Anonymous cria rede social

AnonPlus é o nome da nova rede social criada pelos grupo de hackers Anonymous. Por motivos de expulsão do grupo Anonymous da nova rede social Google+, o grupo decidiu realizar uma página temporária que no futuro será a sua própria rede social de seu nome AnonPlus. Segundo palavras dos seus autores, nesta nova rede social não existirá medo, censura, apagões, nem serão retidos pelos trolls ou por quem tente impedir a difusão da verdade. A rede será aberta mesmo a pessoas que não sejam hackers que assim poderão criar também um perfil e usufruir daquela que promete ser uma mega rede social, mas underground – se é que isto existe.

 

De momento o serviço ainda está em fase de preparação, espera-se que arranque num futuro próximo, ficando o nós por cá com a missão de divulgar a quando da sua abertura oficial.


Ataque “hacker” rouba dados de 1,29 milhões de clientes da Sega

O grupo japonês de jogos Sega anunciou hoje que os dados pessoais de 1,29 milhões de clientes foram roubados na sequência de um ataque “hacker” através de um site da sua filial europeia.

O site Sega Passe, operado pela Sega Europe, com sede em Londres, não continha informações sobre cartões de crédito, assegurou a empresa. Mas os piratas informáticos roubaram, na sexta-feira, os nomes, as datas de nascimento e as senhas criptografadas dos clientes, acrescentou a Sega. Também a empresa japonesa Sony foi recentemente vítima de ataques praticados por piratas informáticos.

O último ataque foi reivindicado em 6 de junho por um grupo de “hackers” norte-americano, conhecido como o LulzSec, que disse já ter tido acesso a mais de um milhão de senhas, endereços de e-mail e outras informações da SonyPictures.com.

Um porta-voz da Sony confirmou à agência EFE que foi aberto um processo de investigação sobre este caso que acontece depois de piratas informáticos terem roubado desde meados de abril dados de mais de 100 milhões de utilizadores dos vários serviços da empresa na Internet.

Turquia prende 32 membros dos Anonymous

Depois de alguns ataques virtuais, as autoridades turcas decidiram deter 32 pessoas que alegadamente pertencem ao grupo de hackers Anonymous.

As detenções foram anunciadas no seguimento de investidas contra o site da entidade que regula as telecomunicações na Turquia como forma de protesto contra a iniciativa legislativa que prevê a aplicação de filtros à navegação na Internet.

A aplicação de filtros limita o acesso a vários conteúdos considerados nocivos ou mesmo polémicos.

De acordo com a BBC, os internautas turcos vão ser obrigados a escolher um de quatro perfis de filtros.

Anonymous desmantelada em Espanha

Foram detidos esta sexta-feira 3 hackers da organização pirata Anonymous.

Na casa de um deles, foi detido material usado para atacar as páginas na Internet da Playstation (Sony), BBVA, Bankia, Enel e dos governos do Egipto, Argélia, Líbia, Irão, Chile, Colômbia e Nova Zelândia.

A NATO já tinha lançado um pedido de alerta em relação a esta organização classificando-os como “ameaça militar” pois podiam comprometer documentos importantes que apenas o governo tem autorização para aceder.

Um dos detidos guardava em sua casa um servidor a partir do qual coordenava ataques informáticos contra as páginas electrónicas governamentais, financeiras e empresariais de vários países.

Os três piratas informáticos detidos já tinham previsto lançar um ataque contra os sites dos principais partidos políticos na véspera das eleições de 22 de Maio.

Hackers atacam iPhone desbloqueado

jobs_at_macworld_iphone
Foi detectado na Holanda um programa, criado por hackers, que está a assustar os donos de iPhones desbloqueados. É um vírus que invade o aparelho por meio de uma ligação à Internet e rouba senhas bancárias, sem que os seus utilizadores dêem conta.

O Malware foi baptizado com o nome de Duh Worm, está a ser analisado por especialistas que têm acompanhado a sua evolução. Segundo Graham Cluley, pesquisador da produtora de software antivírus Sophos, o programa direcciona o browser para uma página semelhante à do banco, sendo neste espaço virtual que os hackers copiam as senhas e informações pessoais dos utilizadores.

O vírus só atinge os iPhones desbloqueados, em que as suas funções de segurança foram modificadas. Essas alterações são realizadas pelos proprietários dos aparelhos fugindo à decisão da Apple de não autorizar a alteração de operadora e a instalação de mais de 100 mil softwares. Alguns dos programas que permitem a utilização do telemóvel para Voip ou acesso WiFi também foram proibidos pela empresa de Steve Jobs.

“A grande maioria dos consumidores não desconfiguram os seus iPhones, porque este tipo de medida não viola apenas a garantia do aparelho como também causa instabilidade no iPhone fazendo com que ele não funcione correctamente”, disse a porta-voz da Apple, Natalie Harrison.

(via Reuters)

IRC segundo a série Numb3rs

Numb3rs, Episódio 6 da Série 7: Descrição do protocolo IRC (Internet Relay Chat). Segundo a série o IRC é um programa de chat primitivo utilizado por hackers para comunicar entre si… hackers que usam linguagem l33t

Could someone please give me a facepalm?

Facepalm Socrates

Oh! Thanks Mr. Sócrates.