Streamy – Agregador de RSS online

StreamyQuem quer estar a par de tudo, necessita de ter fontes de informação, no entanto existem tantas fontes de informação que é quase impossível acompanhar todas as fontes.

Para resolver, ou pelo menos diminuir a carga deste problema, existem as RSS feeds que permitem exportar toda a informação para um único local utilizando um agregador de RSS para desktop, como por exemplo o YeahReader ou o RSSOwl, ou então um agregador de RSS online como o Google Reader, que é a solução que eu utilizo.

O Streamy é um agregador de rss online que para além de lhe permitir agregar RSS feeds, permite-lhe juntar vário conteúdo numa página dinâmica e partilhar informação com outros utilizadores do serviço.

Poderá adicionar a sua conta Twitter, Facebook, Digg, Flickr e FriendFeed e ainda actualizar o seu estado nesses serviços através do Streamy.

É ainda possível encontrar novas fontes de informação graças ao Streamy, no entanto este ainda é bastante recente e não tem muito para lhe oferecer.

A página é bastante rápida de navegar graças ao uso de Ajax e torna assim muito fácil a leitura de vário conteúdo, no entanto continuo a preferir o Google Reader.

Ultimate Live no Webtuga

logoul-1

Ola leitores, hoje resolvi transferir meus visitantes pra aqui do Ultimate Live, afinal estou sem tempo, e trazendo eles para ca estou a poupar trabalho, pois escrevia no meu site, Ultimate Live e aqui no Webtuga.

Transferido:

Feed RSS

Pagerank (Links)

Nem sequer avisei ao cenourinha, espero que ele tenha  gostado, pois quero ver o Webtuga Mais grande do que ja se faz.

A linguagem de escrita nao sera um fator problematico, continuarei a escrever em pt-pt.

Tudo que vier a ser, desde agora ja se faz.

Os mais de 3000 subscritores

Hoje ao entrar na página do Webtuga fiquei a olhar para o contador dos subscritores. Claro que fiquei bastante contente ao ver que este blog chegou aos 3000 subscritores. Para um blog escrito em português sem dúvida que é uma marca que deve ser assinalada. Duvido que haja muitos mais blogs escritos em português de Portugal que tenham tantos subscritores como o Webtuga.

webtugalogoball2

Deixo o alerta quem ainda não subscreve a feed, faça-o pois é uma maneira de espreitar o conteúdo das páginas do Webtuga sem muito esforço. Pode receber também as novidades por e-mail, basta ver ali a barra lateral e inserir lá o seu e-mail. Eu pessoalmente prefiro num leitor de feeds, neste caso recomendo o Google Reader.

Em nome do Webtuga um obrigado a todos os mais de 3000 subscritores da feed.

NetVibes com suporte para OpenSocial

NetVibes

O NetVibes tem sido para mim um dos projectos mais bem conseguidos na Web 2.0.

Desta vez o NetVibes apresenta uma interface redesenhada e o suporte para OpenSocial.

No NetVibes poderá agregar a partir de agora não só notícias de blogs/sites por RSS, ou conteúdo das Widgets disponíveis no UWA, mas também colocar na sua página inicial informação acerca dos seus contactos das redes sociais em que participa.

Com o OpenSocial poderá juntar o MySpace, Hi5, Orkut, FaceBook e o Friendster numa única página em conjunto com as notícias dos blogs que lê.

Deixo aqui um conjunto de vídeos que representam e demonstram algumas das novidades do NetVibes.

NetVibes: Canvas View

NetVibes: Feed Views

NetVibes: OpenSocial + UWA

NetVibes: Layout Flexível

Junte-se ao Universo WebTuga no NetVibes.

As 25 Melhores Aplicações Gratuitas na AppStore

iphone
Para quem tem um iPhone ou iPod touch, a ExtremeTech seleccionou as 25 melhores aplicações gratuitas presentes na AppStore..

Com utilitários de diversos tipos e feitios, podem servir para encontrar restaurantes, partilhar fotos com amigos e muito mais.

Para quem quiser ver a lista pode consultá-la aqui.

Se querem seguir o lançamento de novas aplicações e estar sempre informado sobre o top das aplicações disponíveis na AppStore leiam o nosso artigo sobre as Feed RSS da App Store e mantenham-se sempre actualizados.

Via TugaTronica

Feed RSS da App Store

Se têm um iPhone ou iPod touch com o Firmware 2.0 nada melhor que utilizar a App Store, mas estar a ver as aplicações uma a uma pode ser um bocado chato, seria muito melhor se tivessem uma fedd RSS com as aplicações!

A Pinch Media lançou 5 feed RSS para poder acompanhar todas as aplicações, cliquem em baixo para subscrever as feeds:

Feed de novas aplicações

Feed de novas aplicações grátis

Feed de actualização de aplicações

Feed do Top 100 das aplicações grátis

Feed do Top 100 das aplicações pagas

Por isso não têm desculpa para não andar com o vosso iPhone/iPod touch “artilhado” com aplicações.

Já utilizaram a App Store? Que genero de aplicações vos disperta mais interesse? Qual a melhor aplicação que já utilizaram?

Gmail Labs – Novas ferramentas para o Gmail

Gmail Labs é a ultima ferramenta disponível na nova versão do Gmail, o serviço de e-mail do  Google.

O Gmail Labs permite aos utilizadores decidir se querem testar novas ferramentas para o Gmail e enviar o feedback para os developers do Google de forma a estes obterem as opiniões das ferramentas.

Isto faz-nos pensar que em breve também será possível a nós, utilizadores, criarmos pequenas ferramentas adicionais para o nosso e-mail.

Poderá activar as ferramentas disponíveis no Labs, na aba Labs do menu "Settings" da sua conta Gmail.

Youtube quer dar voz ao “cidadão jornalista”

O Youtube vai dar voz ao “jornalismo do cidadão” – não sei porque, mas não gosto muito desta terminologia – com a criação do canal Citizen News, um local no Youtube onde o cidadão comum poderá ter os seus quinze minutos de fama graças a uma notícia sua.

Para já, o Citizen News está agregar conteúdos de perto de 70 “repórteres amadores” que publicam informação no Youtube e está a pedir feedback dos seus utilizadores e sugestões de utilizadores que possam ser agregados pelo canal.

Esta iniciativa do Youtube pretende, mais que dar voz ao cidadão, tornar-se a primeira escolha no tal “jornalismo do cidadão”, uma tendência que está a crescer de dia para dia. Mas como irá o Youtube lidar com o ruído de algumas “notícias”? E terão eles algum controlo sobre os conteúdos que aparecem no Citizen News?

via Arstechnica.com

TugaSport em força

Depois de várias semanas abandonado, o Tugasport, o nosso blog sobre desportos, volta ao activo e com grandes novidades.

Não foi apenas uma actualização do WordPress que já há muito que andava a pedir, mas também uma mudança radical no design, incluindo o logótipo.

O novo TugaSport vai ser actualizado com mais frequência e vai ter futebol em directo e quem sabe, outros desportos.

Feitas as honras, resta-me pedir-vos para verificarem as novidades com os vossos próprios olhos e para deixarem o feedback.

Olá MySQL Workbench! Adeus DBDesigner4!

Foi lançado hoje o MySQL Workbench, uma ferramenta visual de modelação de dados com suporte alargado das funcionalidades do MySQL.

A principal característica que todos nós procuramos numa ferramenta destas para MySQL é a “unificação” das tarefas mais importantes (analisar, conceber e implementar) necessárias para uma base de dados, no contexto de um processo de desenvolvimento integrado e interactivo.

Até há pouco tempo, a principal ferramenta de modelação de dados no MySQL era o DB Designer 4, um projecto open source sem suporte oficial por parte da MySQL.

Muitos achavam que apesar de implementar as características necessárias para a modelação, o DB Designer4 deixava um pouco a desejar, mostrando-se pouco eficiente. Apresentava alguns “bugs irritantes”, uma utilização desleixada e uma configuração muito abstracta.

É aqui que entra o Workbench, o sucessor de DB Designer 4 mas construído de raiz a pensar no suporte alargado a todas as funcionalidades do MySQL. Apresenta uma interface melhorada, mais fácil de usar e é mais estável que o seu antecessor. Para além disto, tem a promessa de evoluir rapidamente com base no feedback que a comunidade devolve: bugs, pedido de novas funcionalidades e até de plugins!

O Workbench será distribuído de duas formas, grátis e paga. A versão grátis (Workbench OSS) terá certas “funcionalidades trancadas” para o uso do utilizador. Isto não significa que não o poderemos utilizar na sua totalidade, não sejam induzidos ao erro, até porque a própria MySQL admitiu que não. A principal diferença entre as duas versões é que na versão paga (Standard Edition) poderás adicionar módulos e plugins para o utilizar de forma optimizada.

Os Plugins disponíveis (brevemente) para o Workbench são desenvolvidos sob a linguagem Lua (originalmente do Brasil) e, apesar de ainda não estar “aberto ao público”, o repositório de plugins tem um lugar reservado no site oficial do produto.

Fonte: André Torgal