Ubuntu com 8 milhões de utilizadores? Hum…

Tentar acertar no número de utilizadores de uma aplicação livre – a não ser que ela nunca tenha sido distribuida, tendo, por isso, apenas o seu criador como utilizador –  é como jogar no Euro Milhões: esperamos acertar, mas as probabilidades disso acontecer são muito pequenas. Isso não impede a Canonical de tentar adivinhar o número de utilizadores da sua distribuição do sistema GNU/Linux, tal como as extremamente baixas probabilidades de ganhar o Euro Milhões não nos impedem de continuar a apostar.

Em declarações ao site InternetNews.com, Chris Kenyon, da Canonical, afirmou que o Ubuntu é usado por mais de 8 milhões de pessoas. Chris afirma que a fórmula para chegar a estes números está longe de ser perfeita, mas que não vê nada que deixe dúvidas acerca dos números.

Tenho que concordar com a desconfiança na fórmula, e estendo-a aos números avançados. Não é nada contra o Ubuntu ou a Canonical, mas apontar um número de utilizadores é um tiro no escuro. Contabilizar o número de utilizadores do Ubuntu é bastante difícil, porque um único CD pode dar para dezenas de instalações – se for bem estimado, para centenas.

Terá o Ubuntu 8 milhões de utilizadores? Não serão antes 3 ou 4 milhões, ou 14 ou 15 milhões? Como disse Goethe: «Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida.»

11 thoughts on “Ubuntu com 8 milhões de utilizadores? Hum…

  1. Acho este post honestamente tendencioso (anti-Ubuntu), porque se ele disse mais de 8 milhões, poderão até ser 100 milhões (8 < 9 < 10 < … < 100 < …), menos duvido, basta ver a quantidade de fóruns, blogs, posts, tutoriais, os utilizadores activos, os google groups, etc. que existem à volta do Ubuntu, fora aqueles que usam distribuições modificadas (gOS, Ubuntu Ultimate, etc.).

    Abraço (e não percebo porque não criticam quando a Microsoft diz que têm x utilizadores, pois existem imensas cópias pirateadas, incontabilizadas).

  2. @Bruno Bernardino
    O post é tendencioso por afirmar aquilo que é óbvio e que ninguém quer ver: avançar com um número de utilizadores de determinada aplicação ou sistema livre é o mesmo que atirar um número qualquer ao ar!?
    Esse tipo de fanboyismo cego faz mal à saúde.

  3. @Bruno Miguel

    Não concordo,

    É perfeitamente possível saber um “mínimo” de utilizadores pelos downloads, updates, etc.

    Quanto a um número certo, é verdade que considero bastante complicado determinar, mas isso é em qualquer aplicação, livre ou não livre.

    Continuo a afirmar a minha posição de que este é um post “ofensivo” à comunidade Ubuntu e à Canonical, sendo que um número mínimo é perfeitamente possível de calcular aproximadamente, com uma margem de erro por defeito relativamente pequena.

    Abraço

  4. a afirmação dos 8 milhões não é do autor deste post, mas de Chris Kenyon, da Canonical.

    se há alguém tendencioso será ele e não quem o cita…

  5. @Bruno Bernardino
    E quem te garante a ti que todos os utilizadores instalam as actualizações? Mais, quem te garante que eles não utilizam um mirror para as descarregar ou usam o apt-proxy para as descarregar para uma máquina e as restantes irem buscar a essa?
    De que forma é que o post é ofensivo? Explica lá isso, porque custa-me a perceber.

    @João Matos
    Eu acho que ele só leu o título… Deve ser por isso que continua a afirmar que o post é ofensivo.

  6. A microsoft deve contar os computadores com windows, com o numero de keys que vende, é facil… não tem nada haver com o sistema do Linux, claro que o que é pirata e no mundo do windows é um grande maioria, é impossivel de contabilizar.

    O Linux tem ganho share à Microsoft e à Apple pela qualidade e usabilidade das ultimas Distros, (Fedora, Ubuntu, openSuSE…), até os novos netbooks tem ajudado a expalhar o linux…

    sinceramente, se ha 9 milhoes ou 90 milhoes… who cares?

    eles que continuem a melhorar o sistema operativo o resto são apenas numeros

    Ultimo post no blog do Roberto Gomes: Hyper Brushes

  7. @Roberto Gomes

    Ultima frase… Tudo dito!

    Vou ser sincero não sou grande fã de Linux, ou foi de utilizar sempre Windows, ou não sei. Mas acho que é uma grande alternativa, muito grande mesmo!
    Quando tiver tento e coragem acima de tudo vou instalar no meu portátil para ver se “ficamos amigos”…

    Ultimo post no blog do Nuno: GAIA 2008

  8. Mas vocês estão-se a fazer que não percebem ou não percebem mesmo?

    Eu critico o facto de criticarem o homem avançar com um número, não o número.

    Eu, disponibilizando uma aplicação open-source. posso perfeitamente afirmar que existem NO MÍNIMO x utilizadores, dado à actividade que se nota na comunidade.

    Bem, já vi que conversar não é o vosso forte… continuem no vosso (pequenino) mundo.

  9. olhem eu uso ubuntu e é 5 estrelas usa tudo mais leve e seguro o office mais leve (openoffice.org) nao precisa de antivirus o que e um espetaculousa o firefox o navegador mais seguro da web e e muito bom pra escritorio qualquer um pode usar ubuntu uso e recomendo

  10. Penso que a canonical pode dar essa estimativa pelos download e pedidos de CD.s que diariamente disponibilizam…
    Efectivamente que serão sempre estimativas, mas… as estatisticas existem e é com elas que temos de conviver, por muito erradas que estejam.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>