WebTuga procura bloggers

WebTuga Bloggers

O WebTuga precisa de si!

O WebTuga está à procura de colaboradores que estejam interessados em ajudar a manter o projecto com conteúdo actualizado, único e de qualidade.

Não procuramos apenas pessoas que tenham vastos conhecimentos de informática e pessoas que sejam primos do sobrinho mais novo do Bill Gates, mas sim pessoas que gostem de partilhar conhecimento e ao mesmo tempo divertirem-se.

Queremos tornar o WebTuga num local onde se discutam outros assuntos para além de informática e tecnologia e achamos que os nossos leitores são as pessoas ideais para avançar com esta iniciativa.

Não percebo nada de Informática, posso escrever no WebTuga?

Nós adoramos ler e discutir assuntos aleatórios, por isso esperamos por candidatos que escrevam sobre tecnologia, Windows, Linux, MacOSx, mas também sobre assuntos como música, desporto, cultura, etc.

Nunca fui “blogger”, posso-me candidatar?

Mesmo que nunca tenha escrito num blog, o WebTuga irá fornecer toda a informação necessária para que se adapte facilmente à nossa plataforma de blogging (WordPress).

O que ganho com isso?

Como forma de recompensa, todos os bloggers/escritores irão poder colocar a sua própria publicidade (Adsense, NetAffiliation, outros) no final de cada post, ficando com 100% do lucro gerado nessa localização.

Para além disso, caso deseje, o blogger terá acesso a promoções no WebTuga Hosting, podendo assim para além de ter o seu espaço no WebTuga para escrever, ter o seu próprio blog pessoal.

Quais são os requisitos mínimos?

Não vamos exigir nenhuma licenciatura em Línguas nem nenhum curso para que possa escrever no WebTuga, no entanto existem alguns pontos essenciais para que se possa candidatar a blogger no nosso blog WebTuga:

  1. Ser divertido e ter vontade de aprender;
  2. Saber e respeitar a língua Portuguesa;
  3. Escrever pelo menos uma vez por mês;
  4. Respeitar os direitos de autor sempre que reproduza o trabalho de terceiros;
  5. Tentar criar conteúdo original;
  6. Alguma disponibilidade;

Ok, estou pronto para blogar. Onde me candidato?

Para se candidatar basta que nos contacte através do formulário de contacto ou pelo formulário no final deste post, seleccionando a opção “Candidatura a Blogger” no campo “Assunto” e descrevendo a razão pela qual acha que a sua colaboração iria melhorar o WebTuga.

Caso tenha, poderá também enviar-nos o endereço do seu Curriculum Vitae (opcional).

Em meu nome e em nome de toda a equipa WebTuga, agradeço aqueles que ao longo dos anos de vida deste projecto sempre nos apoiaram. Sem a colaboração dessas pessoas era impossível manter um projecto como o WebTuga, por isso a todas as pessoas que se encontram nessa “lista” envio os meus profundos agradecimentos.

Alojamento Web

teliad – Ganhe dinheiro com o seu blog ao estilo Text Link Ads

TeliadFiquei hoje a conhecer o teliad, um sistema de publicidade do género do Text Link Ads que lhe permite ganhar dinheiro através da venda de links no seu blog.

Poderá ganhar de várias formas com o seu blog, seja através de vendas de links no blogroll, venda de palavras “linkadas” ou através de conteúdo com links, por exemplo um post no seu blog ou uma pequena review.

Para além disso existe também um sistema de afiliados, onde poderá ganhar até 20€ por cada afiliado que fizer movimentos até 10€ nos primeiros dois meses, por exemplo comprar ou vender links num valor superior a 10€.

Para além disso, o teliad oferece-lhe um crédito de 15€ para comprar publicidade em qualquer dos sites registados no sistema, incluindo o WebTuga! 😛

Se o Text-Link-Ads já era uma boa oferta, esperemos que o Teliad continue a ter grande sucesso e nos traga a nós algum rendimento para ajudar nas despesas.

visto no Fique Rico

Alojamento Web

Scour – Ganhe dinheiro a pesquisar

Scour - ganhe dinheiro a pesquisarTodos os dias vi-mo-nos necessitados em usar os motores de busca para realizar pesquisas e encontrar a informação necessária para o nosso trabalho.

Durante um ano, são incontáveis o número de pesquisas que fazemos. Seja para encontrar fotos de alguém conhecido, seja para encontrar vídeos ou então para encontrar o significado de uma palavra que alguém falou e que nós não conhecemos. Pesquisar, faz parte da vida de um utilizador da Internet. Aliás, o humano é um ser curioso, quer saber tudo ( pelo menos alguns… ).

Agora, com o Scour, é possível ganhar uns trocos com as suas pesquisas, para tal basta registar-se e pesquisar normalmente pelo Scour, que nos permite pesquisar vídeos, imagens e conteúdo em vários motores de busca.

Podemos avaliar as pesquisas, comentar e ainda conhecer pessoas que pesquisaram o mesmo conteúdo que nós.

Ao fazer isto, estamos a ganhar pontos, que mais tarde poderão ser trocados por dinheiro.

Poderá a partir de hoje começar a juntar uns trocos fazendo o que habitualmente faz, bastando registar-se no Scour ( link com referer ).

Alojamento Web

CDs gratuitos de Sistemas Operativos OpenSource

CDs Gratuitos

Apesar de muitas pessoas ainda não terem conhecimento, existem vários sistemas operativos gratuitos e open-source que poderão usar sem ter que gastar dinheiro para usufruir dos serviços do mesmo.

No entanto, hoje em dia não é apenas o código destes sistemas operativos que é gratuito, mas inclusive são distribuídos CDs gratuitos com o sistema operativo.

As empresas responsáveis pelos sistemas operativos, vêem assim uma maneira de promover o software livre e de convencer as pessoas a testarem uma alternativa.

Para aqueles que estejam interessados a testar uma alternativa ao sistema operativo que usam, o WebTuga deixa aqui alguns sistemas operativos que pode receber gratuitamente em casa, preenchendo apenas um simples formulário.

Ubuntu ( Canonical )
edubuntu ( Canonical )
kubuntu ( Canonical )
OpenSolaris ( Sun )
Unbreakable Linux ( Oracle )

Preencha os formulários, espere umas semanas e terá em sua casa os CDs com os respectivos Sistemas Operativos.

Alojamento Web

The Hague Declaration – defende os teus direitos no “mundo virtual”

Todos vocês partem do principio que, ao viverem numa país democrático, não vão ser discriminados por esse Estado devido às vossas crenças, opiniões ou religião – ou falta dela. Vocês, e eu também, crescemos a acreditar nisto e a respeitar estes valores, estes direitos essenciais.

Quando se está no “mundo virtual”, esses direitos primários mantêm-se. Por isso são necessários formatos padrão livres, para que a informação possa ser acedida por todos, independentemente do software que utiliza, e transportada sem qualquer problema.

Se os formatos não forem abertos e livres, então estamos sujeitos ao controlo de uma entidade que pode muito bem ser um governo autoritário ou uma empresa sem escrúpulos que apenas vê dinheiro à frente e não se preocupa com as pessoas. Vejam o caso da Microsoft, que quase dá as licenças do Windows XP aos fabricantes de computadores económicos, desde que eles limitem ao máximo o hardware destes computadores: só aqui se vê que eles estão apenas preocupados com as vendas do Vista e com a ameaça do GNU/Linux, e não com o facto das pessoas mais desfavorecidas poderem ter acesso a um computador com especificações decentes e software que respeita a liberdade delas.

Por estes e outros motivos, é urgente a utilização de formatos realmente abertos e livres como o ODF – e não como o OOXML. Se não exigirmos a utilização destes formatos, perdemos o livre acesso à informação e permitimos que ela seja filtrada, censurada, ocultada. Assina a Declaração de Hague e defende os teus direitos no "mundo virtual".

via Paula Simões

Alojamento Web

[Rede WebTuga] Top Semanal 05/05/08 – 11/05/08

Pois é, na sucessão do meu post acerca do Skribit, foram várias as pessoas que votaram na minha sugestão de criar semanalmente um post dos top 5 artigos da semana na rede WebTuga.

Decidi então fazer uma recolha dos melhores artigos da semana na rede WebTuga, no entanto não vou limitar os artigos a um número, mas sim colocar aqueles que foram mais relevantes.

Até para a semana… 😛

Alojamento Web

Lista de alternativas ao Paypal

Hoje enquanto falava com um colega meu, ele falou-me acerca de ter ganho uns trocos no Bux.to.

Sinceramente este tipo de sites como o Bux.to, os chamados PTC ( Paid To Click ), nunca foram por mim apreciados, no entanto enquanto falava com o meu colega, lembrei-me que em tempos tinha criado uma conta lá.

O que é verdade é que quando entrei no site, reparei que tinha um balanço de 36$ na conta. Fiquei parvo, pois nunca tinha levado aquilo a sério, mas o que é verdade é que os 36$ estavam lá. Só depois é que reparei que tinha 4 referals, o que justificou esse dinheiro.

O meu próximo passo foi descarregar o dinheiro dali, antes que aquilo me tire o dinheiro ou algo do género.

Foi então que reparei que só pagavam via AlertPay ( pelos vistos o Paypal não é muito amigo deste tipo de sites ) ou então tinha a possibilidade de trocar por publicidade.

Como eu acho que a publicidade neste tipo de sites não traz nenhuma vantagem ao site, pelo contrário, dá-lhe um ar de "Spam thing", decidi criar uma conta no AlertPay e fazer payout.

Neste artigo vou deixar o Bux.to por aqui e vou continuar a falar acerca dos métodos de pagamento on-line como o Paypal, o AlertPay e o Moneybookers.

Paypal

Talvez de todos eles, o mais conhecido e mais usado. A rápida propagação do Paypal como meio de pagamento online foi de tal modo crescente que o eBay decidiu comprou o serviço de forma a integrar no seu sistema que já era utilizado por milhões de pessoas.

O Paypal funciona igualmente como as transferências tradicionais, no entanto em vez de um NIB, é usado o seu e-mail como id de conta.

Existem dois tipo de contas no Paypal, a Personal e a Business. Ambas são gratuitas, no entanto a Business não tem tantos limites como a Pessoal e são cobradas taxas maiores.

Poderá usar a sua conta para fazer pagamentos, receber dinheiro, fazer pedido de dinheiro a outros utilizadores do serviço e ainda pedir a transferência do dinheiro para a sua conta bancária.

O Paypal é usado em grandes sites como o eBay, CompUSA e muitas outras lojas de venda on-line.

MooneyBookers

Moneybookers

Trata-se de mais uma plataforma de pagamentos on-line que permite receber dinheiro sem pagar taxas e fazer pagamentos com taxas de 1% até 0.50 cêntimos.

Poderá associar o seu cartão visa para fazer os seus pagamentos e ainda poderá pedir que o seu dinheiro seja transferido para a sua conta bancária ou enviado por cheque com taxas bastante baixas.

Para quem tem lojas online, o MoneyBookers permite a integração da sua API sem ter que pagar mais por isso.

Para além disso, o Moneybookers permite ganhar até 100$ por cada referência sua.

O uBid e o Auctions Cnet são dois exemplos de sites que usam o MoneyBookers.

AlertPay



Como já foi dito acima, o Bux.to usa este serviço para efectuar os seus pagamentos online, isto até porque o AlertPay informa estar aberto para todos os negócios, logo os PTC não são excepção à regra como acontece no Paypal.

Existem três tipos de contas no AlertPay, a Personal Starter, a Personal Pro e a Business.

A Personal Starter, é ideal para quem pretende receber uns trocos dos colegas ou da família, permitindo receber até 400$ por mês e um total de 2000$ anuais. Todas as transacções são gratuitas, existe a possibilidade de ter até 2 e-mails associados à conta e pode usar o cartão de crédito para efectuar pagamentos.

Por sua vez a Personal Pro é a melhor opção para quem tem pequenos negócios na Internet como lojas online. Com taxas de recebimento de 0.25% + 0.25$ por transacção, este tipo de conta permite o uso de ferramentas de venda como subscrições e pagamentos recorrentes e ainda o envio de pagamentos em massa.

A Business permite o mesmo que a Personal Pro e ainda ter várias sub-contas para os seus vários negócios, a implementação da API com a sua aplicação, alertas instantâneos e ainda ter um número ilimitado de e-mails associado à sua conta.

Google Checkout

Esta é a actual proposta do Google como alternativa ao Paypal, no entanto ainda só está disponível nos Estados Unidos da América e no Reino Unido e exige ter um cartão de crédito associado.

Algumas lojas que têm feito sucesso com este método de pagamento são a eBuyer, a Arial e a Vodafone.

2Checkout



O 2Checkout tem um taxa única de registo de 49$ e fica com 5.5% de cada comissão mais 0.45$. Penso que não seria a melhor opção das listadas acima.

Tem a vantagem de poder ser integrado numa loja online e de possibilitar usar uma plataforma de vendas online da 2Checkout.

Para além destas plataformas de pagamento presentes no artigo, existe ainda a TrialPay, a Netteler, o e-Junkie e ainda o iKobo.

Alojamento Web

Skribit – Permita aos seus visitantes deixar sugestões

WebTuga Skribit

Hoje em dia podemos dividir os sites em dois tipos: aqueles feitos para os utilizadores; aqueles feitos para os motores de busca e para ganhar dinheiro.

Para quem faz os sites para fornecer um serviço ou informar os utilizadores, é bastante importante saber a opinião e as sugestões que os seus visitantes têm.

O Skribit é um novo serviço web que permitirá aos seus visitantes enviarem sugestões e ainda submeter as sugestões a votos. através de uma widget.

E como o WebTuga gosta sempre de saber a opinião dos seus leitores e membros da comunidade, decidimos colocar aqui o widget criado pelo Skribit para saber o que poderíamos fazer para melhorar o WebTuga.

Alojamento Web

OpenOffice.org 3 Beta para Mac

Se não tem dinheiro para comprar o Office:mac ou gosta de apoiar as alternativas Open Source, esta notícia é para si.

A grande novidade da 3ª versão do Open Office é a integração nativa no Mac com a interface Aqua. Até agora, para o usar era necessário usar o X11.

Entre as novas funções encontra-se a abertura de ficheiros OOXML (vamos lá ver se é desta que se abre um ficheiro de Word como deve de ser), suporte limitado a macros VBA (o Office:mac não o tem sequer), integração com o Mozilla Thunderbird e partilha de folhas de cálculo.

A versão final ainda não saiu, no entanto esta beta é bastante estável e uma excelente alternativa gratuita ao Office:mac da Microsoft, que tem um preço bastante elevado.

Site | OpenOffice.org 3 Beta

Alojamento Web

Ensaio sobre Software Livre e como ganhar dinheiro com ele

gnuÀ uns 14 meses atrás, fiquei completamente farto do Windows XP e decidi mudar de sistema operativo. Apesar de todos os cuidados que tinha e das aplicações de segurança que utilizava – firewall, anti-vírus, anti-spyware e por aí fora -, acabava com infecções de malware; e quando não era malware, era um decréscimo absurdo na performance.
Como, na altura, tinha aqui mencionado o Ubuntu algumas vezes e sabia que a comunidade portuguesa em torno desta distribuição era grande, mantive um dual-boot com o Windows Xp e o Ubuntu. Ao fim de duas semanas com dual-boot, removi a partição do Windows.
À medida que fui conhecendo mais sobre o GNU/Linux e os sistemas operativos livres em geral, fiquei a conhecer o movimento open source. Mais tarde, fiquei a conhecer o movimento Free Software, movimento em que me revejo.
Como a minha inaptidão para programar é tão grande como a inaptidão para desenhar, e como sinto que devo dar algo à comunidade que me deu o software que hoje utilizo, decidi escrever um pequeno ensaio sobre formas de ganhar dinheiro com software livre, para ajudar a desmistificar algumas ideias incorrectas que existem. O texto é simples, curto e direccionado para o público com menos conhecimentos de informática.
O texto original está disponível em português, sob uma licença GNU Free Documentation License. Uma tradução para inglês, igualmente sob a FDL, e revista por Karl Berry, a quem eu deixo o meu agradecimento, também está disponível para download. Ambos os documentos estão no formato ODF e PDF e não garanto que os disponibilize noutro formato.

Download da versão portuguesa (PDF)
Download da versão inglesa (PDF)