Elisa – Media Center Open-Source

Elisa - Media Center OpenSource

Chegou o novo Media Center Open Source que funciona com a maior parte dos sistemas operativos.

Chama-se Elisa, e è uma espécie de Front Row mas em open source, e está disponível para OSX, Windows e Linux.

Deixo aqui algumas das características deste programa:

  • Suporta: H.264, MPEG 2, MPEG4, Quicktime, Windows Media, Ogg Vorbis, Ogg Theora, Matroska, etc…
  • Detecta automaticamente toda a media na vossa rede ( network )
  • Suporta Touchscreen e controle remoto
  • Pode-se visualizar imagens e fotografias usando Cover Flow, Grid View e List View
  • Contem um Internet radio browser

Vão ser adicionadas mais funções na próxima versão, entre elas a possibilidade de aceder ao Youtube, Flickr e Pikeo.

Mascotes Euro 2008 - Flix e Trix

Sweetter 2.0 – Sistema de blogging gratuito

Com a chegada do Twitter à Internet, introduziu-se também um novo conceito de microblogging.

O Twitter, com milhares de utilizadores, tem tido um tremendo sucesso muito devido também ao número de aplicações que usam a sua API.

Para aqueles que andam atrás de um sistema de microblogging para instalar no seu site ou no servidor da empresa para partilhar as suas actividades, os seus sentimentos, etc, existe o Sweetter.

O Sweetter é um serviço de microblogging gratuito escrito em Python que lhe permite não só "microblogar" como também escrever as suas listas to-do, votar nos "microposts" dos outros utilizadores e ter um Karma conforme o seu número de votos, positivos ou negativos.

Para além disso o Sweetter tem também a possibilidade de escolher plug-ins que lhe permitirão enviar as suas mensagens para o seu Twitter ou Jaiku.

Visite já o site e verifique com os seus próprios olhos. E para aqueles que pensam que podem comprar o Sweetter, leiam esta página.

Youtube quer dar voz ao “cidadão jornalista”

O Youtube vai dar voz ao “jornalismo do cidadão” – não sei porque, mas não gosto muito desta terminologia – com a criação do canal Citizen News, um local no Youtube onde o cidadão comum poderá ter os seus quinze minutos de fama graças a uma notícia sua.

Para já, o Citizen News está agregar conteúdos de perto de 70 “repórteres amadores” que publicam informação no Youtube e está a pedir feedback dos seus utilizadores e sugestões de utilizadores que possam ser agregados pelo canal.

Esta iniciativa do Youtube pretende, mais que dar voz ao cidadão, tornar-se a primeira escolha no tal “jornalismo do cidadão”, uma tendência que está a crescer de dia para dia. Mas como irá o Youtube lidar com o ruído de algumas “notícias”? E terão eles algum controlo sobre os conteúdos que aparecem no Citizen News?

via Arstechnica.com

OLPC XO 2.0 – O que podemos esperar de…

 

Video OLPC 2.0


Ontem, dia 20 de Maio, em Cambridge na OLPC Global Country Workshop, o fundador do projecto OLPC, Nicholas Negroponte, anunciou a segunda versão do OLPC XO, o portátil de baixo custo para crianças de países subdesenvolvidos, que terá o nome de XO-2 e avançou que a campanha "Give 1, Get 1" será reaberta em Agosto ou Setembro de 2008.

Com o consumo reduzido para 1 Watt, este novo portátil terá cerca de metade do tamanho da primeira versão e incluirá dois ecrãs sensíveis ao toque, possibilitando ainda a leitura de livros digitais ( eBooks ) na horizontal, ao estilo de um livro real, com página esquerda e direita.

O teclado poderá ser alterado, visto que é integrado num dos ecrãs, podendo ser usado numa versão simples para crianças mais novas e numa versão mais complexa, com possibilidade de várias línguas, para crianças com mais idade.

Cada ecrã tem um custo de 20$, graças aos LCD’s dos reproductores de DVD portáteis e o preço estimado para o portátil será de 70$.

Negroponte estima que o portátil será lançado em 2010.

PS: Eu quero!

Wareando – Gerar links premium MegaUpload


Tanto o Rapidshare e o MegaUpload, como muitos outros serviços, têm contas premium opcionais para quem necessite de descarregar mais conteúdo dos servidores do serviço.

A grande vantagem das contas premium é não ter limites nem restrições ( quase ).

Para quem não estiver disposto a gastar uns trocos, pode sempre recorrer a geradores de links Premium.

O Wareando é isso mesmo, um site que lhe permite gerar links premium para o MegaUpload, podendo assim fazer downloads sem qualquer restrição.

site

Google Translate – Traduzir textos nunca foi tão fácil

Google Translate

Muitas das vezes necessitamos de traduzir palavras ou pequenas frases de uma língua para outra, de forma a saber o significado da mesma ou tirar dúvidas.

O Google Translate é uma das ferramentas que possibilita fazer traduções e recentemente recebeu várias novidades.

Entre as novidades, a mais importante será a adição de novas línguas no sistema, são elas o Búlgaro, Croata, Checo, Dinamarquês, Finlandês, Hindu, Norueguês, Polaco, Romeno e Sueco. Todos estes juntam-se aos que já faziam parte do sistema, Inglês, Chinês (tradicional), Árabe, Holandês, Francês, Alemão, Grego, Italiano, Japonês, Coreano, Português, Russo e Espanhol.

Não usa o Google Translate? Faça-nos saber qual a ferramenta de tradução que usa.

O que é o wget?

O que é o Wget

Para quem nunca ouviu falar e não sabe para que serve, o wget é uma ferramenta para a linha de comandos que permite efectuar o download de ficheiros ou páginas web através dos protocolos FTP, HTTP e HTTPS, recorrendo a várias opções.

Para além disso, o wget não tem um interface interactivo, correndo totalmente na consola, o que permite a possibilidade de o executar em background, sem a necessidade de existir um utilizador logado para que o programa efectue as suas operações.

O wget permite fazer o download total de páginas web em HTML e XHTML, reconstruindo a estrutura base das mesmas e respeitando a informação que lhe é fornecida pelo robots.txt.

Neste artigo vou exemplificar algumas das opções de transferência que o wget permite e que são, a meu ver, bastante úteis.

Continuar um download

Se necessitar de parar uma transferência e pretender continuar novamente mais tarde, deverá usar a opção -c:

wget http://www.webtuga.com/download -c

Traffic shaping / Limitar a velocidade de transferência

Para aquelas pessoas que têm uma ligação à Internet lenta ou de pouca capacidade, esta é a melhor opção para usar o wget sem perturbar as restantes ligações à Internet. Tudo o que necessita é de usar a opção –limit-rate para limitar a velocidade a que a transferência vai ser realizada.

wget http://www.webtuga.com/download –limit-rate=20k

Deixar o wget a continuar a trabalhar depois de sair da conexão SSH

Muitas das vezes necessitamos de efectuar transferências de ficheiros de um servidor para o outro, usando para tal o wget. No entanto, para não haver a necessidade de estarmos conectados ao servidor enquanto o download continua, podemos usar a opção -b ( background ):

wget -b http://www.webtuga.com/download

Guardar os registos ( logs ) num ficheiro

Esta opção é bastante útil, pois permite-nos depurar problemas ocorridos durante a transferência, verificando os registos criados num ficheiro externo.

wget http://www.webtuga.com/download -o $HOME/logstransferencia.txt

Para além destas opções existem muitas mais, que poderão ser encontradas mais detalhadamente no man wget.

FireNES – Transforma o Firefox na tua consola de jogos

Nintendo Firefox
Já todos sabemos que o Firefox pode ser personalizado com milhares de extensões, mas o que não sabíamos era que podíamos transformar o Firefox num emulador de jogos.

A extensão FireNES cria uma barra lateral que permite emular uma consola Nintendo de forma a permitir jogar mais de 2500 jogos sem necessidade de descarregar alguma ROM.

O FireNES, de apenas 16KB, necessita do Firefox 1.5 ou superior e de uma versão do Java actualizada.

FireNES – Transforma o Firefox na tua consola de jogos

logo nintendo

Já todos sabemos que o Firefox pode ser personalizado com milhares de extensões, mas o que não sabíamos era que podíamos transformar o Firefox num emulador de jogos.

A extensão FireNES cria uma barra lateral que permite emular uma consola Nintendo de forma a permitir jogar mais de 2500 jogos sem necessidade de descarregar alguma ROM.

O FireNES, de apenas 16KB, necessita do Firefox 1.5 ou superior e de uma versão do Java actualizada.