Cucku – Social Backup

Cucku LogoHoje em dia os nossos dados nunca estão 100% seguros, por isso existe a necessidade de criar sistemas de backup.

Nos servidores linux é habitual usar-se o rsync para sincronizar os ficheiros de um disco para o outro.

No entanto existe sempre alguém que não tenha nenhuma drive a parte para efectuar backups.

Para pessoas nesta situação, tenho a apresentar o Cucku. O Cucku permite-lhe efectuar backups para o computador de um colega seu e ao seu colega efectuar backups dos dados dele para o seu computador. Será necessário que o tenha espaço suficiente para efectuar o backup, tanto no seu computador como no computador do seu colega.

Toda a informação é encriptada, por isso não deverá ter problemas em usar este sistema com os seus colegas mais “curiosos”.

Este processo é totalmente automático e para além do mais gratuito.

O Cucku está disponível para Windows XP e Windows Vista e utiliza o Skype para efectuar o backup para um colega, portanto deverá ter instalado o Skype.

Como criar backups com o FlyBack no Ubuntu

Quem é que já não ouviu falar da ferramenta de backup do Mac OX S, Time Machine – das suas potencialidades e dos problemas que deu na última versão do sistema operativo da Apple?

Mesmo com alguns problemas – que, se não me engano, foram corrigidos no primeiro update -, a Time Machine é bastante útil. Enquanto esta ferramenta está apenas disponível no Mac OS X, os utilizadores de GNU/Linux podem utilizar uma ferramenta semelhante: o FlyBack.

O FlyBack é uma ferramenta que, assim como a Time Machine, permite criar backups incrementais de um disco ou directorias. O interface deste utilitário foi criado em Python e utiliza o poderoso rsync para a realização dos backups.

Para ficarem a saber como instalar e utilizar o FlyBack, leiam este tutorial do site Howtoforge.com.

Fedora 8 já está disponível

O projecto Fedora, a conhecida distribuição de GNU/Linux apoiada pela Red Hat, lançou hoje a nova versão. O Fedora 8 está disponível em DVD, LiveCD e numa imagem optimizada para arrancar a partir de um dispositivo externo USB.

Da longa lista de novidades destacam-se o novo tema, a inclusão do sistema de configuração de privilégios PolicyKit, as restrições no acesso à memória do Kernel, o uso do daemon de som PulseAudio, a instalação automática de impressoras e codecs proprietários, a diminuição do consumo de energia em computadores portáteis e a actualização do Network Manager.

Os interessados em testar o Fedora 8 poderão fazer o download da distribuição por Bittorrent, HTTP, FTP ou RSYNC.

update: Já há, pelo menos, dois mirrors portugueses, o http://darkstar.ist.utl.pt/ e o ftp://tux.cprm.net/pub/fedora/linux/releases/8/. Obrigado aos leitores Nuno Paixão, Jocaferro e G0sh por terem partilhado connosco estes mirrors.

Fedora 7 test 4

Os fãs do Fedora já podem por as mãos em cima da nova beta da versão 7. Ela está disponível por http, ftp, rsync e torrent.

Se tiverem problemas com o tráfego internacional, existem dois mirrors nacionais. Como esta é a última beta prevista antes do lançamento da versão final, lá para dia 24 de Maio, façam o download e ponham-na à prova.

O projecto agradece toda e qualquer contribuição que possam dar. Podem encontrar mais informações sobre o Fedora 7 test 4 aqui.

Fedora 7 test 3

Já está disponível para download a terceira beta do Fedora 7, a distribuição de Linux apoiada pela Red Hat. A versão 7 do Fedora trás várias alterações, entre elas a fusão dos repositórios Fedora Core e Fedora Extras.

A nova versão de teste vem com a versão 2.6.21rc5 do Kernel do Linux, Firefox 2.0.0.3, Gaim 2.0, Gimp 2.2.13, Thunderbird 1.5.0.10, Gnome 2.18 e um novo tema de ícones. As ferramentas de administração sofreram algumas alterações.

O download desta nova versão pode ser feita através de FTP, HTTP, RSYNC e Torrent.

Os interessados em saber mais sobre a nova versão do Fedora, podem ler o anúncio feito na mailing list da Red Hat ou visitar a wiki do projecto Fedora.