CircleDock: gerencie de maneira diferente seu computador

Neste tutorial vamos explicar detalhadamente como conseguir configurar a CircleDock de maneira facil e descomplicada.

Para utilizar o programa é necessario fazer o download no site do fabricante e extrair o seu conteudo numa pasta a parte.

Depois de fazer o download que vou deixar no final utilize o arquivo CircleDock.exe.

Você vai notar que ele se iniciou de forma vazia e é necessário configura-lo para sua utilização.

Export-4.jpg picture by deskmodpt

A primeira tarefa é traduzir o programa para a nossa lingua, para isso clice com o botão direito do mouse sobre o circleDock e escolha a opção settings, em seguida clice em languages e escolha o seu idioma.

Para aplicar as modificações,  feche a pagina de configuração.

Para que a linguagem seja efetivamente modificada recomendamos fechar e iniciar o programa novamente.

Em seguida abra a CircleDlock e clike com o botão direito em adicionar > pasta do dock

Export-5.jpg picture by deskmodpt

vera que com um simples clike você, entra na pasta recém criada.

Export2.jpg picture by deskmodpt

Para retomar ao inicio basta clicar no centro do aplicativo.

Agora vamos inserir atalhos dentro da pasta recém criada, que é para isso que ela serve.

Para inserir atalhos basta arrastar os atalhos da pasta recém criada para a CircleDock como aqui no exemplo.

Export-6.jpg picture by deskmodpt

Tambem pode mudar o visual completamente da CircleDock, para isso clice com o botão direito do mouse em cima da CircleDock > Va em configurações  e vai aparecer a janela de configuração.

Aqui encontrara a opção fundo e botão do centro onde tem diversas opções para modificar a CircleDock ao seu gosto.

Export2-2.jpg picture by deskmodpt

Aqui fica um exemplo de uma com o fundo e o botão do centro mudada.

Export2-3.jpg picture by deskmodpt

Download

Rede webtuga




Alojamento Web

Wirewize – Ajuda com a cablagem…

WirewizeHoje em dia a tecnologia está em todo o lado nos nossos lares. Temos as televisões, sistemas Home-cinema, leitores de DVD, computadores, etc.

Ao observar estes aparelhos, somos confrontados por um monte de cabos que a maioria das pessoas não sabem para que serve ou como configurar.

O Wirewize ajuda-nos a perceber qual a funcionalidade de cada cabo e como fazer a melhor combinação de ligações com os nossos gadgets em casa.

Para tal basta seleccionar os aparelhos que temos e este gerará uma configuração para os conectar a todos.

Alojamento Web

WordPress 2.5 Lançado

Ora, uma "horita" depois de eu publicar um tutorial para instalar WordPress, deparo-me com o novo site do WordPress.org que anuncia o WordPress 2.5 final com uma cara nova.

Algumas das novidades desta versão são a mudança da aparência da área de administração e a possibilidade de configurar a dashboard ao seu gosto.

Agora o pior é a preguiça para actualizar todos os sites da rede.

Homepage: WordPress.org

Alojamento Web

Como instalar o Mozilla Prism no Ubuntu

Prism é um projecto da Mozilla para aproximar as aplicações web do desktop. Para isso, é utilizada uma versão mais simples do Firefox, em que é possível apenas ver o site para que a aplicação foi configurada.

Em Windows, é muito simples instalar o Prism – basta descarregar a aplicação, fazer seguinte/seguinte/seguinte e depois configurar os endereços que bem se entender. No Ubuntu 8.04, ainda em beta, a coisa passa por um simples apt-get install, seguido de prism-nome-do-site.

Os sites pré-configurados para o Prism, disponíveis na futura versão Long Term Support do Ubuntu, são o Facebook, Google Analytics, Google Calendar, Google Docs, Google Mail, Google Reader, Google Talk e Twitter.

Os nomes que devem ser inseridos a seguir ao apt-get install são: prism-facebook, prism-google-analytics, prism-google-calendar, prism-google-docs, prism-google-groups, prism-google-mail, prism-google-reader, prism-google-talk e prism-twitter. Como é óbvio, não têm que os instalar todos.

via Tombuntu.com

Alojamento Web

YeahReader: o melhor amigo do blogger

Qual a prática habitual de quem tem um blog? Ler outros blogs e publicar posts no seu blog. Para isso, qualquer blogger costuma utilizar uma aplicação ou serviço para ler as suas subscrições, e uma aplicação ou serviço para publicar os posts.

YeahReader é um programa para Windows que combina as subscrições e a publicação de posts num só local. O utilizador pode ler as feeds em RSS, RDF e Atom, é notificado da chegada de novos itens e pode configurar a frequência de actualização.

Enquanto lê as feeds, o utilizador pode publicar posts no seu blog. Os tipos de blog suportados são o LiveJournal, WordPress.com, Blogger.com, WordPress alojado pelo utilizador ou qualquer sistema de blog que suporte a MetaWeblog API.

A junção desta duas funcionalidades, leitor de feeds e cliente de blogging, fazem do YeahReader o melhor amigo de qualquer blogger hardcore – e mesmo dos copinhos de leite.

YeahReader, via appscout.com

Alojamento Web

Supender e hibernar: como fazer estas funções funcionar no Ubuntu

Um dos problemas do Ubuntu e de boa parte das distribuições de GNU/Linux é a sua dificuldade em lidar com as funções de suspensão e hibernação, seja em desktops ou portáteis.

Enquanto não existe solução definitiva para o Ubuntu, o pacote uswsusp oferece duas aplicações que são um pequeno workaround que pode ser utilizado nos portáteis. Para instalar estas duas aplicações, basta um simples sudo apt-get install uswsusp.

Depois de instalado o uswsusp, há que configurar o Ubuntu para utilizar os novos utilitários para gestão da suspensão e hibernação. O site Ubuntugeek.com explica como o fazer.

Alojamento Web

Como instalar o KDE 4 no Fedora 8

No Fedora 8, o KDE 3.5.x ainda é a versão do K Desktop Environment utilizada. A versão 4 será apenas incluída no Fedora 9.

Se não querem aguardar até ao lançamento da próxima versão do Fedora, o blog lokuhetty.blogspot.com tem um tutorial que explica como compilar e configurar o KDE 4.0.2 no Fedora 8.

Este tutorial é feito com recurso exclusivo à linha de comandos. Mas está bem explicado, por isso não deverão ter grandes dificuldades.

Alojamento Web

Instalar e configurar o OpenBox no GNU/Linux

openbox desktop screenshot
Este é o meu absolutamente sexy desktop OpenBox.

O blog Linuxinside.blogspot.com explica, de uma forma simples, como instalar e configurar o gestor de janelas OpenBox no GNU/Linux.

Este tutorial cobre a instalação do OpenBox e dos seus temas, configuração de algumas teclas de atalho e instalação de alguns utilitários que complementam este leve gestor de janelas.

O OpenBox é um gestor de janelas leve, muito configurável, que se integra bem com o Gnome e KDE, e que respeita os standards do freedesktop.org.

Actualização: instruções em português, curiosamente de um dos autores do linuxinside.

Alojamento Web

As novidades do KDE 4.0

Após alguns atrasos, a versão 4.0 do gestor de desktop KDE, utilizado em várias distribuições de GNU/Linux e *BSD, chegou finalmente. Nova cara, maior performance e muito eye-candy são algumas das muitas novidades.

Nesta nova versão estável do KDE, houve uma reconstrução do núcleo do KDE, com recurso às novas bibliotecas QT, versão 4, da Trolltech. O uso destas novas bibliotecas traduz-se num aumento de performance, ao mesmo tempo que se adiciona suporte para composite, e numa superior framework multimédia.

Após muitos anos a servir fielmente a gestão de ficheiros e navegações web do KDE, o Konqueror foi relegado apenas para web browser, passando o papel da gestão de ficheiros ao Dolphin, que tem um interface mais intuitivo e simples. Mas, caso prefiram utilizar o Konqueror para gestor de ficheiros, podem configurar o KDE para isso.

Esta nova cara do KDE 4.0 é, sem dúvida, muito superior à anterior. Tanto os ícones como o tema são fruto do trabalho do projecto Oxygen, do qual faz parte o "nosso" Nuno Pinheiro – que, verdade seja dita, tem feito um trabalho, no mínimo, excelente. Pena é aquele menu de acesso às aplicações, que não me agrada muito – prefiro algo na onda do menu do GNOME.

Muitas aplicações do KDE sofreram alterações ao nível do interface e das suas funcionalidades. Exemplos disso são o visualizador de imagens Gwenview e o visualizador de documentos Okular. O Amarok é que, para infelicidade dos utilizadores do KDE, só vai ter nova versão daqui a algum tempo.

Ao contrário do que as vozes da desgraça dizem, eu não acredito que o KDE vá rivalizar com o GNOME, ou vice-versa. Esta nova versão do KDE é apenas mais uma excelente escolha, no meio de tantas, para os desktops livres. É certo que eles competem entre si, mas isso só é bom para os utilizadores, pois essa competição resulta num maior e melhor desenvolvimento.

Alojamento Web

Ubuntu Tweak: uma espécie de painel de controlo para o Ubuntu

Os recém chegados ao GNU/Linux costumam optar pelo Ubuntu, uma vez que esta é a distribuição da moda. Quando a instalam, não sabem como a configurar.
Aceder ao menu do GNOME pode ser uma carga de trabalhos (sim, estou a ser irónico). Para evitar que os utilizadores se cansem a usar a cabeça – e a pesquisar num bom motor de busca para as opções mais avançadas -, existe uma aplicação que junta muitas dessas ferramentas e opções num só interface: o Ubuntu Tweak.
Esta ferramenta permite a configuração de várias opções do interface (metacity, nautilus, compiz fusion, etc), do sistema, do hardware e mais.

Actualmente na versão 0.2.4, o Ubuntu Tweak pode ser descarregado no site oficial da aplicação.

Fonte: Linux.com