Windows 8 Build 7989 vaza na Web

Coincidência ou não, após o boato de que a Microsoft teria demitido funcionários por colaborarem com o vazamento de informações acerca do Windows 8, o ritmo de vazamentos diminuiu bastante. Mas para a felicidade dos aventureiros de plantão, não cessou.

Mais uma compilação do Windows 8 vazou na Internet esta semana. O download já está disponível em vários trakers.

Pesando cerca de 3,5 GB, o Windows 8 build 7989 foi compilado no dia 21 de abril e faz parte da terceira etapa de desenvolvimento — a milestone 3 (M3), um dos últimos estágios antes da versão beta. Se você já perdeu as contas, esta é a quarta compilação que cai em domínio público.

Embora o download seja novo, é provável que a build vazada não traga nenhuma novidade. A Microsoft demonstrou o Windows 8 publicamente em um evento recente de tecnologia e apresentou as principais novidades que o sistema trará quando for lançado, o que deve acontecer já no próximo ano.

Por fim e não menos importante, vale lembrar que a instalação de versões do Windows vazadas ou baixas ilegalmente da Internet não são recomendadas. Faça por sua conta e risco — ou use uma máquina virtual.

 

Jolicloud – Sistema Operativo para Netbooks

Jolicloud

Os netbooks vieram para ficar, são baratos, compactos e fáceis de transportar, para além de terem conquistado o coração de muitos geeks.

O único problema dos netbooks é a falta de um sistema operativo completo e optimizado de raiz para funcionar neste novo tipo de computadores.

No entanto está a nascer um novo projecto, chamado Jolicloud, que tem o objectivo de criar o sistema operativo ideal para Netbooks e é claro que este sistema não poderia deixar de ser “Powered by Linux”.

Para já a equipa por de traz do projecto, deixou-nos um preview do que será o Jolicloud e ao que me parece, está bastante simples e funcional.

O Jolicloud já foi testado em Asus Eee PC e Dell Inspiron Mini e até agora os resultados foram bastante agradáveis, resta-nos esperar que esta maravilha seja disponibilizada para o publico em geral.

Windows 7 em 2009

Windows 7

Após o lançamento do Windows Vista, a Microsoft divulgou que em cerca de três anos iria ser lançado um novo Windows, mas ao que parece o novo Windows, chamado Windows 7, vai chegar ao mercado mais cedo do que o previsto.

Segundo as palavras de Doug Howe, Director da Microsoft, o Windows 7 tem como data de lançamento o Verão de 2009.

Pergunto-me eu se a Microsoft não estará novamente a cometer outro erro, isto porque se o tempo que separa o Windows XP e o Windows Vista é muito superior a 3 anos e mesmo assim o Windows Vista tem bastantes falhas, será que em tão pouco tempo conseguirão criar um sistema operativo estável e eficaz?

CDs gratuitos de Sistemas Operativos OpenSource

CDs Gratuitos

Apesar de muitas pessoas ainda não terem conhecimento, existem vários sistemas operativos gratuitos e open-source que poderão usar sem ter que gastar dinheiro para usufruir dos serviços do mesmo.

No entanto, hoje em dia não é apenas o código destes sistemas operativos que é gratuito, mas inclusive são distribuídos CDs gratuitos com o sistema operativo.

As empresas responsáveis pelos sistemas operativos, vêem assim uma maneira de promover o software livre e de convencer as pessoas a testarem uma alternativa.

Para aqueles que estejam interessados a testar uma alternativa ao sistema operativo que usam, o WebTuga deixa aqui alguns sistemas operativos que pode receber gratuitamente em casa, preenchendo apenas um simples formulário.

Ubuntu ( Canonical )
edubuntu ( Canonical )
kubuntu ( Canonical )
OpenSolaris ( Sun )
Unbreakable Linux ( Oracle )

Preencha os formulários, espere umas semanas e terá em sua casa os CDs com os respectivos Sistemas Operativos.

Windows se7en – As novidades que estão para chegar…

Logo do Windows Se7en

O sucessor do Windows Vista já está a causar rumores na Internet.

Windows se7en, o nome de código do próximo sistema operativo da Microsoft, irá trazer novidades significantes no seu gestor de ficheiros, tal como um duplo painel de gestão quando está ligado a um servidor de FTP.

Para além disso, é possível, através de um vídeo que foi divulgado na Internet, verificar opção de captura do ambiente de trabalho e de animações e ainda um sistema de automatização para criação de desenho de sites e blogs.

Veja o vídeo abaixo:

Wine 1.0 rc1

wine

A primeira release candidate do Wine, o emulador que não é emulador, mas uma implementação do Windows em sistemas *nix, foi disponibilizada ontem.

O que há de novo nesta release candidate, que dentro de pouco tempo se tornará na versão 1.0? Bem, muita coisa, mesmo muita coisa. Se quiserem saber quais são, terão que ler o comunicado oficial.

Caso queiram experimentar já esta versão quase final do Wine, podem descarregar o código-fonte e compilá-lo (sudo ./configure; sudo make; sudo make install) ou então verificar se o vosso sistema operativo está na lista de sistemas com binários disponíveis.

Ensaio sobre Software Livre e como ganhar dinheiro com ele

gnuÀ uns 14 meses atrás, fiquei completamente farto do Windows XP e decidi mudar de sistema operativo. Apesar de todos os cuidados que tinha e das aplicações de segurança que utilizava – firewall, anti-vírus, anti-spyware e por aí fora -, acabava com infecções de malware; e quando não era malware, era um decréscimo absurdo na performance.
Como, na altura, tinha aqui mencionado o Ubuntu algumas vezes e sabia que a comunidade portuguesa em torno desta distribuição era grande, mantive um dual-boot com o Windows Xp e o Ubuntu. Ao fim de duas semanas com dual-boot, removi a partição do Windows.
À medida que fui conhecendo mais sobre o GNU/Linux e os sistemas operativos livres em geral, fiquei a conhecer o movimento open source. Mais tarde, fiquei a conhecer o movimento Free Software, movimento em que me revejo.
Como a minha inaptidão para programar é tão grande como a inaptidão para desenhar, e como sinto que devo dar algo à comunidade que me deu o software que hoje utilizo, decidi escrever um pequeno ensaio sobre formas de ganhar dinheiro com software livre, para ajudar a desmistificar algumas ideias incorrectas que existem. O texto é simples, curto e direccionado para o público com menos conhecimentos de informática.
O texto original está disponível em português, sob uma licença GNU Free Documentation License. Uma tradução para inglês, igualmente sob a FDL, e revista por Karl Berry, a quem eu deixo o meu agradecimento, também está disponível para download. Ambos os documentos estão no formato ODF e PDF e não garanto que os disponibilize noutro formato.

Download da versão portuguesa (PDF)
Download da versão inglesa (PDF)

Ferramentas e dicas de blogging

Ferramentas para Blogar

Hoje em dia qualquer pessoa tem o seu blog, ou pode ter em poucos segundos.

No entanto para blogar, não basta apenas ter um blog, é necessário ter vontade e escolher as ferramentas mais apropriadas para o acto do blogging. É quase como um soldado quando entra em batalha, tem que ter a arma correcta e as munições necessárias para estar totalmente preparado.

Na minha actividade como blogger, são várias as ferramentas que utilizo antes de colocar um post aqui no WebTuga ou em qualquer outro blog em que participe.

Google Reader / Gmail – Subscrição de conteúdo

Para estar sempre a par das notícias, subscrevo cerca de 790 rss feeds de sites em várias línguas, sendo a maioria em Espanhol, Inglês e Português. O Google Reader permite-me uma rápida leitura e selecção do conteúdo que me interessa.

Para além de subscrever rss feeds, participo em várias Mailing Lists e nada melhor que o Gmail para ler e gerir as entradas das mailing lists.

Bloco de notas – Editor de texto

Antes de começar a escrever o meu post no editor WYSIWYG do cms que uso ( Joomla ou WordPress ), começo sempre por escrever um rascunho no editor de texto mais simples que tenha à mão.
Ao escrever um rascunho, preocupo-me sempre por estruturar bem as frases de forma a ficar simples e de percepção fácil.

Revisor/Orangoo – Correctores ortográficos

Após criado o artigo, tento sempre dar uma vista de olhos pelos erros e correcções gramáticas, mas existe sempre um erro que deixo para trás, portanto nada melhor que um corrector ortográfico automático para ter uma menor probabilidade de deixar passar erros ortográficos.

Como corrector ortográfico costumo usar o Orangoo, ou então o Revisor, que basicamente são a mesma coisa, mas quando um está em falta, tenho sempre o outro para substituir.

Photoshop – Edição de imagem

Se há coisa que gosto de ver nos meus artigos, é um texto simples e uma imagem cuidada a acompanhar o texto. Penso que isso faz com que o leitor não perca o interesse pelo post.

É então aí que entra o editor de imagem, normalmente photoshop, para tratar uma imagem que vai acompanhar o texto.

Tenho o cuidado de criar uma imagem com fundo transparente, pois seja qual for o fundo, a probabilidade de ficar mais atractivo é maior.

Google Docs – Blogging cooperativo

Muitas das vezes antes de colocar o post no blog, gosto que algumas pessoas o leiam.

Há sempre algo que pode ser melhorado e portanto uso o Google Docs para poder distribuir aos meus colegas bloggers de forma a fazerem uma pequena revisão a este antes da sua publicação final.

O Google Docs é uma ferramenta on-line muito útil na cooperação em equipa. A possibilidade de partilhar e convidar outras pessoas para colaborarem consigo no documento é simplesmente fantástico.

eyeOS – Sistema Operativo Online

Normalmente, após a revisão de um outro blogger, o artigo é submetido no editor do CMS que uso e publicado no site.

Mas existe ainda outra aplicação que uso no meu dia a dia como blogger. Como devem saber, sou estudante e passo bastante tempo na escola. O tempo que me disponibilizam para aceder à Internet é aproveitado ao máximo para ler as RSS feeds, recolher noticias e começar a escrever textos ou pequenos trechos.
Como nem sempre tenho acesso ao mesmo computador ou nem sempre tenho tempo de publicar o post, comecei a usar uma ferramenta chamada eyeOS.

O eyeOS é um sistema operativo on-line que me permite o acesso a aplicações simples e armazenar pequenos ficheiros.

Muitas das vezes uso o RamISP, um serviço que corre a plataforma eyeOS, para guardar pequenos posts e links importantes que posso voltar a rever mais tarde sem a necessidade de guardar numa pen ou enviar para o e-mail. Basta-me apenas aceder ao meu sistema operativo on-line.

Esta é a minha rotina diária, parece um pouco complicado e trabalhoso, mas o resultado final vale sempre a pena. E quase que me esquecia, durante estes passos todos, nada melhor do que uma música para fazer as ideias vir ao de cima.

Fiquem bem e bons posts.

Reproduzir música ao conectar Pen USB

Windows Media Player 11Sabia que é possível fazer com que seja reproduzida uma música quando insere a sua Pen USB no seu computador?

É sim possível e passa por um processo bastante fácil. Antes de mais deve ter uma música na root ( raiz ) da sua Pen.

Após isso basta criar um ficheiro chamado Autorun.inf para correr automaticamente sempre que a Pen é detectada pelo sistema operativo, com o seguinte conteúdo:


[AUTORUN]

label=Pen WebTuga Tutorial

ShellExecute=nomedamusica.mp3

Onde label é a variável que armazena o nome do dispositivo amovível e ShellExecute será o ficheiro que irá ser automaticamente executado.

Agora sempre que conectar a Pen a um computador, irá ser reproduzida a música que escolheu.

CCleaner v2.07 Download

CCleaner

Acabo de ler no blog da Piriform acerca da nova versão do CCleaner.

Para quem não sabe, o CCleaner é uma ferramenta que permite fazer a limpeza ao sistema operativo Windows, apagando cookies, ficheiros de logs, registos do sistema, ficheiros em cache, histórico dos browsers, etc.

Nesta versão a principal novidade é o suporte com o Firefox 3.0 que permitirá a limpeza de cookies e do histórico da nova versão do browser da Mozilla.

Site: CCleaner