Adobe lança Actualização do Flash Player

A Adobe lançou uma actualização do Flash Player com a versão 11.3.300.257.

trazendo entrada de teclado em ecrã cheio, suporte de áudio de baixa latência para streaming através do NetStream e suporte para a API Sound. Esta actualização trouxe também um modo protegido para o Firefox (Windows), além de streaming de texturas, actualização em plano de fundo para o OS X, suporte ao Gatekeeper, entre outras melhorias.

O build estável 19.0.1084.56, do Google Chrome, já inclui o novo plugin.

No Mac o Plugin está a utilizar menos memória e faz com que as animações corram de uma forma mais suave.

As Novidades:

  • Full screen keyboard input para o Flash Player
  • Low latency audio support for streaming audio through NetStream
  • Low latency audio support for Sound API
  • Protected mode for Firefox (Windows Only)
  • Texture streaming
  • Background Updater for Mac
  • Bitmap.drawWithQuality
  • BitmapData.encode
  • MouseEvent.RELEASE_OUTSIDE
  • ApplicationDomain.getQualifiedDefinitionNames()
  • Improved Apple MacOS App Store Support

 

Download: Adobe Flash Player 11.3

Fonte: MacUpdate

Adobe Air Applications – Directório de aplicações Adobe Air

Air

Está à procura de uma aplicação Adobe Air? Então este artigo é claramente do seu interesse!

Existem cada vez mais aplicações desenvolvidas para a plataforma Adobe Air, desde clientes Twitter, software de edição de imagens, reprodutores de vídeo, ferramentas de gestão de tempo e to-do lists e muitas outras aplicações.

Hoje apresentamos-lhe o site Adobe Air Applications (adobeair.me), simplesmente um directório de aplicações onde certamente irá encontrar algo de útil para o seu uso no dia a dia.

Adobe Air Apps

Graças ao Adobe Air, estas aplicações podem ser instaladas e utilizadas em qualquer sistema operativo (multi-plataforma), seja ele Windows, macOSx ou Linux.

Flash Player para smartphones… excepto iPhone

Já há muito tempo que se fala e se pretende um Flash Player para smartphones que nos possibilite ver as animações (dos sites, por exemplo) tal e qual como as vemos nos nossos computadores do dia-a-dia. Demorou muito, mas parece que esse dia está a chegar.

A Adobe apresentou na sua conferência MAX em Los Angeles o novo Flash Player 10.1 que corre em smartphones, seja em ambiente Android, Symbian, Windows Mobile, webOS e BlackBerry OS. Todos estes sistemas operativos são de empresas que fazem parte do projecto Open Screen Project da Adobe. Mas como muitos devem ter reparado, falta um importante sistema operativo nesta lista, o iPhone OS.

Isto acontece porque a Apple não faz parte deste projecto da Adobe (por opção) e daí ter sempre posto o Flash Player fora da sua lista de prioridades do iPhone, indicando aos seus programadores que apostem mais nas alternativas, tal como o HTML5.
Parte desta atitude também provém da relação não muito saudável que a Apple tem tido com a Adobe ao longo dos anos, o que obrigou a marca da maçã a ir procurar alternativas por outras bandas.

As primeiras versões do Adobe Flash Player para smartphones são esperadas na primeira metade de 2010.

Até lá resta saber se a empresa de Steve Jobs vai manter esta posição ou mudar de ideias. Até porque se o Flash se começar a tornar um stantard nos smartphones, a Apple não irá querer que o seu telefone fique atrás da concorrência.

Criar theme WordPress no Photoshop com Divine

Divine

O Divine é um plugin criado especificamente para o Photoshop que lhe permite facilmente transformar um template feito nessa mesma ferramenta, num theme WordPress.

Apesar de desconhecer a eficiência da ferramenta, é de facto uma grande vantagem para pessoas que tenham poucos conhecimentos técnicos de PHP, Html e Css, pelo que é uma ferramenta bastante engraçada para quem quiser fazer umas brincadeiras no Photoshop.

Este plugin é absolutamente gratuito e no site do projecto pode-se encontrar vários tutoriais que lhe ensinam a como utilizar esta ferramenta.

Divine Elements

Agora já sabe, se precisa de transformar um template em Photoshop para um theme WordPress, basta aventurar-se com o Divine.

Blipster – Cliente desktop Blip.fm

Blip.fm

Já tinha escrito aqui acerca do Blip.fm e agora trago-vos uma ferramenta bastante engraçada para utilizar no seu desktop e interagir com o Blip.fm.

O Blipster é uma aplicação desenvolvida na plataforma Adobe Air que permite-lhe blipar, ouvir os blips dos outros “djs”, receber notificações quando os outros utilizadores do blip enviarem novas músicas, adicionar os seus blips a uma lista de espera e ainda poderá utilizar o Blipster com o serviço Last.fm.

Blipster

Com o Blipster já não necessita de aceder ao site do Blip.fm para usar o serviço, basta instalar e blipar.

O Blipster é um cliente desktop para o Blip, o primeiro que conheço. Uma ferramenta que muitas pessoas estavam à espera, incluindo eu.

Adobe Flex 3 a custo 0.

Gostavam de ter o Adobe Flex 3 Professional mas não têm os 600 euros precisos para o comprar?

A Adobe está a oferecer o Flex 3 a custo 0! Sim, é verdade, por causa da crise (ou não?!) a Adobe está a oferecer o Flex para “developers” que estejam no desemprego…

Para quem quiser uma cópia do Adobe Flex 3 totalmente grátis basta ir a este link, preencher os dados e passado algum tempo irá receber um e-mail com uma chave. Depois basta seguir os passos que vêm descritos no e-mail e têm a vossa copia do Adobe Flex 3 Professional totalmente a custo 0!

Lita – Administração de bases de dados SQLite

Lita

Lita é uma ferramenta de administração de bases de dados SQLite gratuita que corre na plataforma Adobe Air.

Esta ferramenta possibilita a gestão de bases de dados de aplicações desenvolvidas em Air, no entanto poderá ser usada para administrar outras bases de dados, apesar de algumas das funcionalidades como o sistema de encriptação serem apenas utilizadas nas aplicações Air.

A aplicação Lita permite, entre outras coisas, fazer as seguintes tarefas:

  • Abrir, criar e compactar bases de dados
  • Criar, renomear, eliminar e limpar tabelas
  • Criar, renomear e eliminar colunas
  • Criar, modificar e eliminar campos
  • Encriptar e re-encriptar as suas bases de dados
  • Executar os seus próprios comandos SQL
  • Criar e eliminar índices

Lita é uma aplicação gratuita e poderá ajudar-lo caso trabalhe com este tipo de base de dados.

Adobe Flash Player 10

Flash Player 10

O Adobe Flash Player 10 já foi oficialmente lançado e está disponível desde já para todos os sistemas operativos, incluindo Linux.

Foram implementados novos filtros, melhorado o controlo de recursos e corrigidas várias falhas de segurança apresentadas em versões anteriores.

Para fazer o download, apenas necessita de se dirigir ao website da Adobe.

Alternativas ao software da Adobe

Adobe Logo

A Adobe tem produtos fantásticos. No entanto, a maioria deles são pagos e o preço podemos dizer que não é muito acessível. Mas, para grandes males, grandes remédios.

Se as licenças do software da Adobe são caras, apesar de valerem o seu preço, nada melhor do que procurar por alternativas gratuitas, das quais algumas até poderão ser open-source. Por isso, fica aqui uma lista de aplicações alternativas ao software da Adobe.

Photoshop

O Photoshop é um poderoso editor de imagem que permite adicionar filtros e pequenos efeitos e dessa forma obter resultados espantosos. Como alternativa, temos para lhe apresentar o Gimp, uma ferramenta gratuita e opensource que permite obter resultados próximos dos obtidos no Photoshop.

DreamWeaver

Este é um dos mais completos IDEs para Web. O DreamWeaver permite utilizar templates pré-definidos e tem um sistema autocomplete para sintaxe de linguagens como PHP, CSS, JavaScript, entre outras. Por outro lado, temos o Nvu, com binários disponíveis para Linux, Windows, OSx e FreeBSD, torna-se numa simples aplicação que o irá ajudar a criar XML, CSS e JavaScript.

Adobe Premiere

Trata-se de um software de edição de vídeo bastante completo e ao mesmo tempo de fácil utilização. Funciona em conjunto com outras aplicações da Adobe e permite criar animações profissionais. Por sua vez, o Avidemux é uma boa opção ao Premiere, permitindo executar simples tarefas nos seus vídeos, tais como cortar pequenas partes, filtros e permite a automatização de tarefas. Está disponível sob a licença GNU GPL e funciona em Linux, BSD, MacOSx e Windows. Para além do Avidemux, existe também o cinelerra, que é tão bom ou ainda melhor que o Premiere.

Adobe Reader

Hoje em dia, a maioria dos documentos partilhados na Internet estão no formato PDF ou DOC. O Adobe Reader é uma aplicação que permite não só a visualização deste tipo de documentos em modo off-line, mas também online, integrando-se como plug-in no seu browser. Alternativamente, poderemos usar o Foxit PDF Reader em Windows, visto que em macOSx e em Linux já existem leitores de PDF por omissão, apesar do mesmo estar disponível para Linux e outras plataformas.

Adobe Flash

Cada vez mais presente nas mais conhecidas plataformas, a tecnologia Flash permite desenvolver aplicações e pequenas animações e reproduzir em vários gadgets, no entanto, a sua aplicação na criação de sites tem sido cada vez maior e agora que o Google passará a indexar sites com conteúdo Flash, poderá vir a ser uma grande aposta para o futuro. SMIL, ou Synchronized Multimedia Integration Language, é a opção ao Flash apresentada pela W3C.

[Rede WebTuga] Top Semanal 19/05/08 – 25/05/08

Boa noite a todos, para acabar o dia vou fazer um pequeno apanhado dos melhores posts desta semana na rede WebTuga.

Esta semana começamos da melhor forma, com a notícia de que alguém foi atacado por ovos voadores. O OVNI só foi identificado assim que se despenhou na parede mais próxima.

Foi também no início desta semana que nos deram a conhecer o futuro OLPC XO 2.0. O portátil parece prometedor, esperemos para ver se o preço coincide com os preços avançados.

Fiquem com os melhores posts…

Até já… mua!