Windows 8 Build 7989 vaza na Web

Coincidência ou não, após o boato de que a Microsoft teria demitido funcionários por colaborarem com o vazamento de informações acerca do Windows 8, o ritmo de vazamentos diminuiu bastante. Mas para a felicidade dos aventureiros de plantão, não cessou.

Mais uma compilação do Windows 8 vazou na Internet esta semana. O download já está disponível em vários trakers.

Pesando cerca de 3,5 GB, o Windows 8 build 7989 foi compilado no dia 21 de abril e faz parte da terceira etapa de desenvolvimento — a milestone 3 (M3), um dos últimos estágios antes da versão beta. Se você já perdeu as contas, esta é a quarta compilação que cai em domínio público.

Embora o download seja novo, é provável que a build vazada não traga nenhuma novidade. A Microsoft demonstrou o Windows 8 publicamente em um evento recente de tecnologia e apresentou as principais novidades que o sistema trará quando for lançado, o que deve acontecer já no próximo ano.

Por fim e não menos importante, vale lembrar que a instalação de versões do Windows vazadas ou baixas ilegalmente da Internet não são recomendadas. Faça por sua conta e risco — ou use uma máquina virtual.

 

Microsoft lança SDK do Kinect para Windows

O SDK é a ferramenta mais importante que um desenvolvedor pode querer para se envolver com uma nova tecnologia. No caso específico do Kinect, a Microsoft liberou o acesso aos sensores do Kinect (sem restrições), ao rastreamento de esqueleto e movimento humano e o reconhecimento de voz e objetos. São várias APIs que poderão ser utilizadas por quem se interessar em criar aplicativos baseados na tecnologia do Kinect.

Entretanto, o SDK não é para qualquer um. A empresa liderada por Steve Ballmer deixou bem claro que o SDK do Kinect não pode ser usado para fins comerciais. Ele é voltado, portanto, para entusiastas e pesquisadores, que antes dependiam de gambiarras para usar o Kinect em seus aplicativos.

Para usar o Software Development Kit, o usuário deve saber C++, C# ou Visual Basic (com Visual Studio 2010). Além do software, a Microsoft está fornecendo mais de 100 páginas de documentação técnica “de alta qualidade”, inclusive com trechos de códigos para serem usados no Kinect. Nada mais inteligente se eles querem transformar o Kinect em uma plataforma popular para possivelmente lançar uma loja de aplicativos no futuro.

Durante o lançamento do software, a Microsoft apresentou uma solução criada por estudantes que permite controlar um helicóptero apenas com o movimento das mãos. Veja: http://youtu.be/OQnRA6wZM-A

Windows 8 estreia no outono

A versão beta do Windows 8 deverá começar a ser distribuída no outono de 2011. A versão definitiva do futuro sistema operativo da Microsoft só deverá chegar às lojas da especialidade no outono de 2012.

Dan’l Lewin, vice-presidente da Microsoft, admitiu que a versão beta do Windows 8 deverá ser lançada pouco depois da conferência BUILD que a Microsoft tem agendada para setembro.

Segundo o DailyTech, esta não foi a única “fuga de informação” quanto às datas de estreia do novo Windows: Lewin terá também referido que a Microsoft pretende fazer afinações e eliminar bugs da versão beta durante um ano. O que remete para o outono de 2012 o lançamento da versão comercial do Windows 8.

O vice-presidente da Microsoft confirmou ainda que o Windows 8 é mesmo o sistema operativo escolhido para “atacar” o segmento dos tablets.

Facebook “irrita” Uniao Europeia

As autoridades europeias vão investigar o Facebook e a sua funcionalidade de identificação automática de fotografias, que está a ser disponibilizada em vários países, depois de ter sido lançada nos Estados Unidos há alguns meses.

O Facebook implantou globalmente, sem comunicar seus usuários, o sistema de reconhecimento automático de rostos em fotos. O recurso é polémico, pois envolve questões de privacidade.
O sistema de reconhecimento automático vai funcionar por meio de comparação. Quando o usuário carregar novas imagens, o algoritmo irá comparar as faces com outras fotos já “tagueadas” anteriormente. A identificação vai depender de aprovação do usuário para ser publicada.

Quando são carregadas fotografias novas o Facebook faz o reconhecimento facial automático, sugerindo a possível identidade de quem surge nas imagens. Cabe ao utilizador confirmar esse reconhecimento ou ignorá-lo

A questão sobre a violação da privacidade aparece, no entender do regulador europeu, porque não há um pedido de autorização prévio às pessoas retratadas.

A identificação de pessoas nas fotografias só deveria acontecer com o seu consentimento prévio e não pode estar activa de origem”, consideram os reguladores.

O Facebook permite desligar a opção de reconhecimento facial, para evitar a identificação por parte da rede de amigos, mas tal obriga os utilizadores a alterarem nas suas opções de privacidade.

Microsoft anuncia integração do Facebook e novidades no Portal MSN

msn integrado no facebook

Os utilizadores que possuem conta no Facebook e no Windows Live Messenger, irão poder optar por uma das duas plataformas para conversar com os seus contactos.

Com a integração do messenger no chat do Facebook, passa a ser viável falar com os contactos online no chat da rede social de Mark Zuckerberg através do messenger, e vice-versa. Sendo que para falar com os contactos do messenger através do chat da rede social não será necessário estar ligado no msn.

A Microsoft anunciou também que o portal MSN foi renovado e está agora mais inclinado para a vertente Lifestyle e Entretenimento.

Conteúdos como música, cinema, celebridades, notícias relacionadas com desporto providenciadas pela Agência Lusa e pela Sportinveste Multimédia, integração com redes sociais tais como Twitter e Facebook, um canal de Viagens & Lazer, sugestões de Rotas & Destinos, meteorologia e integração com o Hotmail são algumas das novidades.

Novos conteúdos e serviços que ainda se encontram em fase de testes pela Microsoft, irão também ser anunciados nos próximos meses.



Escolha de browsers Windows 7: os resultados

A Microsoft implementou no princípio de Março a possibilidade do utilizador poder escolher o browser que pretende usar nas versões europeias do Windows 7, devido a um processo instaurado pela União Europeia. Passadas 3 semanas, a Opera divulga os resultados que obteve deste processo até agora.

Segundo a Opera, o número de downloads do seu browser duplicou na maioria dos países europeus, chegando mesmo a haver casos de países em que os números triplicaram. Segundo o mesmo relatório, só na Polónia, o aumento dos downloads foi na casa dos 328%. Portugal registou um aumento de 157%.

Aparentemente, pelos resultados apresentados pela Opera, o processo instaurado à Microsoft já começa a colher frutos e a tendência de a maioria dos utilizadores Windows usarem sempre o Internet Explorer como browser principal está a acalmar e a concorrência sem dúvida que agradece. Ficam por ser divulgados os resultados provenientes dos restantes browsers.

Press release completo da Opera >

Windows Phone 7 Series

Steve Balmer apresentou esta manhã na Mobile World Congress 2010 a nova versão do Windows Mobile, denominada de Windows Phone 7 Series.

Não foi só o nome do SO que mudou completamente. O código fonte das versões anteriores foi completamente descartado e foi tudo feito de raiz.

A típica interface que conhecíamos do Windows Mobile também desapareceu e deu lugar a uma interface mais direcionada às redes sociais e que parece ser mais intuitiva de usar. Outra boa notícia deste novo sistema operativo é que não implica o uso constante do stylus como acontecia nas versões anteriores.

Como seria de esperar, o 7 Series interage com outros serviços Microsoft tais como o Xbox LIVE (profiles e avatars) e o Zune, que servirá de leitor de música.

Ao que parece a Microsoft está a exigir hardware de grande capacidade nos futuros smartphones que irão correr o 7 Series, de modo a que os utilizadores desfrutem ao máximo da experiência do novo Windows. E para além disto, software como o Sense da HTC ou o TouchWiz da Samsung deixarão de ser permitidos nos smartphones com o novo Windows, fazendo com que o sistema operativo mantenha uma imagem singular em todos os smartphones onde se encontre instalado.

Aqui fica um vídeo com um preview do Windows Phone 7 Series:

Será este sistema operativo suficiente para a Microsoft alcançar o iPhone OS ou o Android?

Steve Ballmer apresenta Slate PC

Steve Ballmer, CEO da Microsoft, apresentou esta semana na CES 2010 três modelos de Slate PC a correr Windows 7 com suporte multi-touch. Dos três modelos, o que mais despertou a atenção foi o Slate PC da HP que, coincidência ou não, faz lembrar um iPhone em tamanho XL. Ballmer mostrou este dispositivo a correr o software Kindle (sob Windows 7) que lhe permite ler e-books.

Existem várias fontes que dizem que este Slate PC também poderá sair numa versão com o sistema operativo Android. A HP ainda não divulgou mais informações sobre o seu Slate PC, apenas que será comercializado este ano.

Bill Gates elogia Steve Jobs

Bill Gates

Quando perguntaram a Bill Gates sobre Steve Jobs, num especial de TV que foi para o ar esta semana, ele respondeu que o co-fundador da Apple tem demonstrado "maior inspiração" do que qualquer outro líder na indústria da tecnologia.

O programa "Warren Buffett and Bill Gates: Keeping America Great", exibido na passada quinta-feira na CNBC, o "Town Hall Event" apresenta perguntas da audiência dirigida para dois dos homens mais ricos do mundo.

Uma pessoa da plateia perguntou a Bill Gates com a plateia a rir, quais eram os seus pensamentos em relação a Steve e pelo trabalho que fez como o CEO da Apple. O fundador da Microsoft, teve palavras simpáticas para com o seu rival.

"Bem, ele fez um trabalho fantástico", disse Gates. "A Apple é uma empresa que está um bocado diferente de quando eles faziam o hardware e software em conjunto, mas quando Steve voltou para a Apple, que foi através da aquisição da NeXT que ele correu, a Apple estava numa situação muito difícil, na verdade, provavelmente não iria sobreviver. "

Ele continuou: "E ele trouxe uma equipa, ele trouxe grande inspiração sobre os produtos e design, que fez com que a Apple volta-se a ter uma força incrível a fazer coisas boas. É óptimo ter concorrentes assim. Nós escrevemos software para a Apple, a Microsoft faz. Eles competem com a Apple. Mas de todos os líderes na indústria com que eu trabalhei, ele mostrou mais inspiração e salvou a companhia."

Em 2007, tanto Gates como Jobs sentaram-se lado a lado para uma entrevista com o Walt Mossberg do The Wall Street Journal na conferência D5. Nessa conversa, os dois líderes influentes da tecnologia, foram bastante corteses um com o outro.

Jobs contemplou Gates por ser o primeiro a construir uma empresa exclusivamente em torno do software, em vez de depender de software personalizado. Gates respondeu contemplando a abordagem populista da Apple com Jobs no comando.

Nessa entrevista, Gates revelou que a Microsoft parou de desenvolver software para o Mac quando da saída de Jobs, um acção feita principalmente devido à sua ausência.

"Estamos preocupados porque a Apple não se estava a diferenciar das outras plataformas Windows e DOS", disse Gates em 2007. "A linha de produtos só não evoluiu como devia. Certamente não seria o caminho que teria se Steve estivesse lá."

Como o co-fundador da Microsoft observou em seus comentários sobre CNBC esta semana, embora a empresa ainda concorra com a Apple, ele também continua a escrever software para a plataforma Macintosh. No próximo ano, a Microsoft planeia lançar o Office 2010 para Mac, com uma nova versão do Outlook com base no Cocoa, a camada de desenvolvimento do Mac OS X.

Fonte desta informação: Appleinsider

Apple investe 500 Milhões de dólares por ano em Marketing

getamac_advertising

De acordo com um relatório facultado à CNN, a Apple gastou 501 milhões de dólares de dólares no ano fiscal de 2009. Isto é um aumento de 3% e 7% em relação aos anos anteriores. Ora vejamos, $486 milhões em 2008 e $467 milhões em 2007, mostra um aumento gradual. Mas, os maiores concorrentes da Apple como a Microsoft e a Dell já gastaram bem mais, a Microsoft gastou 1,4 Bilhões de dólares e a Dell 811 Milhões. Contudo parece que o dinheiro investido em marketing por estas empresas não valeu de nada, a Apple realiza anúncios muito bem concebidos, como por exemplo este vídeo de publicidade “Get a Mac“.

(reparem no gesto de cada um pois reflecte a realidade, Mac Investe mais dinheiro no sistema, e o PC investe praticamente tudo em publicidade)