Apesar da tão falada crise, a venda de computadores continua em alta

Apesar da crise que se faz sentir – psicologicamente ou não – na economia mundial, a venda de computadores não esfria e continua a subir. Pelo menos é essa a convicção das consultoras IDC e Gartner.

Em 2007, a Dell subiu o número de vendas de computadores e tem actualmente 31% da cota de mercado. Atrás da Dell está a HP, com 25% do total de computadores vendidos nos Estados Unidos. Ainda assim, o número de vendas neste país tem vindo a abrandar.

No mercado mundial o panorama é diferente. A IDC afirma que houve um crescimento de 14.6% na venda de computadores, enquanto a Gartner aponta para um valor um pouco mais baixo: 12.3%.

A crescer, pelo menos nos EUA, está a Apple, cuja percentagem varia entre os 6 e os 6.6, dependendo de quem aponta o valor, IDC ou Gartner. Isto faz com que a Apple ocupe o quarto lugar nos Estados Unidos, graças ao sector empresarial. No resto do mundo, as vendas não são suficientes para figurar no top5.

De acordo com as duas consultoras, este crescimento no número de computadores vendidos deve-se ao aumento da procura de computadores portáteis.

via Newswine.com

Nota: a Apple ocupa o quarto lugar no top de vendas de computadores nos EUA e não o quinto, como eu tinha escrito. Obrigado ao KhAoTiK_TaChYoN pela correcção.

Bruce ServicePack e a Vista Street Band

Este é um vídeo da Microsoft para ajudar a motivar o seu departamento de vendas, onde aparece o Bruce ServicePack e a Vista Street Band a tocar a música Our Ecosystem Rocks. Se acham os nomes da banda e da música ridículos, esperem até ver o vídeo.
Medo, muito medo… Vou só ali "despetrificar" e já venho.

via downloadsquad.com

As dicas da Microsoft para aumentar a performance do Windows Vista

Através do blog do José Rocha, encontrei algumas dicas da Microsoft para os utilizadores de Windows Vista que queiram aumentar a performance do seu sistema. Algumas destas dicas são: remoção de software que não se utiliza; limitação o número de aplicações que são executadas aquando do início de sessão; desfragmentação do disco; execução de poucas aplicações em simultâneo; desactivação os efeitos visuais.

Agora vou ficar caladinho que nem um rato e deixar-vos comentar estas dicas vindas de Redmond, Washington.

XP SP3 no final do mês? Vista SP1 já em português.

Já correm novos rumores acerca da data de lançamento do terceiro e último Service Pack para o Windows XP. Desta vez, o dia 29 deste mês é apontado como o dia em que ele vai ser disponibilizado através do Windows Update a todos os utilizadores.
Isto não passa de um rumor apenas. O mais certo é acontecer o mesmo das outras vezes: o SP3 do XP não vai ser lançado no dia mencionado.

Continuando nos Service Packs para Windows. O primeiro para o Windows Vista já foi disponibilizado em todos os 36 idiomas suportados, nas versões 32bit e 64bit.
Se têm o Windows Vista num dos idiomas que ainda não tinham sido abrangidos pelo Service Pack 1 (português, por exemplo), estejam atentos à ferramenta de actualizações do vosso sistema operativo.

via Neowin.net e gHacks.net

Comissário quer saber o que pensam os europeus das taxas pela cópia privada

O Comissário Europeu do Mercado Interno, Charlie McCreevy, decidiu saber qual a opinião dos europeus em relação às "levy systems".

As "levy system" são uma taxa aplicada aos sistemas de armazenamento e reprodução de conteúdos, como CDs, DVDs, leitores de MP3, fotocopiadoras, etc). O valor recolhido por essa taxa é, na teoria, distribuido pelos criadores dos conteúdos.

Como parte do processo de consulta, Charlie McCreevy está a recolher respostas e comentários acerca deste tema junto de todos os interessados. Em Portugal, a ANSOL (Associação Nacional pelo Software Livre) e o DRM-PT.info (projecto nacional que alerta as pessoas para os problemas do DRM) estão a preparar as respostas a enviar.

Se têm algo a dizer sobre este assunto ou querem ajudar a ANSOL e o DRM-PT.info a redigir as respostas, visitem a página do DRM-PT.info dedicada ao tema. Podem, também, responder a um questionário feito no blog da ANSOL.

via mail enviado pelo Marcos Marado e Remixtures.com

Salesforce e Google renovam acordo, “atacam” sector empresarial

empresaDepois da tentativa de aquisição do Zoho ter falhado, a Salesforce decidiu renovar o seu acordo com o Google. O anúncio oficial deverá ser feito dentro de muito pouco tempo.

Esta colaboração entre o Google e a Salesforce permite integrar o sistema de CRM (Customer Relationship Management – Gestão de Relação com o Cliente, em português) da Salesforce com as aplicações de produtividade do Google numa única oferta, disponibiliza online, oferecendo mais funcionalidades.

Ao disponibilizarem um pacote com estas ferramentas, as duas empresas estão a competir directamente com a Microsoft no sector das ferramentas de produtividade empresariais.

via NYTimes.com

Nota: a imagem deste post é da autoria de swisscan, que a disponibilizou sob uma licença creative commons 2.0.

Google Eath – nova versão, com possibilidade de simular a posição do sol

O Google disponibilizou a nova versão do Google Earth. Até aqui, nada de especial: normalmente, as novas versões do Google Earth não têm muitas novidades, ou, pelo menos, algo de notório. Mas a versão 4.3 é diferente da maioria das anteriores versões – pelo menos no que toca a novidades de destaque.
A primeira é a possibilidade de ver a data em que determinada imagem foi tirada. Esta opção não está disponível em todas as imagens.
Outra novidade interessante é a possibilidade de simular a posição do sol. Isto vai criar um efeito quase (ou quase quase realista) do dia e noite.
Mais novidades: o Street View foi integrado nesta nova versão do Google Eath, estão disponíveis mais modelos 3D, o tempo do render foi melhorado e a aplicação estará disponível em 12 idiomas, entre eles o português.

A nova versão do Google Earth ainda não está disponível para download. Mas vão verificando, porque até ao final do dia já deverá estar.

via geathblog.com

Pesquisas cómodas no Youtube com o Youtube Fast Search

Quando pesquisam um vídeo no Youtube, só têm a possibilidade de ver um de cada vez, a não ser que abram cada vídeo num separador diferente. Só que, mesmo com um separador para cada vídeo, a pesquisa de vídeos no Youtube é um bocado fatela (isto ainda se usa?).
Para dar um pouco de cor à pesquisa deste serviço de vídeos, podem utilizar o Youtube Fast Search. Este serviço web permite que pesquisem vídeos sem retroceder, novos separadores, novas janelas e paragem do vídeo. Por outras palavras, permite pesquisas mais práticas e cómodas.
Para além da pesquisa, o Youtube Fast Search permite a criação de playlists, que podem ser importadas e exportadas, com os resultados das pesquisas.

Youtube Fast Search, via Google Operating System

AlertThingy já está disponível

alertthingyAlertThingy, uma aplicação para o site FriendFeed que recorre ao Adobe AIR e que é a primeira a utilizar a API do FriendFeed, foi lançada.

Este programa permite a visualização da informação de outros utilizadores do serviço, comentar itens, enviar mensagens e pesquisar informação no FriendFeed.

Como utiliza o Adobe AIR, o AlertThingy pode ser executado em Windows, Mac OS X e GNU/Linux.

O FriendFeed é um serviço que permite reunir as feeds de vários serviços web num local, para partilhar com familiares e amigos.

via Techcrunch.com

Como descobrir passwords de arquivos em GNU/Linux

Alguma vez vos aconteceu alguém vos enviar um arquivo com protegido, mas esquecer-se de dizer qual é a password e depois não se conseguir lembrar dela? Ou então compactarem alguns ficheiros e nunca mais se recordam da palavra-passe?
Quando alguma destas situações se passar convosco e se estiverem a utilizar GNU/Linux, podem descarregar uma aplicação chamada RarCrack. Este programa utiliza o método de bruteforce para tentar encontrar a password de arquivos rar, zip e 7zip.
As instruções de instalação são simples: primeiro, têm que descarregar e descompactar a aplicação; depois, abrem um terminal e navegam até à pasta da aplicação; e, de seguida, executam o comando make, seguido de sudo make install.
Agora que o programa está instalado, basta executar o comando rarcrack (rarcrack arquivo.zip), seguido do arquivo com password – se quiserem, podem utilizar alguns parâmetros. Para verem quais os parâmetros disponíveis, digitem o comando rarcrack –help ou man rarcrack.

Este processo de bruteforce pode ser bastante lento, principalmente num computador mais antigo. Mas é preferível esperar umas horas, que causar danos irreversíveis no teclado, não é?

via Ubuntu Unleashed