Malware teve um grande crescimento em 2007

O mesmo relatório que mostra Portugal em vigésimo quinto lugar, num total de 231 países, mostra também que o número de infecções com malware durante 2007 subiu vertiginosamente.

De acordo com a Symantec, cerca de dois terços do total de malware detectado pela empresa à mais 25 anos corresponde a 2007. Mais de metade desses dois terços corresponde aos últimos seis meses do ano passado.

O relatório refere ainda que as organizações criminosas responsáveis pela criação do malware se estão a especializar, ou seja, estão a investir apenas em parte do processo de criação e/ou propagação do malware, conseguindo criar malware mais difícil de detectar e remover.

via Computerworld.com

Microsoft condenada a pagar 367,4 milhões de dólares à Alcatel-Lucent

Um tribunal do distrito judicial americano de San Diego condenou a Microsoft ao pagamento de uma indemnização à Alcatel-Lucent no valor de 367,4 milhões de dólares (aproximadamente 234 milhões de euros), por violação de patentes.

O tribunal deu como provada a violação de duas patentes da Alcatel-Lucent relacionadas com interfaces. No entanto, uma outra queixa, relacionada com o sistema de reprodução de DVDs utilizado pela Microsoft, não teve seguimento.

A Microsoft, pela pessoa de Tom Burton, vice-presidente da empresa, pronunciou-se sobre esta decisão e garantiu que irá recorrer da sentença.

via heise-online.co.uk e itworld.com

Microsoft terá, alegadamente, deixado uma falha intencional no SP1 do Windows Vista

Será que eu estava a exagerar ou a mentir quando disse que as vendas do Windows Vista estavam aquém das espectativas? De acordo com a newsletter do Windowssecrets.com, eu não estava errado (como nunca estou; posso é estar, por vezes, menos correcto, mas nunca errado).

O editor do Windowssecrets.com, Brian Livingston, revela no site que a Microsoft terá deixado intencionalmente uma "falha" que permite a actualização de sistemas Windows XP e anteriores para o Windows Vista SP1.

Brian Livingston acredita que isto é intencional, pois permite à Microsoft explorar a chamada pirataria informática para proveito próprio, já que alguns utilizadores de cópias ilegais do Windows acabarão por comprar uma licença, e porque isso mantém a ideia de que o Windows é o sistema padrão e que todos devem ter.

Para mim, esta teoria faz bastante sentido. As pessoas tendem a crer que as coisas pagas são as melhores e gostam de conseguir à borla algo que normalmente é pago. Eu já perguntei isto a muitas pessoas e a resposta da grande maioria é que as coisas pagas lhes dão mais segurança e que gostam de conseguir à borla as coisas que normalmente pagariam, mesmo que para isso tenham que cometer alguma ilegalidade.

Ainda acreditam que as vendas do Windows Vista estão assim tão boas? E não vos preocupa o facto de (alegadas) falhas serem deliberadamente deixadas no software?

via windowssecrets.com

Microsoft disponibiliza primeira beta do Internet Explorer 8

A Microsoft disponibilizou uma beta pública da próxima versão seu browser, Internet Explorer 8. Este lançamento destina-se a receber feedback da aplicação e a mostrar o desenvolvimento que o navegador está a ter.

A maior novidade do Internet Explorer 8 é o bom (ou quase bom) suporte para padrões web. Isto é uma excelente notícia para os webdevelopers e webdesigners, que passarão a fazer menos kung-fus para conseguir por um site a fazer render correctamente no browser da Microsoft.

Alguns serviços web da Microsoft estão integrados no browser. Exemplos disso são o MSN Weather, MSN Encarta e Windows Live Hotmail. Mas vários serviços externos à Microsoft também estão presentes no IE8, como o Facebook ou o Ebay. Estas funcionalidades chama-se Activites.

Os WebSlices são outra novidade presente nesta nova versão, ainda em desenvolvimento, do Internet Explorer. Isto é semelhante à barra de marcadores do Firefox, onde podem ser adicionadas feeds e atalhos para qualquer site, mas com maior versatilidade.

Parece que a Microsoft está finalmente a adoptar os padrões web. Mas, quando a esmola é grande, o pobre desconfia. Vamos lá ver se isto é apenas fogo de vista ou um bom primeiro passo dado pela empresa.

Download

Esse email não vos vai dar acesso a imagens eróticas

benderHoje, o Tek.sapo.pt tem uma notícia que é uma ode à estupidez. Não a notícia em si, que é séria, mas o assunto que ela aborda.
No título da notícia pode ler-se: «Promessa de imagens eróticas de celebridades levam utilizadores a descarregar vírus». Isto parece tão estúpido e irreal, não parece? Mas a verdade é que acontece.
Os utilizadores, com a ânsia de verem uma imagem mais picante de várias celebridades, abrem estes emails e clicam na link presente neles. Essa link liga a um programa que, depois de executado, infecta a máquina com um trojan e não mostra imagens eróticas.

Eu vou, mais uma vez, bater no ceguinho e voltar a relembrar que não se devem abrir este tipo de emails, assim como devem evitar abrir aqueles anexos estúpidos com apresentações em powerpoint. Sejam inteligentes!

Microsoft consegue aprovação da ISO para o formato MSOOXML

A Microsoft, ao fim de vários meses, conseguiu a aprovação da ISO para o seu formato MSOOXML. Mas este processo fica marcado por várias alegadas irregularidades e já valeu a investigação da União Europeia a alguns dos comités.

Mas isto não fica por aqui. De acordo com algumas pessoas que fizeram parte de alguns dos comités, o formato tem demasiados erros, como o mau cálculo de datas e simples operações matemáticas. E o formato, de acordo com o Software Freedom Law Center, não é compatível com a GPL e nem dá garantias de protecção de processos judiciais a quem o implemente ou utilize.

Ainda assim, a Microsoft conseguiu aprovar o seu formato – algo que, na minha opinião, é estranho (no mínimo). Mas a aprovação ainda não tem efeitos imediatos, porque haverá um período de dois meses para serem apresentados recursos da decisão da ISO.

Se quiserem saber mais sobre o caricato processo de aprovação do MSOOXML como norma ISO, visitem os sites Software Livre no Sapo, Groklaw.net, o blog pessoal do delegado brasileiro Jomar Silva e ainda o NoOOXML.org.

Mac OS X e Vista comprometidos em concurso de segurança. Ubuntu sobrevive.

TuxNa passada semana decorreu o concurso PWN2OWN, inserido na conferência de segurança CanSecWest. O objectivo era conseguir acesso remoto aos três sistemas operativos escolhidos para o concurso – Ubuntu 7.10, Mac OS X 10.5 e Vista – através de uma falha de segurança desconhecida.

No primeiro dia, foram apenas permitidos ataques através da rede. Nenhum dos participantes conseguiu comprometer qualquer dos sistemas.
No segundo dia, os utilizadores poderam utilizar um browser e um cliente de email. Dois minutos após o inicio do segundo dia de concurso, o Mac OS X caiu devido a uma falha de segurança do Safari.
Ao terceiro dia, a organização do evento instalou alguns plugins (Flash, Silverlight e afins) e aplicações nas máquinas. Resultado: Vista OWND devido a uma falha do Flash Player.

O único sistema que "sobreviveu" aos três dias de tentativas de exploração de falhas de segurança ainda não conhecidas foi o Ubuntu, a famosa distribuição de GNU/Linux.

Os participantes que conseguiram invadir os sistemas em concurso ganharam o portátil em que o sistema que comprometeram estava instalado e ainda um prémio de 10 mil dólares para o participante que subjugou o Mac OS X e 5 mil dólares para o que "cegou" o Vista. O participante que tentou comprometer o Ubuntu ficou de mãos a abanar.

via Desktoplinux.com

Fórum sobre epilepsia utilizado para despoletar ataques epilépticos

Um grupo de criminosos atacou, durante a passada semana, o fórum da organização sem fins lucrativos Epilepsy Foundation.

O ataque consistiu na inserção de um código javascript no fórum, que mostrava várias imagens coloridas a alternar entre si muito rapidamente. Como é sabido, isto poderá despoletar um ataque de epilepsia nas pessoas com a doença.

O Wired.com reporta que uma utilizadora do fórum da Epilepsy Foundation clicou num tópico utilizado pelos criminosos e o seu browser foi redireccionado para uma página que mostrava várias imagens a alternar rapidamente entre si, o que lhe causou um ataque de epilepsia que a fez bloquear – não se conseguia mexer ou falar. Passados alguns segundos, a filha de 11 anos desta utilizadora afastou a mãe do computador e terminou o processo do browser.

Ainda não se conhecem os autores deste ataque, mas já se suspeita do Anonymous, um grupo de pessoas que ficou conhecido pelo vídeo que publicaram no Youtube onde avisam a Cientologia das suas intenções.

via newser.com e as escolhas do agfrg

WordPress 2.5 Lançado

Ora, uma "horita" depois de eu publicar um tutorial para instalar WordPress, deparo-me com o novo site do WordPress.org que anuncia o WordPress 2.5 final com uma cara nova.

Algumas das novidades desta versão são a mudança da aparência da área de administração e a possibilidade de configurar a dashboard ao seu gosto.

Agora o pior é a preguiça para actualizar todos os sites da rede.

Homepage: WordPress.org