de avisar o Bing que o seu site existe é pingar, ou seja, enviar-lhe uma notificação com o seu endereço de sitemap, bastando abrir o seguinte endereço no browser (substituindo a parte do [sitemap] pelo endereço do seu sitemap) ou então utilizando uma ferramenta que faça o envio do ping automaticamente:

http://www.bing.com/webmaster/ping.aspx?siteMap=[sitemap]

3 – Adicionar o seu site rapidamente ao Bing

Outra forma de adicionar o seu site ao bing, é submetendo directamente o seu endereço pelo formulário de submissão no Bing.com. Após submeter o seu site, este será enviado para uma lista de espera e aprovado manualmente por um dos responsáveis do motor de pesquisa Bing.

http://www.bing.com/docs/submit.aspx

E pronto, já sabem como podem ter o vosso site no Bing. Agora têm que aprender a optimizar o vosso site de forma a conseguirem estar entre os primeiros resultados e assim ter o sucesso garantido.

PS: Tentem pesquisar por “Bing” no Google Images… #nsfw

Photoshop video tutorial #2 – Criar Gifs animados

Adobe Photoshop

Depois do primeiro vídeo tutorial onde ensinei a adicionar um efeito de brilho aos vossos textos no Photoshop, decidi seguir alguns dos conselhos dos nossos leitores.

Neste tutorial, onde ensino a criar gifs animados, decidi adicionar pequenas notas ao longo do vídeo. Para além disso, o vídeo conta agora com uma melhor apresentação, visto ter sido editado posteriormente no iMovie, onde adicionei uma introdução e uma animação no final, agora só falta mesmo o pormenor do microfone, mas penso que no próximo vídeo já vamos ter os passos em áudio graças ao iMovie.

Espero que no final deste tutorial consigam fazer pequenas brincadeiras com o Photoshop, é muito fácil utilizar o Photoshop para fazer animações em gif, basta explorar a ferramenta.

Não se esqueçam de seguir este tutorial e colocar aqui os vossos resultados e qualquer outra dica que desejem partilhar. Ah… e já agora, aceitam-se sugestões para novos tutoriais.

Microsoft Morro ou Microsoft Security Essentials

Microsoft Security Essentials beta

Certamente já ouviram falar do Microsoft Morro, uma ferramenta que a Microsoft estaria a desenvolver para proteger o seu sistema operativo, uma espécie de Anti-virus.

Pois muito bem, o Microsoft Morro Beta já está disponível, no entanto com outro nome, Microsoft Security Essentials Beta.

Segundo a Microsoft, os utilizadores não querem passar metade do seu tempo gasto no computador a manter o sistema seguro livrando-o de vírus, trojans, spywares e ad-wares (é verdade, é por isso que eu raramente uso Windows!), portanto o Microsoft Security Essentials vai correr como processo em background e não o vai chatear com alertas e outro tipo de tooltips.

A Microsoft diz também que o Microsoft Security Essentials vai gastar poucos recursos no sistema.

Sendo gratuito, leve e livre de alertas, parece uma boa alternativa a qualquer anti-vírus pago que existe por ai, no entanto falta saber até que ponto vai proteger o sistema a pessoas que não têm conhecimentos avançados.

Podem fazer o inscrever-se na como beta testers e fazer o download da aplicação aqui.

Ah… esqueci-me de informar, quem não tem o Windows válido já sabe que fica com o sistema vulnerável… ou pelo menos não usa o Microsoft Security Essentials.