Joost – Tv online ( agora também para MacOSx )

Joost Tv Online

Está de novo ao ataque o software de tv online dos criadores do Kazaa e Skype com a versão 0.8 do Joost.

Duas novidades acerca deste software, a primeira e que mais agradou aos mac addicteds é que esta versão também está disponível para utilizadores com macOSx.

Em segundo temos grandes novidades no que toca ao funcionamento do software e ao melhoramento da qualidade de video.

Alguns melhoramentos gerais:

  • Adicionados documentários da National Geographic
  • Conteúdo da Indy League Racing
  • Cartoons do Rocky & Bullwinkle
  • Filmes da IndieFlix
  • Reality Shows
  • Comédia, analises de jogos e muitos filmes clássicos

Peça já a sua conta beta-tester e use os excelentes serviços que este software tem para lhe oferecer.

Página: Joost

Windows Vista corrompe iPod

Depois de terem sido detectadas várias incompatibilidades entre o iTunes, o iPod e o Windows Vista, a Apple está a aconselhar os seus utilizadores a esperar pela próxima versão do iTunes antes de instalarem o novo sistema operativo da Microsoft.

Alguns destes problemas são a impossibilidade de ler músicas ou vídeos adquiridos na loja iTunes, acesso lento aos conteúdos, problemas de sincronização e corrupção dos iPod.

A Apple reconhece que estes problemas poderão não afectar todos os utilizadores, mas afirma que as probabilidades são grandes, e que estes problemas são muito graves para arriscar.

Mas não desesperem, porque uma nova versão do iTunes está no horizonte.

Está disponível, no site da Apple, uma lista com os passos a seguir para evitar as incompatibilidades, caso pretendam instalar o Windows Vista.

Abram alas para o Adium 1.0!

Demorou ano e meio, mas finalmente chegou.

A versão 1.0 do Adium, o popular cliente de chat para Mac, vem com mais de 600 correcções e melhoramentos, um novo interface padrão e um instalador.

Mas, para poderem usufruir desta nova versão, têem que ter, pelo menos, o MacOSX 10.3.9. O Adium suporta os serviços de chat MSN Messenger, ICQ, AIM, Yahoo Messenger, Bounjur, GaduGadu, LiveJournal, Novel Groupwise, QQ e Lotus Sametime.

Algumas das funcionalidades deste programa são a encriptação de mensagens, janela de conversação com separadores para cada chat, transferência de ficheiros e conversação de voz e vídeo.

Download

DRM do Windows Vista foi cracado

Ainda mal tinha acabado de chegar às bancas, e já tinha o sistema DRM cracado por um canadiano especialista em segurança informática.

Alex Ionesco desenvolveu uma "hack" para subverter o sistema anti-cópia do Vista, podendo assim ver um filme de alta definição sem encriptação e perda de qualidade. O código fonte ainda não está disponível devido a possíveis mudanças na legislação canadiana.

Esta hack tem um funcionamento bastante engenhoso; consegue dar a volta ao sistema anti-cópia, sem activar as "medidas de segurança" que impedem tentativas de hacking ao computador, e actua ao nível do kernel, talvez a zona mais protegida do Windows Vista.

Milhões de euros gastos para ser cracado ao fim de dois dias?!

"The great thing about the code I’ve written is that it does NOT use test signing mode and it does NOT load an unsigned driver into the system. Therefore, to any A/V application running, the system seems totally safe — when in fact, it’s not. Now, because I’m still booting with a special flag, it’s possible for Microsoft to patch the PMP and have it report that this flag is set, thereby disabling premium content. However, because I already have kernel-mode code running at this point, I can disable this flag in memory, and PMP will never know that it was enabled. Again, Microsoft could fight this by caching the value, or obfuscating it somewhere inside PMP’s kernel-mode code, but as long as it’s in kernel-mode, and I’ve got code in kernel-mode, I can patch it.

To continue this game, Microsoft could then use Patchguard on the obfuscated value…but that would only mean that I can simply disable Patchguard using the numerous methods that Skywing documented in his latest paper."

Blog do Alex Ionescu

Fonte: Boing Boing

Como repor o Google Images

Muito recentemente o Google fez porcaria umas alterações na pesquisa de imagens. Agora, sempre que pesquisar imagens no Google, tem que por o cursor do rato em cima de uma imagem para poder ver a discrição. O Google afirma que estas alterações vão dar um look mais "limpo" à pesquisa.

O número de utilizadores que não gostam destas alterações aumenta de dia para dia. Se é um destes utilizadores, não desespere; o blog Google Operating System mostra como "repor" o Google Images no Firefox, Internet Explorer, Opera e Safari.

Repor o Google Images.

[via Lifehacker]

Mojiti – Vídeos interactivos

O Mojiti não é apenas outro clone do youtube; este site chinês permite adicionar texto, imagens, links, formas geométricas, etc, aos vídeos Os utilizadores podem adicionar legendas a um vídeo, ou até narrá-lo. As possibilidades são imensas!

Este serviço adiciona um layer em cima do vídeo, onde são adicionados os conteúdos que o utilizador quer (textos, links, etc). Depois de adicionados os conteúdos, o Mojiti sincroniza-os com o vídeo. Os sites de partilha de vídeo mais populares (youtube, google vídeo, metacafe, etc) são suportados por este serviço.

Depois de "editados", os vídeos podem ser partilhados. Para além de poder partilhar vídeos por mail ou por código html, também é possível ver os vídeos no Media Center, usando um plugin. Futuramente vão ser suportados os SubRip e SubViewer, para melhor inserção de legendas.

Mas se estas funcionalidades não vos interessarem, basta carregar num botão situado no canto inferior esquerdo do vídeo, e os conteúdos extra desaparecem.

Fica um vídeo para poderem ver as potencialidades destes serviço.

Linux recebe apoio de grandes empresas de tecnologia

Alguns dos grandes nomes do mundo informático juntaram esforços para criar um consórcio que visa a promoção e protecção legal do Linux.

Entre estas empresas estão a IBM, Hewlett-Packard, Intel, Novel e Oracle.

O consórcio, baptizado de Linux Foundation, vai promover o Linux como uma alternativa gratuita e viável ao Windows, e vai também oferecer protecção legal e unificação destes sistemas; algo que a Microsoft faz com o Windows à vários anos.

O Linux é bastante popular no mundo dos servidores e gera, anualmente, 14.5 biliões de dólares, de acordo com uma estimativa da empresa IDC.

Mas este sistema operativo nunca teve grande penetração nos computadores pessoais, onde o Windows é rei e senhor.

Fontes: Forbes & Playfuls

Secretária substitui carregadores

As empresas Herman Miller e Fulton estão a desenvolver uma secretária capaz de carregar dispositivos portáteis como iPods, telemóveis e computadores portáteis. Estas secretárias irão usar uma tecnologia chamada eCoupled, que permite o carregamento sem uso de fios. Basta colocar o dispositivo em cima da secretária para ele ser carregado através de campos magnéticos. Infelizmente ainda não se sabe quando é que estas "secretárias do futuro" vão entrar no mercado. Especificações da secretária Fontes: dailytech & reuters

SeaMonkey 1.1

Já está disponível para download a nova versão do SeaMonkey, anteriormente conhecido como Mozilla Suite, e está disponível para Windows, Linux e Mac.

Este projecto é a continuação da já extinta Mozilla Suite, e é mantida por um grupo de voluntários.

A suite é constituído por um browser (baseado no Firefox 2.0), um cliente de email, um leitor de newsgroup, um programa de chat e um editor de html.

 Entre as várias modificações, novas funcionalidades e correcções de bugs, está uma nova versão do chatzilla, a optimização do funcionamento da barra lateral e o melhoramento da detecção de phishing. Download

Suse Linux é alternativa ao Windows Vista

A Novel está a promover o Suse Linux como uma alternativa para as empresas que queiram evitar as despesas de um upgrade para o Windows Vista. No site da Novel está uma secção que compara os custos entre os dois sistemas operativos, e também as vantagens em adoptar o Suse Linux Enterprise Desktop 10. Apesar da recente parceria entre a Novel e a Microsoft para a criação de um sistema de virtualização que permita correr Windows e Linux na mesma máquina, a Novel quer afirmar-se como um rival de peso da Microsoft no mundo dos desktop empresariais.