Buzzzy – Pesquisa no Buzz

BuzzzyA WorkDigital Ltd adiantou-se ao próprio Google e criou um motor de busca que procura resultados dentro da informação submetida pelos utilizadores no Google Buzz e outras redes sociais.

“What’s Buzzin’?” é a questão colocada na caixa de pesquisa do motor de busca Buzzzy. Poderá filtrar os resultados através de uma timeline ou pela fonte de informação, como por exemplo Google Reader, Twitter, FriendFeed ou Google Buzz. É possível ainda separar os conteúdos por tipo de media, imagens ou vídeos.

Veja por exemplo uma pesquisa por “webtuga” no Buzzzy aqui.

Google Buzz – Google Reader dentro do Gmail?

Google Buzz

O Google acabou de lançar um novo serviço que se integra na caixa de correio da sua conta Gmail, chama-se Google Buzz e estará em breve disponível em todas as contas.

Falava-se do Google estar a preparar o lançamento de uma rede social como o Twitter integrada no Gmail, mas à primeira vista, o Google Buzz parece-se mais a uma integração do Google Reader dentro do Gmail, uma vez que permite importar RSS feeds e conteúdo das outras redes sociais (Twitter, Picasa, Flickr) e partilhar com os seus contactos.

O Google Buzz permite-lhe escolher com quem pretende partilhar os conteúdos e possibilita-lhe ainda ver as actualizações em tempo real. Para quem frequentemente partilha fotos e vídeos com os seus familiares, é uma óptima ferramenta.

Os seus contactos poderão comentar o conteúdo que partilha e poderá acompanhar as conversações através da sua caixa de correio.

Veja abaixo um vídeo que demonstra como o Google Buzz funciona:

Streamy – Agregador de RSS online

StreamyQuem quer estar a par de tudo, necessita de ter fontes de informação, no entanto existem tantas fontes de informação que é quase impossível acompanhar todas as fontes.

Para resolver, ou pelo menos diminuir a carga deste problema, existem as RSS feeds que permitem exportar toda a informação para um único local utilizando um agregador de RSS para desktop, como por exemplo o YeahReader ou o RSSOwl, ou então um agregador de RSS online como o Google Reader, que é a solução que eu utilizo.

O Streamy é um agregador de rss online que para além de lhe permitir agregar RSS feeds, permite-lhe juntar vário conteúdo numa página dinâmica e partilhar informação com outros utilizadores do serviço.

Poderá adicionar a sua conta Twitter, Facebook, Digg, Flickr e FriendFeed e ainda actualizar o seu estado nesses serviços através do Streamy.

É ainda possível encontrar novas fontes de informação graças ao Streamy, no entanto este ainda é bastante recente e não tem muito para lhe oferecer.

A página é bastante rápida de navegar graças ao uso de Ajax e torna assim muito fácil a leitura de vário conteúdo, no entanto continuo a preferir o Google Reader.

Google Reader com novo design

Google Reader

O Google decidiu presentear-nos com um novo design no leitor de RSS, o Google Reader.

Apesar de algumas mudanças serem bastante interessantes como os menus extensíveis, o Google Reader tem agora um aspecto tosco, ou seja, está com um aspecto quadrado que nada se assemelha a um site na vertente Web 2.0.

Para além das mudanças de design, é agora possível mostrar ou não os contadores de artigos ainda não lidos, minimizar os menus laterais e ainda encontrar mais facilmente novas fontes de informação.

Podem ver o anúncio oficial aqui.

[Rede WebTuga] Top Semanal 19/05/08 – 25/05/08

Boa noite a todos, para acabar o dia vou fazer um pequeno apanhado dos melhores posts desta semana na rede WebTuga.

Esta semana começamos da melhor forma, com a notícia de que alguém foi atacado por ovos voadores. O OVNI só foi identificado assim que se despenhou na parede mais próxima.

Foi também no início desta semana que nos deram a conhecer o futuro OLPC XO 2.0. O portátil parece prometedor, esperemos para ver se o preço coincide com os preços avançados.

Fiquem com os melhores posts…

Até já… mua!

Read Air – Google Reader no Adobe AIR

Para quem utiliza o Google Reader e não quer ter uma página no browser sempre aberta, pode agora utilizar o Read Air.

O Read Air é um leitor de feeds, com uma interface muito parecida com o Apple Mail e que sincroniza com o leitor RSS on-line Google Reader.

Nesta primeira versão o Read Air não tem disponível algumas funções que temos disponíveis na interface on-line, como por exemplo compartilhar os artigos lidos, guardar estatísticas de uso, entre outros.

O Read Air é uma aplicação multi-plataforma, baseada no Adobe AIR, a mesma base que é utilizada pelo Twhirl (um cliente do twitter).

Por isso se querem um leitor de feeds, multi-plataforma que sincronize com o Google Reader, o Read Air é uma boa escolha.

Podem fazer download aqui.

Via Applesfera

Ferramentas e dicas de blogging

Ferramentas para Blogar

Hoje em dia qualquer pessoa tem o seu blog, ou pode ter em poucos segundos.

No entanto para blogar, não basta apenas ter um blog, é necessário ter vontade e escolher as ferramentas mais apropriadas para o acto do blogging. É quase como um soldado quando entra em batalha, tem que ter a arma correcta e as munições necessárias para estar totalmente preparado.

Na minha actividade como blogger, são várias as ferramentas que utilizo antes de colocar um post aqui no WebTuga ou em qualquer outro blog em que participe.

Google Reader / Gmail – Subscrição de conteúdo

Para estar sempre a par das notícias, subscrevo cerca de 790 rss feeds de sites em várias línguas, sendo a maioria em Espanhol, Inglês e Português. O Google Reader permite-me uma rápida leitura e selecção do conteúdo que me interessa.

Para além de subscrever rss feeds, participo em várias Mailing Lists e nada melhor que o Gmail para ler e gerir as entradas das mailing lists.

Bloco de notas – Editor de texto

Antes de começar a escrever o meu post no editor WYSIWYG do cms que uso ( Joomla ou WordPress ), começo sempre por escrever um rascunho no editor de texto mais simples que tenha à mão.
Ao escrever um rascunho, preocupo-me sempre por estruturar bem as frases de forma a ficar simples e de percepção fácil.

Revisor/Orangoo – Correctores ortográficos

Após criado o artigo, tento sempre dar uma vista de olhos pelos erros e correcções gramáticas, mas existe sempre um erro que deixo para trás, portanto nada melhor que um corrector ortográfico automático para ter uma menor probabilidade de deixar passar erros ortográficos.

Como corrector ortográfico costumo usar o Orangoo, ou então o Revisor, que basicamente são a mesma coisa, mas quando um está em falta, tenho sempre o outro para substituir.

Photoshop – Edição de imagem

Se há coisa que gosto de ver nos meus artigos, é um texto simples e uma imagem cuidada a acompanhar o texto. Penso que isso faz com que o leitor não perca o interesse pelo post.

É então aí que entra o editor de imagem, normalmente photoshop, para tratar uma imagem que vai acompanhar o texto.

Tenho o cuidado de criar uma imagem com fundo transparente, pois seja qual for o fundo, a probabilidade de ficar mais atractivo é maior.

Google Docs – Blogging cooperativo

Muitas das vezes antes de colocar o post no blog, gosto que algumas pessoas o leiam.

Há sempre algo que pode ser melhorado e portanto uso o Google Docs para poder distribuir aos meus colegas bloggers de forma a fazerem uma pequena revisão a este antes da sua publicação final.

O Google Docs é uma ferramenta on-line muito útil na cooperação em equipa. A possibilidade de partilhar e convidar outras pessoas para colaborarem consigo no documento é simplesmente fantástico.

eyeOS – Sistema Operativo Online

Normalmente, após a revisão de um outro blogger, o artigo é submetido no editor do CMS que uso e publicado no site.

Mas existe ainda outra aplicação que uso no meu dia a dia como blogger. Como devem saber, sou estudante e passo bastante tempo na escola. O tempo que me disponibilizam para aceder à Internet é aproveitado ao máximo para ler as RSS feeds, recolher noticias e começar a escrever textos ou pequenos trechos.
Como nem sempre tenho acesso ao mesmo computador ou nem sempre tenho tempo de publicar o post, comecei a usar uma ferramenta chamada eyeOS.

O eyeOS é um sistema operativo on-line que me permite o acesso a aplicações simples e armazenar pequenos ficheiros.

Muitas das vezes uso o RamISP, um serviço que corre a plataforma eyeOS, para guardar pequenos posts e links importantes que posso voltar a rever mais tarde sem a necessidade de guardar numa pen ou enviar para o e-mail. Basta-me apenas aceder ao meu sistema operativo on-line.

Esta é a minha rotina diária, parece um pouco complicado e trabalhoso, mas o resultado final vale sempre a pena. E quase que me esquecia, durante estes passos todos, nada melhor do que uma música para fazer as ideias vir ao de cima.

Fiquem bem e bons posts.

Este blog não me sai da cabeça

WebTuga na cabeça

Pois é, o WebTuga foi condecorado com o selo de "Este blog não me sai da cabeça" pelo Glob-PT, pelo TugaTrónica e pelo AppleTuga.

[ironica mode on]
O WebTuga tem sido um projecto que me tem roubado bastante tempo e não me admira nada que esse blog não vos saia da cabeça, pois é o melhor blog do mundo, quiçá Portugal.
[/ironic mode on]

Cavalo que pensa

Agora que dei um bocado de treta, chegou a minha vez de pegar no ferro quente e marcar os blogs que não me saem da cabeça.

2.0 Webmania – A Web encontra-se numa fase de mudança de vertentes, ao qual se tem dado o nome de Web 2.0, como tal, não podia deixar de referir este excelente blog que faz cobertura das novidades e principais mudanças da Web presente e futura.

Obvious – Se o WebTuga é o melhor blog do mundo, quiçá Portugal, este é o melhor blog do Universo, quiçá via Láctea. O adquirimento de conhecimento cultural através deste blog é-nos atribuído via pequenas curiosidades que despertam a nossa atenção e o nosso interesse. Simplesmente genial.

Software Livre @ Sapo – Todos os dias recebemos noticias sobre os progressos da comunidade open-source em todo o Mundo. Este blog do Sapo, faz-nos chegar informações acerca de projectos e eventos Open-Source em Portugal. Um blog a seguir.

Estes são apenas 3 blogs em muitos que sigo diariamente através da RSS ( segundo o Google Reader, cerca de 700 ). Cada um tem o seu valor, cada um tem a sua temática, mas todos seguem o espírito do blogging.

Obrigado pelo selo.

YouTorrent3 – Source-code do YouTorrent

Youtorrent3
Hoje nas minhas leituras diária no Google Reader. deparei-me com um post do Remixtures que fala sobre o YouTorrent3.

Já aqui tinhamos falado do YouTorrent , um motor de busca para ficheiros que usem o protocolo bittorrent, tendo sido até referido um dos clones do YouTorrent. Também foi referido que o YouTorrent passou apenas a indexar torrents de fontes legais.

Foi então que Aleksander decidiu criar o YouTorrent3, um clone open-source do YouTorrent, protegido sob a licença BY-SA 2.5 da Creative-Commons, que permite a qualquer pessoa em poucos segundos criar um motor de busca personalizado ao seu gosto.

Para já, o script apenas tem um simples frontend, no entanto em poucas semanas será lançado um backend que permitirá uma maior personalização do motor de busca.

Página Oficial: YouTorrent3

Firefox – o Lucky Luke do Mac OS X

Como muito provavelmente esta notícia vai ser abafada, venho mencioná-la aqui no Webtuga, para que ela "não caia no esquecimento".

Adrian Kingsley-Hughes, da ZDNet, anunciou neste site que a versão para Mac PS X do Firefox 3.0 Beta 5 é mais rápida que o Safari 3.1 na interpretação de JavaScript. O teste, da autoria do próprio, foi feito num Mac Mini.

O teste inclui tarefas como a mostragem de imagens 3D, tagcloud, criptografia e manipulação de datas.

Este resultado poderá não parecer muito relevante – e é certo que muito fã da Apple vai dizer isso mesmo -, mas o Javascript é cada vez mais utilizado nos sites à lá Web 2.0 (Gmail, Google Reader, etc).

via Joelcalado.com