Twitter: links serão independentes dos 140 caracteres

Sean Garrett (@SG) anunciou no blog oficial do Twitter que a rede social irá renovar a maneira como os URLs são gerados e mostrados na rede social. A grande razão por detrás destas mudanças têm a ver, principalmente, com a segurança dos utilizadores.

Actualmente ao vermos um link encurtado, como por exemplo: http://bit.ly/5dnAk, não temos a certeza de qual será o seu destino final e se conterá algum malware.

De modo a combater este problema, os links passarão a ser automaticamente encurtados usando o serviço de URL Shortening do próprio Twitter, o t.co. Outra boa notícias é que o URL gerado não contará para os 140 caracteres do tweet!

A maneira como os links serão mostrados ainda permanece em dúvida, mas Sean avança uma possível hipótese no post:

Ao inserirmos um link extenso num tweet, como por exemplo:
http://www.amazon.com/Delivering-Happiness-Profits-Passion-Purpose/dp/0446563048
o serviço t.co iria encurtá-lo para http://t.co/DRo0trj e este mesmo link seria visível via SMS (devido ao limite de caracteres nas SMS) enquanto que na versão web e nos clientes de Twitter poderia ser mostrado algo como “amazon.com/Delivering-” que depois nos remeteria para o site da Amazon.
Sendo que o principal objectivo do Twitter é mesmo transmitir ao utilizador aonde é que o link realmente o vai levar.

Este serviço, por enquanto, apenas está disponível para os funcionários do Twitter @raffi e @rsarver e para o profile @twitterapi, mas ao poucos mais utilizadores terão acesso a esta funcionalidade, tal como já aconteceu anteriormente para as funcionalidades das Listas e Retweets.

O Twitter conta de fazer chegar esta funcionalidade a todos os utilizadores durante este Verão.

Mozilla divulga planos para o Firefox 4

A Mozilla revelou os seus planos para a próxima versão do browser Firefox e a grande mensagem que passou foi o facto de quererem fazê-lo “super rápido“.

Uma das grandes alterações levadas a cabo no Firefox 4 foi o restyling da interface, que agora está mais limpa e directa com um um estilo “à la Google Chrome“. A justificação para este novo visual, segundo Mike Beltzner (director do projecto Firefox) é que um browser com um visual mais limpo transmite melhor a sensação de velocidade ao navegar (veja-se o exemplo do Google Chrome).
Outro ponto positivo é o facto de o Firefox 4 tirar muito mais partido da interface Aero e OS X, respectivamente:

Algumas características e controlos considerados dispensáveis pela equipa do Firefox serão removidos nesta nova versão, para darem lugar a um melhor desempenho do browser. Beltzner está ciente de que estas remoções poderão gerar descontentamento entre a comunidade de utilizadores, mas avança que estas alterações são pelo melhor.

Uma característica do Firefox 4 que deverá agradar à grande maioria dos utilizadores será a capacidade de se actualizar internamente (igual ao Google Chrome), de maneira a evitar o modo irritante como actualmente somos avisados de que existe um update por fazer.

A Mozilla não se esqueceu dos developers, e assim sendo, o Firefox 4 irá tirar partido da API Jetpack, que permitirá aos developers desenvolverem add-ons em HTML, CSS e Javascript. E segundo a Mozilla, os add-ons construídos sob esta API não irão bloquear o browser por completo, como acontece várias vezes com as versão actuais. Uma óptima notícia, portanto.

A Mozilla aponta Novembro como data de lançamento do Firefox 4.

iPad posto à prova: Take II

Depois de ter sido submetido ao destrutivo teste do Will It Blend, o iPad enfrenta agora um novo desafio dentro do estilo do anterior, excepto que desta vez o repto é: “Will It Shred?” (“Irá desfazer-se?”).

E em que é que consiste este teste? Resumidamente, dois skaters vão tentar transformar um iPad num skate e vão comprovar se anda bem e se ele se desfaz ou não. O resultado foi este:

Google Earth com Nova Iorque em 3D

As capacidades da Google são realmente infinitas e o seu mais recente lançamento vem provar isso mesmo. Desta feita, a Google possibilita-nos visualizar a cidade de Nova Iorque em todo o seu esplendor 3D através do Google Earth.

A empresa já havia começado há algum tempo a projectar vários edifícios em 3D, mas agora, também graças a muitas fotos fornecidas pela comunidade de utilizadores, a cidade de Nova Iorque está mais completa e já permite uma navegação 3D por quase toda a cidade. Um autêntico Sim City!

Confiram o vídeo com a navegação pela cidade:

Twitter: redesign a caminho

Doug Bowman, director criativo do Twitter revelou no seu profile no site Dribbble que a rede social está em vias de fazer uma “renovação significativa” no layout do site. A acompanhar esta revelação, Bowman postou uma screenshot que mostra parte do que será o novo layout do Twitter:

Embora esta screenshot ainda seja muito vaga, já é possível reparar na nova arrumação de alguns componentes, tal como a barra de controlos situada no topo da janela de conteúdos e a adição de estatísticas de tweets no lado direito das páginas dos perfis de utilizador. A data de implementação deste novo layout ainda não foi divulgada.

iPad posto à prova no Will It Blend?

O iPad foi lançado há poucos dias mas já concorre a autênticas provas de fogo. Enquanto muitos ainda anseiam por sequer tocar num iPad, o programa “Will It Blend?” já teve acesso a um exemplar para por à prova na seu potente triturador Blendtec.
Qual foi o resultado? Vejam por vocês mesmos:

O pesadelo de qualquer Apple fanboy…

Hacker do Twitter de Obama foi detido

O hacker francês de 25 anos que actuava sob o nickname (um pouco óbvio) de “Hacker Croll” foi detido pelas autoridades francesas. O hacker foi detido, numa operação levada a cabo pela polícia francesa sob a alçada de agentes do FBI, sob suspeita de ter acedido à conta Twitter de Barack Obama (entre outras) e de ter partilhado screenshots e ficheiros com diversas informações confidenciais, tais como apontamentos de reuniões, projecções financeiras, calendários, entre outros.

Segundo, o procurador Jean-Yves Coquillat, “Hacker Croll” não é nenhum génio da informática, nem usou nenhuma técnica sofisticada para conseguir os acessos.

A técnica do hacker francês para conseguir os dados de acesso consistia em navegar pelos sites, blogues e perfis das redes sociais das pessoas em questão, e a partir daí raciocinar uma possível password. Um autêntico jogo de paciência e de tentativas-erro.

Outra das técnicas usadas era o método da “pergunta secreta”, em que, após várias tentativas, conseguia responder com sucesso à questão e muitas das vezes a própria resposta já era a password em si.

A polícia avança que a principal causa destas transgressões é o actual estado do jovem de 25 anos, que vive em casa dos pais, está desempregado e, segundo declarações da própria polícia, “com tempo livre a mais entre mãos”.

É de relembrar que em França, aceder ilicitamente a uma base de dados é considerado crime e é punível até 2 anos de prisão.

No entanto, após ter sido detido e interrogado pelas autoridades, “Hacker Croll” foi libertado e agora aguarda o seu julgamento que ocorrerá dia 24 de Junho.

Escolha de browsers Windows 7: os resultados

A Microsoft implementou no princípio de Março a possibilidade do utilizador poder escolher o browser que pretende usar nas versões europeias do Windows 7, devido a um processo instaurado pela União Europeia. Passadas 3 semanas, a Opera divulga os resultados que obteve deste processo até agora.

Segundo a Opera, o número de downloads do seu browser duplicou na maioria dos países europeus, chegando mesmo a haver casos de países em que os números triplicaram. Segundo o mesmo relatório, só na Polónia, o aumento dos downloads foi na casa dos 328%. Portugal registou um aumento de 157%.

Aparentemente, pelos resultados apresentados pela Opera, o processo instaurado à Microsoft já começa a colher frutos e a tendência de a maioria dos utilizadores Windows usarem sempre o Internet Explorer como browser principal está a acalmar e a concorrência sem dúvida que agradece. Ficam por ser divulgados os resultados provenientes dos restantes browsers.

Press release completo da Opera >

Novo trailer de Iron Man 2

Já não é novidade nenhuma que Iron Man 2 é um dos filmes mais antecipados do ano.

Para aguçar ainda mais a curiosidade, a Marvel lançou um segundo trailer mais alargado do filme. Para além de revelar novos detalhes da saga Iron Man, o trailer também exibe um épico arsenal de gadgets que nunca mais acaba.

A data de estreia em Portugal de Iron Man 2 está marcada para 29 de Abril. Vejam o novo trailer:

iTunes passa marca dos 10 mil milhões de downloads

Depois de recentemente ter anunciado lucros históricos na empresa e de já ter passado a marca dos 3 mil milhões de downloads na App Store, hoje a Apple consegue atingir mais um número histórico.

A iTunes Store passou hoje a marca dos 10 mil milhões de downloads. Este número não só vem provar que a venda de música online é uma das vertentes a apostar no futuro como também vem reforçar (ainda mais) a posição que Apple tem no mercado de venda de música. É sem dúvida uma excelente prenda para o 55º aniversário de Steve Jobs.