Gsolidário – Pesquise e ajude instituições de solidariedade social

Hoje fiquei a conhecer o Gsolidário através da joaninhaspereira, uma utilizadora recente do nosso fórum, que decidiu aproveitar a boleia para divulgar este projecto.

O Gsolidário é um projecto que tem como objectivo angariar dinheiro para Instituições de Solidariedade Social através do dinheiro ganho pelas pesquisas no motor de busca.

Este projecto irá para já a dar apoio à Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral de Leiria, à Ajuda de Mãe e à ASAS (Associação De Solidariedade e Acção Social de Santo Tirso).

Para ajudar basta adicionar o motor de busca ao seu broswer como opção defeito ou então apenas dirigir-se ao site do projecto para fazer as suas pesquisas diárias.

Tenho a dizer que esta é uma excelente ideia, visto que os resultados serão praticamente os mesmos que o Google lhe daria, mas estará a ajudar estas associações sem a necessidade de fazer algum sacrificio.

Parabéns ao projecto e que consigam cumprir os seus objectivos.

Author: cenourinha

Fundador do WebTuga, encarrega-se pela gestão de todos os sites da rede, e é blogger no WebTuga, no Boorlix e no MobileTuga.

7 thoughts on “Gsolidário – Pesquise e ajude instituições de solidariedade social”

  1. Eu alinho com o Eduardo no seu cepticismo: acho que deve ser claro qual a % das receitas que vai para instituições de caridade e se os promotores se permitem no futuro alterar essa percentagem e os termos (na sua ausência significa que sim, que podem).

    Não estou a implicar que se trate de mais uma fraude, antes que a informação omissa me deixa de pé atrás e deve ser clarificada o mais rapidamente possível.
    É bastante comum este tipo de jogadas “bait and switch” em que ao fim de alguns meses, já com alguns utilizadores o site passa a canalizar apenas uma pequena parte da sua receita para fins filantrópicos.

    Há ainda outro erro que, particularmente a mim, me irrita: os resultados das buscas neste motor de busca não são iguais às do Google. Nunca o são; nem há a possibilidade de optar entre páginas de Portugal/ a web/ e páginas de língua portuguesa.

    Ultimo post no blog do António: “Ninguém clica ns anúncios dos resultados de pesquisa…”

  2. Caro Webtuga,

    agradecemos o vosso apoio na divulgação deste projecto. Avançámos com o projecto com a convicção de ser um projecto extremamente interessante e útil. No entanto, sabemos que a sua aceitação não é fácil, como está patente no comentário de Eduardo Maio. Só com a colaboração de todos o projecto Gsolidário pode ir para a frente. Ficamos extremamente gratos pelo vosso apoio.

    Caro Eduardo Maio,

    Já não é a primeira vez que recebemos um comentário idêntico a esse, isto é, relacionado com o smsaborla. Conhecemos o smsaborla no início de Junho e eles prontificaram-se a oferecer espaço no seu servidor por um preço muito acessível pela iniciativa deste projecto. A eles também um muito obrigado.

    Aproveite e adicione o seu email em http://www.gsolidario.org/gsolidario.php e receberá uma newsletter assim que uma instituição for ajudada.

    Atentamente,
    O Gsolidário

  3. A táctica de auto-promoção (em forums e blogs) do gsolidário e smsaborla são tão semelhantes, que só quem tem telas nos olhos não vê que são a mesma pessoa.

    Exemplos do gsolidario:
    pcdiga , webtuga, techzone, ipjornal.

    Exemplos do smsaborla:
    ptgamers, tuning, etc.

    Regista-se num forum e no mesmo dia faz um post a promover o seu site, mas depois nunca mais volta a participar no foum… Foi assim que aconteceu nos exemplos que mostrei, quer do gsolidario.org quer do smsaborla.com.

    Há mais semelhanças entre os dois sites, basta procurar…

  4. pois é … tanto cepticismo e ninguem vos pediu um tusto . por acaso trabalho numa destas instituições e tenho a agradecer a colaboração que deram . quem deu claro , ou seja quem navegou atraves do g solidario . as nossas 40 crianças tiveram um natal mais feliz . muito obrigada . bem hajam mais iniciativas .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.