Quebre a rotina com vídeos de Humor e Apanhados

Ta Fixe

Fica facilmente aborrecido quando está a trabalhar no seu computador? Faça uma pausa e visite o Tá Fixe e o Ate Tem Piada.

Hoje em dia a vida das pessoas torna-se um pouco monótona, no entanto existem várias formas de quebrar a rotina. Se passa a maior parte do seu tempo “agarrado” a um computador, o ideal é arranjar algo que o faça rir e nada melhor que uns videozitos engraçados com sátira e humor à mistura.

O Até Tem Piada e o Tá Fixe são dois sites da rede WebTuga que são actualizados diariamente com novos vídeos que o vão certamente animar.

O WebTuga não recomenda a visita a estes sites a pessoas que sofram de problemas de coração devido ao alto risco de ataque de riso.

Ultimate Live no Webtuga

logoul-1

Ola leitores, hoje resolvi transferir meus visitantes pra aqui do Ultimate Live, afinal estou sem tempo, e trazendo eles para ca estou a poupar trabalho, pois escrevia no meu site, Ultimate Live e aqui no Webtuga.

Transferido:

Feed RSS

Pagerank (Links)

Nem sequer avisei ao cenourinha, espero que ele tenha  gostado, pois quero ver o Webtuga Mais grande do que ja se faz.

A linguagem de escrita nao sera um fator problematico, continuarei a escrever em pt-pt.

Tudo que vier a ser, desde agora ja se faz.

Ate Tem Piada – Novo blog de humor da rede WebTuga

Ate Tem Piada

Hoje, no dia do começo dos jogos olímpicos de Pequim, nada melhor do que anunciar um novo blog na rede WebTuga.

Trata-se do Até Tem Piada e é um blog que todos os dias nos trás os vídeos mais engraçados da Internet.

O site conta já com mais de 500 vídeos e também podemos encontrar pelo meio algumas anedotas e piadas, como é o caso da piada acerca do Galo de Barcelos.

Pode ver o arquivo dos vídeos de humor, votar nos vídeos e ainda enviar os seus próprios vídeos para que sejam publicados no blog.

Não se esqueçam de subscrever a rss feed ao Até Tem Piada e seguir a conta no Twitter com as notificações do site.

Apple anunciou iPhone 3G na WWDC08

Ontem foi dia de evento Apple. Realizou-se em São Francisco nos Estados Unidos da América a World Wide Developer Conference 2008, um evento que tem como objectivo chegar mais perto dos programadores e saber o que estes necessitam e como de costume, foram anunciadas algumas novidades.

Como sempre, Steve Jobs começou por fazer um apanhado do sucesso dos produtos da Apple, informando-nos que o iPhone vendeu no seu primeiro ano, cerca de 6 milhões de iPhones.

AppStore

AppStore

Algumas empresas e alguns programadores demonstraram as suas aplicações desenvolvidas para o iPhone e expressaram a sua opinião acerca da sua experiência a programar na plataforma. Entre as demonstrações encontravam-se projectos da Sega, eBay, TypePad e da MLB.com.

As aplicações vão estar disponíveis na AppStore quando esta estiver disponível, sendo o próprio programador a definir o valor que deseja cobrar pela aplicação. Este ficará com 70% do preço final, enquanto que a Apple ficará com o restante para cobrir os custos de alojamento e divulgação. Caso o programador opte por disponibilizar a aplicação gratuitamente, não terá custos adicionais.

A AppStore vai estar disponível em 62 países e será possível fazer o download das aplicações por Wifi, pelo iTunes ou pela rede da sua operadora móvel, no entanto esta ultima opção não estará disponível para ficheiros com tamanho superior a 10MB.

Mobileme

Mobileme Box

Foi apresentado um novo serviço chamado Mobileme que permite ter acesso aos seus dados, como por exemplo calendários, e-mails, documentos ou ficheiros e sincronizar com o seu computador ( PC ou Mac ) e com o seu iPhone.

Este serviço está presente no domínio me.com, tem o valor de $99 dólares no pacote individual ou $149 no pacote familiar e vem substituir o anterior serviço .Mac.

Apresenta um interface web dinâmico nunca antes visto com novidades como drag and drop de múltiplos ficheiros, e-mails ou contactos e ainda pesquisa com resultados em tempo real, tal como se fosse no seu computador.

iPhone 2.0 Software Update

iPhone 2.0 Software Update


Foram dados a conhecer novidades que podemos esperar na iPhone 2.0 Software Update e uma delas bem resolver um problemas com que os desenvolvedores de aplicações 3rd party se depararam, que é o facto de ser impossível correr aplicações em background. Como opção e para reduzir o consumo de energia no gadget, a Apple criou uma solução que permite receber alertas de eventos server-side.

Para além disso, o novo iPhone 2.0 Software permite a pesquisa de contactos, suporte a documentos do iWork e do Microsoft Office, salvar imagens que receba por e-mail no seu iPhone, controlos parentais, máquina de calcular cientifica no modo landscape e ainda suporte a mais linguagens das quais 4 tipos de japonês e chinês tradicional e simplificado com a possibilidade de escrever com o dedo.

O novo software estará disponível gratuitamente para qualquer detentor de um iPhone em Julho e terá um custo de apenas $9.95 para aqueles que tenham um iPod Touch.

iPhone 3G

iPhone 3G

O novo iPhone foi apresentado, chama-se iPhone 3G e tal como o nome indica, integra a tecnologia de transferência de dados 3G, revelando uma velocidade 2,8 vezes mais rápida que a tecnologia EDGE, um novo conector para headphones como os do iPod e ainda inclui o GPS. Para além disso o novo iPhone faz uma melhor gestão da bateria.

A Apple pretende colocar o iPhone disponível em 70 países até ao fim do ano, sendo que no dia 11 de Julho, 22 desses 70 países, incluindo Portugal, vão ter o iPhone disponível pelo preço fantástico preço de 199$ na versão 8GB e 299$ na versão de 16GB. O iPhone 3G 16GB estará disponível em preto e branco.

Falta-nos saber o que Bertrand Serlet falou, horas depois, acerca do novo Mac OS X Snow Leopard.

Entretanto já é possível reservar o seu iPhone na Optimus.

Equipa xTok apresenta amanhã nova versão do Blogtok

Blogtok

Actualmente existem centenas de Content Management Systems, no entanto o Blogtok destaca-se devido a ser um sistema de blogging criado exclusivamente em Portugal e um dos pioneiros na tecnologia RSS.

O Blogtok permite-lhe criar o seu blog, a sua galeria de fotos, inserir fontes de RSS na sua página e pesquisar numa base de dados de mais de 500 fontes de informação e integrar uma grande comunidade, onde poderá encontrar pessoas com todos os gostos.

A equipa xTok, estará amanhã, dia 8 de Julho de 2008, a lançar a nova versão do Portal Blogtok do qual se poderão esperar grandes novidades como um novo design, uma nova interface para a administração da sua conta, um novo gestor para a sua música ou para os seus podcasts, uma bolsa de valores que será uma espécie de karma que lhe permitirá evoluir na comunidade consoante o seu número de posts, comentários, visitas únicas entre outros.

Para além disso, o novo sistema permite a que um utilizador possa ter vários blogs, com uma única conta e ainda vários nicks.

Amanhã poderemos analisar melhor o sistema e dar-lhe melhor a conhecer as potencialidades da nova versão deste projecto que muito tem para ensinar aos restantes sistemas do género.

Associação Ensino Livre publicou manifesto sobre formatos padrão abertos no sistema de ensino

Os formatos padrão abertos são a pedra basilar das comunicações digitais. Sem eles, ficamos sujeitos a formatos fechados, o que faz com que uma empresa ou governo autoritário passem a censurar toda a informação que nos chega. E também permite que nos fechem.
Para evitar isso, devemos usar formatos abertos em todo o lado, até no ensino. Por isso a Associação Ensino Livre publicou recentemente um conjunto de orientações sobre a utilização de formatos padrão abertos, para que escolas, professores e alunos possam escrever, divulgar e trocar informação sem estarem sujeitos a amarras que não se vêm mas se sentem a apertar os pulsos.

PRESS RELEASE: Manifesto sobre standards abertos no sistema de ensino

A utilização de standards tem-se revelado de extrema importância numa sociedade de inovação e conhecimento. No sector das tecnologias de informação são particularmente cruciais. Ao estabelecerem uma linguagem comum entre diferentes intervenientes, empresas e outras entidades podem desenvolver equipamento e programas de computador que comunicam entre si sem obstáculos, eliminando directamente barreiras aos utilizadores finais. O conhecimento pode assim fluir e escoar livremente entre todos os cidadãos. Um dos grandes exemplos é o êxito da Internet, que só foi possível devido à existência desta liberdade na transmissão de informação.

Existem contudo áreas em que a neutralidade tecnológica ainda não está suficientemente desenvolvida. Por exemplo, ao produzir um documento no processador de texto do seu computador, e ao tentar partilhá-lo com um amigo, já se deparou com a situação de que o amigo não conseguiu abrir o documento, ou que o documento lhe apareceu completamente desformatado? Esta situação poderá ser especialmente grave em instituições públicas, nomeadamente instituições de ensino. Imagine um professor que solicita um trabalho de casa a um aluno, que o professor depois não consegue abrir para avaliar correctamente. Ou então imagine um aluno que recebeu um trabalho de casa que depois não consegue abrir correctamente no seu computador pessoal. Outras situações ainda mais sérias existirão, tais como o armazenamento de informação vital em formatos binários, que se pode tornar inacessível com o passar dos anos, ou ainda a impossibilidade de alguns elementos da comunidade educativa acederem a informação legalmente sem dispenderem largas centenas de euros.

A Associação Ensino Livre publica o "Manifesto sobre standards abertos no sistema de ensino" com os seguintes objectivos gerais:

– potenciar a neutralidade tecnológica nas instituições de ensino, de forma a que a utilização de recursos electrónicos não esteja dependente das plataformas e ferramentas dos utilizadores;
– garantir o máximo de justiça e igualdade na utilização dos recursos electrónicos;
– garantir o acesso, agora e no futuro, a informação produzida no decurso das actividades institucionais;
– fomentar a literacia tecnológica;
– reduzir o desperdício de recursos no sector das tecnologias de informação;
– tornar a tecnologia mais acessível;

Um Guia de Aplicação do "Manifesto sobre Standards Abertos no Sistema de Ensino" será publicado em breve.

Sensibilizem os vossos alunos, professores, familiares e amigos para a importância da utilização dos formatos livres. Sem eles, o "mundo virtual" não é um mundo democrático, mas um local ditatorial e autoritário. Defendam a vossa liberdade.

Download do manifesto, em PDF

via blog.softwarelivre.sapo.pt

Ferramentas e dicas de blogging

Ferramentas para Blogar

Hoje em dia qualquer pessoa tem o seu blog, ou pode ter em poucos segundos.

No entanto para blogar, não basta apenas ter um blog, é necessário ter vontade e escolher as ferramentas mais apropriadas para o acto do blogging. É quase como um soldado quando entra em batalha, tem que ter a arma correcta e as munições necessárias para estar totalmente preparado.

Na minha actividade como blogger, são várias as ferramentas que utilizo antes de colocar um post aqui no WebTuga ou em qualquer outro blog em que participe.

Google Reader / Gmail – Subscrição de conteúdo

Para estar sempre a par das notícias, subscrevo cerca de 790 rss feeds de sites em várias línguas, sendo a maioria em Espanhol, Inglês e Português. O Google Reader permite-me uma rápida leitura e selecção do conteúdo que me interessa.

Para além de subscrever rss feeds, participo em várias Mailing Lists e nada melhor que o Gmail para ler e gerir as entradas das mailing lists.

Bloco de notas – Editor de texto

Antes de começar a escrever o meu post no editor WYSIWYG do cms que uso ( Joomla ou WordPress ), começo sempre por escrever um rascunho no editor de texto mais simples que tenha à mão.
Ao escrever um rascunho, preocupo-me sempre por estruturar bem as frases de forma a ficar simples e de percepção fácil.

Revisor/Orangoo – Correctores ortográficos

Após criado o artigo, tento sempre dar uma vista de olhos pelos erros e correcções gramáticas, mas existe sempre um erro que deixo para trás, portanto nada melhor que um corrector ortográfico automático para ter uma menor probabilidade de deixar passar erros ortográficos.

Como corrector ortográfico costumo usar o Orangoo, ou então o Revisor, que basicamente são a mesma coisa, mas quando um está em falta, tenho sempre o outro para substituir.

Photoshop – Edição de imagem

Se há coisa que gosto de ver nos meus artigos, é um texto simples e uma imagem cuidada a acompanhar o texto. Penso que isso faz com que o leitor não perca o interesse pelo post.

É então aí que entra o editor de imagem, normalmente photoshop, para tratar uma imagem que vai acompanhar o texto.

Tenho o cuidado de criar uma imagem com fundo transparente, pois seja qual for o fundo, a probabilidade de ficar mais atractivo é maior.

Google Docs – Blogging cooperativo

Muitas das vezes antes de colocar o post no blog, gosto que algumas pessoas o leiam.

Há sempre algo que pode ser melhorado e portanto uso o Google Docs para poder distribuir aos meus colegas bloggers de forma a fazerem uma pequena revisão a este antes da sua publicação final.

O Google Docs é uma ferramenta on-line muito útil na cooperação em equipa. A possibilidade de partilhar e convidar outras pessoas para colaborarem consigo no documento é simplesmente fantástico.

eyeOS – Sistema Operativo Online

Normalmente, após a revisão de um outro blogger, o artigo é submetido no editor do CMS que uso e publicado no site.

Mas existe ainda outra aplicação que uso no meu dia a dia como blogger. Como devem saber, sou estudante e passo bastante tempo na escola. O tempo que me disponibilizam para aceder à Internet é aproveitado ao máximo para ler as RSS feeds, recolher noticias e começar a escrever textos ou pequenos trechos.
Como nem sempre tenho acesso ao mesmo computador ou nem sempre tenho tempo de publicar o post, comecei a usar uma ferramenta chamada eyeOS.

O eyeOS é um sistema operativo on-line que me permite o acesso a aplicações simples e armazenar pequenos ficheiros.

Muitas das vezes uso o RamISP, um serviço que corre a plataforma eyeOS, para guardar pequenos posts e links importantes que posso voltar a rever mais tarde sem a necessidade de guardar numa pen ou enviar para o e-mail. Basta-me apenas aceder ao meu sistema operativo on-line.

Esta é a minha rotina diária, parece um pouco complicado e trabalhoso, mas o resultado final vale sempre a pena. E quase que me esquecia, durante estes passos todos, nada melhor do que uma música para fazer as ideias vir ao de cima.

Fiquem bem e bons posts.

Este blog não me sai da cabeça

WebTuga na cabeça

Pois é, o WebTuga foi condecorado com o selo de "Este blog não me sai da cabeça" pelo Glob-PT, pelo TugaTrónica e pelo AppleTuga.

[ironica mode on]
O WebTuga tem sido um projecto que me tem roubado bastante tempo e não me admira nada que esse blog não vos saia da cabeça, pois é o melhor blog do mundo, quiçá Portugal.
[/ironic mode on]

Cavalo que pensa

Agora que dei um bocado de treta, chegou a minha vez de pegar no ferro quente e marcar os blogs que não me saem da cabeça.

2.0 Webmania – A Web encontra-se numa fase de mudança de vertentes, ao qual se tem dado o nome de Web 2.0, como tal, não podia deixar de referir este excelente blog que faz cobertura das novidades e principais mudanças da Web presente e futura.

Obvious – Se o WebTuga é o melhor blog do mundo, quiçá Portugal, este é o melhor blog do Universo, quiçá via Láctea. O adquirimento de conhecimento cultural através deste blog é-nos atribuído via pequenas curiosidades que despertam a nossa atenção e o nosso interesse. Simplesmente genial.

Software Livre @ Sapo – Todos os dias recebemos noticias sobre os progressos da comunidade open-source em todo o Mundo. Este blog do Sapo, faz-nos chegar informações acerca de projectos e eventos Open-Source em Portugal. Um blog a seguir.

Estes são apenas 3 blogs em muitos que sigo diariamente através da RSS ( segundo o Google Reader, cerca de 700 ). Cada um tem o seu valor, cada um tem a sua temática, mas todos seguem o espírito do blogging.

Obrigado pelo selo.

Spot Publicitário – Thinkpad x300 vs MacBook Air

Este vídeo é um Spot Publicitário feito por um fã do portátil Thinkpad x300, um dos concorrentes directos com o novo portátil da Apple. o MacBook Air.

No vídeo o fã do portátil da IBM começa por abrir o envelope do Macbook Air e em seguida, ironicamente, começa a adicionar-lhe um HUB de portas USB e a emparelhar dispositivos como é o caso de uma drive externa. Em seguida coloca novamente o Macbook Air com os periféricos no envelope, mas o processo parece não ser fácil, chegando mesmo a rasgar o envelope.

Após isso, o criador do vídeo faz o mesmo processo de desempacotamento, mas desta vez com um Thinkpad x300 e pousa-o em cima do envelope, vejam o vídeo abaixo:

Google Docs – offline mode

Novas features do Google Docs

Pois é, agora é possível usar a folha de cálculo e criar apresentações offline no Google Docs.

E se pensam que as novidades ficavam por aqui, então estão bem enganados, pois isto é só o começo para aquecer.

Agora para além de poder alterar o HTML dos seus documentos, é possível ir ainda mais longe e alterar o CSS do ficheiro, o que lhe permite uma maior personalização do seu documento.

Imagine agora como seria se pudesse pegar num dos milhões de vídeos do YouTube e inserir-lo directamente na sua apresentação sem a necessidade de fazer download do vídeo ou converter para outro formato, pois bem, agora é possível com o Google Docs.

E se por algum motivo necessitar de ser lembrado para uma intervenção durante a sua conferência? Deixe apenas o Google Docs tratar disso…

Ora bem, são apenas 4 as novidades, mas a sua importância merece o maior aplauso à equipa por detrás do projecto. Mais uma vez vamos relembrar as 4 novidades:

1. Modo off-line para apresentações e folha de cálculo;
2. Possibilidade de editar o CSS ( antes apenas era possível alterar o HTML );
3. Adicionar vídeos do YouTube nas apresentações;
4. Adicionar notas de conferência nas apresentações.

Cada vez mais recorro a aplicações web para as actividades do meu dia a dia como blogger e cybernauta e felizmente o Google Docs tem sido uma grande ajuda no que toca a "blogar".

Do que está à espera? Clique aqui e teste já as novas funcionalidades do Google Docs.