Como criar um blog – parte 2

E aqui estamos nós para a segunda parte do artigo “Como criar um blog”. Desta vez o objectivo será criar a imagem do site, ou seja, colocar o site com um aspecto que o agrade a si e ao publico alvo.

Algumas das sugestões aqui dadas são apenas a minha opinião pessoal, poderão até haver melhores alternativas.

Como criar um logótipo

Uma das melhor formas de criar uma imagem única é ter um logótipo original, simples e que fique memorizado na cabeça dos seus leitores.

Exemplos disso são os logótipos de marcas como a Apple ou a Nike, simples e de fácil memorização.

Se não tem jeito para o design, procure algum designer com provas dadas de que tem jeito para a coisa. Esta opção pode não ser muito acessível para quem quiser iniciar um blog, mas se acreditamos em algo, devemos investir nele não?

A escolha do logótipo tem que ser algo feito com pés e cabeça. O logótipo deverá ter a ver com o tema do seu blog, não fazia sentido colocar uma bola de futebol num logótipo sobre um site de gadgets, bem como um telemóvel num logótipo de um site sobre desporto.

Principalmente escolha um logótipo que o permite criar várias tonalidades de cor.

Para além do logótipo, poderá em alternativa criar uma mascote, no entanto no caso da mascote terá que ter em causa que esta deverá mostrar várias posições.

Escolher o theme do blog

Após ter o logótipo do blog, deverá ter em conta na tonalidade de cores do blog.

Se for um site sobre Rock, não fará sentido colocar uma tonalidade de cores claras, muito pelo contrário, as cores deverão ser escuras. Se por outro lado, for um site sobre casamentos, não fará sentido colocar cores escuras.

Neste caso, como estamos a usar o WordPress, aconselho-o a dar uma vista de olhos pelo directório de themes oficial. Aí poderá encontrar vários themes compatíveis com o seu gosto e filtrar os resultados, escolhendo se deseja themes widget-ready, escuros, claros, com o código válido, uma, duas ou mais colunas, etc.

Em qualquer dos casos poderá fazer pequenas alterações no seu theme de forma a acertar pequenos detalhes.

Acima de tudo o que se deseja é que você se sinta bem com o design do seu próprio site e que a maioria dos seus leitores gostem do mesmo.

Caso deseje desenvolver o seu próprio theme, deverá ter alguns conhecimentos prévios em HTML e CSS e ler a excelente documentação do WordPress no Codex @ WordPress.

Deverá tentar perceber a hierarquia de um theme WordPress e em caso de dúvida, verificar o código de outros themes.

Facilmente poderá adicionar várias sidebars dinâmicas que podem ser geradas através do backend do WordPress.

Na minha opinião, o WordPress é um dos CMS mais fáceis de criar themes, por isso alguém com alguns conhecimentos, não terá dificuldade em criar um theme ao seu gosto.

A próxima parte do tutorial vai ser a escolha dos plugins para o WordPress, por isso não deixem de ler o WebTuga diariamente, pois não tem data definida para escrever esse artigo.

Veja a primeira parte do tutorial: Como criar um blog – parte 1

Author: cenourinha

Fundador do WebTuga, encarrega-se pela gestão de todos os sites da rede, e é blogger no WebTuga, no Boorlix e no MobileTuga.

5 thoughts on “Como criar um blog – parte 2”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.