Apple Design Awards 2008

Apple está a aceitar os candidatos para os Apple Design Awards, que decorrerão durante a WWDC’08 em San Francisco.

O convite foi enviado por e-mail aos inscritos no Apple Developer Connection, estes prémios são considerados os mais importantes do mundo Mac.

Os prémios são vários produtos da Apple e ainda um cubo que quando se toca ilumina uma das maçãs das suas faces(cubo em baixo).

Este ano o evento conta um uma nova categoria de aplicações para o iPhone/iPod touch, onde se pode utilizar o beta do SDK.

Via Applesfera

Terminal Geeks: Inserir Espaços Na Dock

Hoje na rubrica “Terminal Geeks” vamos mostrar o comando que adiciona icons transparentes à Dock.

Quando temos vários tipos de programas na Dock, era mais fácil se estes tivessem separados, por exemplo, separar os aplicativos do sistema, das aplicações de produtividade. Agora podem fazê-lo seguindo as dicas em baixo, e terão na vossa Dock separadores.

Para adicionarem esta função, abram o Terminal (Utilities > Terminal ou use o Spotlight/Quicksilver) e digitem o seguinte comando:

defaults write com.apple.dock persistent-apps -array-add '{"tile-type"="spacer-tile";}'

Por cada vez que digitarem o código em cima vai aparecer um icon transparente na Dock. Agora escrevam o seguinte comando:

killall Dock

Este segundo comando irá reiniciar a Dock, depois de esta reiniciar terão disponível tantos icons transparentes, quanto o número de vezes que digitáram o primeiro código.

Para retirarem os espaços basta clicarem em cima do icon transparente e arrastalo para fora da Dock.

AlertThingy já está disponível

alertthingyAlertThingy, uma aplicação para o site FriendFeed que recorre ao Adobe AIR e que é a primeira a utilizar a API do FriendFeed, foi lançada.

Este programa permite a visualização da informação de outros utilizadores do serviço, comentar itens, enviar mensagens e pesquisar informação no FriendFeed.

Como utiliza o Adobe AIR, o AlertThingy pode ser executado em Windows, Mac OS X e GNU/Linux.

O FriendFeed é um serviço que permite reunir as feeds de vários serviços web num local, para partilhar com familiares e amigos.

via Techcrunch.com

Actualização: Pro Applications Update 2008-01

A Apple disponibilizou hoje mais uma actualização, desta vez foi a Pro Applications Update 2008-01, actualização que melhora a estabilidade das aplicações profissionais da Apple, sendo recomendada para os utilizadores do Final Cut Studio, Final Cut Server, Logic Studio e Shake.

A actualização ocupa 24MB e pode ser feita através da Actualização de Software ou no site da Apple.

nDroid: acesso ultra-rápido a ficheiros e aplicações (actualizado)

ndroidEm GNU/Linux, quando estou a utilizar o Gnome, carrego em Alt+F2 e aparece-me um pequeno utilitário que me permite iniciar uma aplicação ou executar um comando. No KDE, acontece exactamente o mesmo. Nos ambiente gráficos que não têm suporte nativo para esta funcionalidade, pode ser utilizado o programa gmrun.
Em Mac OS X, os utilizadores podem utilizar o Spotlight. Em Windows, basta pressionar a tecla feia com o símbolo da janela e o R. Mas é bastante básica e não permite executar outras aplicações para além daquelas que vêm com o Windows.
Para terem, em Windows, uma forma poderosa de iniciar aplicações e abrir ficheiros e pastas, existe um pequeno e leve programa chamado nDroid. Baseado no AutoHotKey, esta aplicação indexa as pastas, ficheiros e aplicações presentes no vosso computador, para que consigam aceder a elas de uma forma rápida.

nDroid, via Wired.com

Obrigado aos leitores que mencionaram o launcher nativo do Mac OS X.

Adobe lançou leitor multimédia

adobe media playerA Adobe lançou um leitor multimédia que permite fazer stream de conteúdos de vídeo. Chamado Adobe Media Player, está actualmente na versão 1.0 e disponível para Mac OS X e Windows.

O Adobe Media Player utiliza a tecnologia do Flash para providenciar os conteúdos aos utilizadores. A visualização dos vídeos pode ser feita através de stream ou download.

Os vídeos estão disponíveis gratuitamente. Os custos são suportados através de publicidade inserida no leitor ou nos vídeos, que poderão conter DRM (Digital Rights Restrictions Managment).

O Adobe Media Player é muito semelhante ao Miro, com a diferença de que os conteúdos não são produzidos pelos utilizadores, que têm que gramar com publicidade, e há a possibilidade dos conteúdos conterem DRM.

Adobe Media Player, via PCWorld.com

Apple disponibiliza várias actualizações

A Apple disponibilizou várias actualizações para os seus produtos:

  • MacBook EFI Firwmare Update 1.2
  • Mac Book Pro EFI Firmware Update 1.5
  • Mac Book Air EFI Firmware Update 1.0
  • iMac EFI Firmware Update 1.3.

Estas actualizações corrigem problemas, melhorando assim a estabilidade de cada um dos modelos referidos em cima. Cada actualização ocupa ± 3MB e é necessário reiniciar o Mac em todas.

A Apple disponibilizou também o  Aluminum Keyboard Firmware Update 1.0, que corrige o problema dos teclados de alumínio, de ao teclar a tela poderia repetir a letra.

Podem fazer as actualização através da Actualização de Software.

Firefox – o Lucky Luke do Mac OS X

Como muito provavelmente esta notícia vai ser abafada, venho mencioná-la aqui no Webtuga, para que ela "não caia no esquecimento".

Adrian Kingsley-Hughes, da ZDNet, anunciou neste site que a versão para Mac PS X do Firefox 3.0 Beta 5 é mais rápida que o Safari 3.1 na interpretação de JavaScript. O teste, da autoria do próprio, foi feito num Mac Mini.

O teste inclui tarefas como a mostragem de imagens 3D, tagcloud, criptografia e manipulação de datas.

Este resultado poderá não parecer muito relevante – e é certo que muito fã da Apple vai dizer isso mesmo -, mas o Javascript é cada vez mais utilizado nos sites à lá Web 2.0 (Gmail, Google Reader, etc).

via Joelcalado.com

Firefox – o Lucky Luke do Mac OS X

Como muito provavelmente esta notícia vai ser abafada, venho mencioná-la aqui no Webtuga, para que ela "não caia no esquecimento".

Adrian Kingsley-Hughes, da ZDNet, anunciou neste site que a versão para Mac PS X do Firefox 3.0 Beta 5 é mais rápida que o Safari 3.1 na interpretação de JavaScript. O teste, da autoria do próprio, foi feito num Mac Mini.

O teste inclui tarefas como a mostragem de imagens 3D, tagcloud, criptografia e manipulação de datas.

Este resultado poderá não parecer muito relevante – e é certo que muito fã da Apple vai dizer isso mesmo -, mas o Javascript é cada vez mais utilizado nos sites à lá Web 2.0 (Gmail, Google Reader, etc).

via Joelcalado.com

Google entra no cloud computing com o lançamento do App Engine

google app engineO Google anunciou o lançamento de mais um serviço: o Google App Engine, por enquanto apenas disponível por convite.

O Google App Engine funciona um pouco como o Amazon EC2, mas as aplicações criadas assentam na infraestrutura do Google e podem interagir com os restantes serviços do Google.

Por enquanto, apenas podem ser criadas aplicações em Python. Mas à medida que o serviço for sendo desenvolvido, outras linguagens de programação serão suportadas.

Quando for aberto ao público, o Google promete disponibilizar um plano gratuito, que terá direito a 500 MB de espaço e "largura de banda suficiente para 5 milhões de visitas por mês". Mas até lá, só por convite.

Se quiserem experimentar este novo serviço do Google, tratem de arranjar um convite e descarreguem o SDK do Google App Engine, disponível para GNU/Linux, Mac OS X e Windows.

Google App Engine, via Blogoscoped.com