Sincronize o Google Docs com o OpenOffice

Se são utilizadores do OpenOffice e do Google Docs e gostavam de ter os dois sincronizados, o plugin OpenOffice.org2GoogleDocs é para vocês.

O OpenOffice.org2GoogleDocs permite sincronizar os documentos do vosso desktop e do Google Docs, para que tenham sempre uma cópia online e outra offline.

Este plugin é multi-plataforma, o que quer dizer que corre em GNU/Linux, Windows e Mac OS X – talvez até em FreeBSD. Basta apenas ter a versão 6 de Java instalada.

Para instalar o OpenOffice.org2GoogleDocs, têm que abrir uma aplicação deste pacote de aplicações de produtividade, ir ao menu "Ferramentas > Gestor de Extensões" e carregar o plugin.

{OpenOffice.org2GoogleDocs, via Lifehacker}

Picasa 2.7 beta para Linux

O Google disponibilizou uma nova versão beta do Picasa, o visualizador de imagens do Google, para GNU/Linux.

As novidades da nova versão do Picasa para GNU/Linux são:

 – envio de fotos para o serviço online Picasa Web Albums;
 – visualização hierárquica de pastas;
 – criação de um registo de edições feitas às imagens, que permite reverter para uma versão anterior;
 – melhoramentos na importação de imagens;
 – melhor suporte para RAW;
 – pesquisa de fotos por ISO; Infelizmente, não é desta que o Picasa deixa de necessitar do Wine para ser executado em GNU/Linux.

Download
Repositório oficial

{Fonte: Google Operating System}

Project2Manage

Se procuram um gestor de projectos online gratuito, o Project2Manage pode ser uma boa solução.

Project2Manage permite definir as etapas de um projecto e os níveis de acesso de colaboradores e clientes, criar listas de afazeres, notificar os utilizadores por mensagens e manter-se a par das novidades através de RSS, sem impor um limite de projectos.

Estive a experimentar o serviço e fiquei com boa impressão. Não gostei muito de ver publicidade, mas é pouca e não é intrusiva – e eles têm que pagar as despesas de alguma forma -, por isso não censuro a presença dela.

{Project2Manage, via Lifehacker}

Música “produtiva”

O Lifehacker publicou um post sobre música de "produtividade" (música que não distrai na hora de trabalhar) e faz menção a um post do blog HackCollege que recomenda a rádio online Groove Salad como uma boa escolha.

Realmente é uma boa escolha. Eu, confesso fanboy dos estilos mais chill (chillout, lounge, nujazz, lowbeat, lowfi, etc), ouço essa rádio de vez em quando, mas há mais rádios que se podem ouvir na hora de trabalhar sem distracções e com descontracção.

Uma das minhas sugestões vai para Subflow.net, uma rádio com duas playlists minimalistas: um mais direccionado para techno e outro virado para ambient e downtempo. Outra sugestão é a lounge-radio.com que, como o nome indica, é uma rádio onde o lounge é o género musical dominante.

E vocês, que rádios ouvem quando precisam de estar concentrados?

Opera utilizado em leitores de música portáteis

A fabricante de leitores de música portáteis, Archos, incorporou a versão 9 do browser Opera em três dos seus dispositivos para permitir a visualização de conteúdos multimédia online. Para desfrutar deste browser, os utilizadores terão que pagar uma jóia de 30 dólares para fazer a activação do Opera.

{Fonte: Information Week}

Bloquear completamente o Beacon no Facebook

Se utilizam a rede social Facebook e querem bloquear, de vez, o indesejável sistema de publicidade e anti-privacidade Beacon, só têm que instalar a extensão do Firefox, Blocksite, e adicionar o seguinte endereço à lista "negra" da extensão: http://*facebook.com/beacon/

É verdade que já é possível desactivar o Beacon nas configurações de privacidade da conta, mas ele continua a recolher informações sobre vós. Por isso, se dão valor à vossa privacidade online, bloqueiem o Beacon.

{Fonte: Lifehacker}

FilesTube – motor de busca para ficheiros online

FilesTube logoAlguma vez inseriram um ficheiro no rapidshare e acabaram por se esquecer da link de download? Como o rapidshare não tem uma caixa de pesquisa, acabava-se por perder o ficheiro.

Mas, graças ao FilesTube, podemos pesquisar o ficheiro no rapidshare e noutros serviços de alojamento de ficheiros, como o megaupload e filefront. Pode, também, submeter a link do ficheiro no FilesTube para que, caso se esqueça dela, seja mais fácil encontrar o ficheiro.

Infelizmente, todos nós sabemos que estes serviços de alojamento de ficheiros são maioritariamente usados para partilhar conteúdos de legalidade duvidosa. Por isso aconselhamos o uso sensato do FilesTube, bem como dos serviços de alojamento de ficheiros.

{Fonte: eHub}

Flick adiciona editor de imagem ao serviço

flickr e picnik

O Flick já tem um editor de imagem para fazer alterações básicas às imagens, como cortar, alterar a saturação e remover dos olhos vermelhos. O editor escolhido é o Picnik, um conhecido editor de imagem online feito em Flash.

Esta nova funcionalidade pode ser vista quando acedemos a uma das nossas fotos. Basta clicar no ícone "Edit Photo", que aparece entre o título da imagem e a fotografia, e dar autorização ao Picnik para aceder à nossa conta do Flickr. Depois só temos que editar.

Esta autorização só precisa de ser feita uma vez e pode ser desactivada posteriormente. Claro que, se a desactivarmos, teremos que lhe voltar a dar permissão quando quisermos editar uma imagem nossa nesta aplicação.

Não esperem um Photoshop online. O Picnik é um editor de imagem simples, que permite edições básicas. Para algo mais profissional, terão que usar um editor de imagem como o GIMP.

{Fonte: Wired.com}

Google: JotSpot poderá ser integrado com o Google Apps em 2008

O Google poderá estar a preparar-se para integrar o JotSpot, serviço que adquiriu à sensivelmente um ano, com o Google Apps, afim lançar um novo serviço já em 2008.

A integração do JotSpot com o Google Apps deverá ser feita com o lançamento do Google Sites, um serviço semelhante ao Google Page Creator, mas mais completo e baseado no JotSpot. O Google Sites poderá ser usado como gestor de projectos, intranet, CRM, wiki e outros tipos de software de colaboração online.

Isto não passa, por enquanto, de um rumor lançado por Andrew Miller, que terá assistido a uma apresentação do Google sobre o Google Apps feita por Scott Johnston, antigo funcionário do JotSpot e actual funcionário do Google.

{Fonte: Download Squad}

GDrive para breve?

Parece que, pelo menos de acordo com o Wall Street Journal, o tão falado serviço de alojamento de ficheiros do Google, o GDrive, pode estar para breve.

Os rumores sobre este serviço começaram a aparecer, pelo menos com mais força, o ano passado, depois do Google ter feito uma apresentação sobre os futuros projectos da empresa. Nessa apresentação falou-se de algo apelidado de GDrive, onde os utilizadores poderiam guardar os seus documentos, imagens, músicas, vídeo – a sua vida.

De acordo com os vários rumores que têm aparecido e com a apresentação feita, o GDrive não será mais que um serviço de alojamento semelhante ao Box.net ou MediaMax.com, destacando-se apenas na integração com, pelo menos, alguns dos serviços já existentes do Google.