MegaUpload de volta

A mensagem de Kim Dotcom é clara: “atualização rápida sobre o novo Mega: 90% do código está pronto. Servidores a caminho. Advogados, parceiros e investidores prontos. Sejam pacientes. Está a chegar”.

A comunicação atribuída a Kim Dotcom via Twitter parece confirmar informações anteriores que apontam para um novo serviço de partilha online criada pelo líder do defunto Megaupload.

Ainda não se sabe como será o novo Megaupload, mas Kim Dotcom já tinha mencionado um novo serviço denominado Megabox.com destinado a artistas que queiram vender as suas criações diretamente aos iherb code consumidores.

 

 

Ubuntu Phone OS está a ser desenvolvido

Um anúncio de emprego recente revelou que o Ubuntu Phone OS está actualmente em desenvolvimento. Canonical, o desenvolvedor principal por trás do sistema operacional Ubuntu, está a procura de um Gerente de Desenvolvimento de Negócios para o seu projeto Ubuntu Phone OS que será responsável por estabelecer relações com fabricantes de celulares e empresas de telecomunicações para promover a plataforma.

A Canonical também apoiou o projeto Ubuntu para Android, que trouxe a experiência de desktop do Ubuntu para dispositivos Android. Acredita-se que o Ubuntu para Android pode ser executado em qualquer smartphone Android, enquanto ele tem saída de vídeo, um processador dual-core, e pelo menos 1GB de RAM.

Lançado update que elimina malware Flashback

Durante esta semana foi muito falado o primeiro vírus para MAC poderoso que conseguindo afectar diversos computadores e roubar dados de muitos utilizadores. A Apple não demorou mais de uma semana a corrigir o acesso que era dado ao “Virus”.

A Apple refere que a ferramenta agora disponibilizada impede a ativação de automática de ferramentas Java, que permitiu que os cibercriminosos infetassem mais de 600 mil computadores Mac para criarem uma rede de botnets. De acordo com a Apple, todos os computadores Mac deverão instalar o update agora anunciado.

Estado americano proíbe empresas de pedirem password do Facebook

Já há algum tempo que se ouve falar de que os empregadores abusão do desespero dos desempregados e da sua falta de informação para fazer exigência que podem desrespeitar os direitos de privacidade de todos nós. Actualmente os rumores apontam para que algumas entidades exigiam as password’s das contas do Facebook dos candidatos ao emprego tendo como objectivo investigar informação sobre os mesmos.

O estado norte-americano do Maryland poderá ser o primeiro nos EUA a aprovar uma lei que proíbe as empresas de pedirem a password de acesso às redes sociais aos candidatos a emprego.

A proposta de lei foi aprovada pela Assembleia Geral do Maryland e segue agora para o gabinete do Governador Martin O’Malley, que decidirá ou não se o diploma entra em vigor, avança o Baltimore Sun.

Facebook compra Instagram

Mark Zuckerberg anunciou esta segunda-feira que a empresa Facebook vai comprar o Instagram pela módica quantia de um bilião de dólares, mais de 700 milhões de euros.

O fundador da rede social mais conhecida do mundo anunciou na sua página do Facebook que está “feliz” por comprar o Instagram e por ter os fundadores da empresa a juntar-se à sua equipa.

Nas declarações postadas no seu mural, Zuckerberg diz que “já há muitos anos que estão centrados em melhorar a experiência para a partilha de fotos com amigos e família” e que a partir de agora, vão ser capazes de “trabalhar, junto com a equipa do Instagram para oferecer melhores experiências na partilha e divulgação de fotos tiradas com os telemóveis”.

 

Chrome OS: cada vez mais parecido com o Windows e OS X

Segundo o The Verge, a mais recente versão do Chrome OS no canal de programação está mais próximo daquilo que é um sistema operativo tradicional. Pelo menos, no que toca à interface.

A versão 19.0.1048.17 inclui a interface Aura UI, acelerada por hardware, um sistema de gestão de janelas, uma barra de tarefas semelhante à do Windows e um “iniciador” de aplicações que faz lembrar o Lauchpad, do OS X Lion.

 

 

Novo visual do Google+

O lançamento da rece social da google (Google+), nao conseguio se impor perante as fortes redes sociais ja existentes na internet. No entanto deu que falar durante muito tempo, chegando mesmo a ser reconhecida como das redes sociais mais seguras e controladas que existe. Esta rede sociais foi construída baseando-se na observação das mais conhecidas redes de comunicação na internet(Facebook, Twitter). A partir da ideia do Twitter foi criado o conceito dos círculos, e a partir do Facebook foi criada a ideia de moral.

 

A primeira alteração que chama mais à atenção é a disponibilização de uma barra lateral com os acessos a todas as principais funcionalidades do Google Plus.

Esta barra substitui os links que estavam disponíveis em cima e pode ser completamente customizada. Passam a poder subir ou descer itens dentro dessa barra, arrumando-os da forma que pretenderem e para que tenham acesso mais rápido aos que mais usam.

Conversações melhoradas

Hangouts

Nova página de entrada

E muito mais…

Anonymous cria rede social

AnonPlus é o nome da nova rede social criada pelos grupo de hackers Anonymous. Por motivos de expulsão do grupo Anonymous da nova rede social Google+, o grupo decidiu realizar uma página temporária que no futuro será a sua própria rede social de seu nome AnonPlus. Segundo palavras dos seus autores, nesta nova rede social não existirá medo, censura, apagões, nem serão retidos pelos trolls ou por quem tente impedir a difusão da verdade. A rede será aberta mesmo a pessoas que não sejam hackers que assim poderão criar também um perfil e usufruir daquela que promete ser uma mega rede social, mas underground – se é que isto existe.

 

De momento o serviço ainda está em fase de preparação, espera-se que arranque num futuro próximo, ficando o nós por cá com a missão de divulgar a quando da sua abertura oficial.