Mozilla divulga planos para o Firefox 4

A Mozilla revelou os seus planos para a próxima versão do browser Firefox e a grande mensagem que passou foi o facto de quererem fazê-lo “super rápido“.

Uma das grandes alterações levadas a cabo no Firefox 4 foi o restyling da interface, que agora está mais limpa e directa com um um estilo “à la Google Chrome“. A justificação para este novo visual, segundo Mike Beltzner (director do projecto Firefox) é que um browser com um visual mais limpo transmite melhor a sensação de velocidade ao navegar (veja-se o exemplo do Google Chrome).
Outro ponto positivo é o facto de o Firefox 4 tirar muito mais partido da interface Aero e OS X, respectivamente:

Algumas características e controlos considerados dispensáveis pela equipa do Firefox serão removidos nesta nova versão, para darem lugar a um melhor desempenho do browser. Beltzner está ciente de que estas remoções poderão gerar descontentamento entre a comunidade de utilizadores, mas avança que estas alterações são pelo melhor.

Uma característica do Firefox 4 que deverá agradar à grande maioria dos utilizadores será a capacidade de se actualizar internamente (igual ao Google Chrome), de maneira a evitar o modo irritante como actualmente somos avisados de que existe um update por fazer.

A Mozilla não se esqueceu dos developers, e assim sendo, o Firefox 4 irá tirar partido da API Jetpack, que permitirá aos developers desenvolverem add-ons em HTML, CSS e Javascript. E segundo a Mozilla, os add-ons construídos sob esta API não irão bloquear o browser por completo, como acontece várias vezes com as versão actuais. Uma óptima notícia, portanto.

A Mozilla aponta Novembro como data de lançamento do Firefox 4.

Author: João Joaquim

Web designer/developer. Siga-me no twitter: @joaojoaquim

5 thoughts on “Mozilla divulga planos para o Firefox 4”

  1. Vamos ver se é desta que conseguem ultrapassar o Opera em velocidade, naa.. esqueçam, não me parece de todo!

    O mais engraçado é que eles bem tentam tirar características já implementadas ao browser para o tornar mais leve mas ficam sempre para trás e nunca aprendem a lição.. viva os plugins 🙂

    Cumps,

  2. Bem.. deixaram de copiar o Opera passaram a copiar o Chrome.. talvez seja uma abordagem melhor! xD

    Seja como for nenhum browser passou o Opera em velocidade nos últimos 5 anos ou mais.. tb não me parece que seja desta! Aliás a ideia seguinta pode parecer uma muito estranha para a maioria dos utilizadores, mas o google só tinha a ganhar se se junta-se ao Opera.

    Cumps,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.