Jetbytes – Serviço gratuito de partilha directa de ficheiros

Jetbytes

Jetbytes é um serviço de transferência de ficheiros que permite o envio do ficheiro directamente para o recipiente, bastando seleccionar o ficheiro que deseja partilhar e enviar o respectivo link que o Jetbytes lhe fornece ao seu colega.

Terá que manter a página do Jetbytes aberta durante o processo de transferência, pois o ficheiro é enviado directamente de si para o recipiente, tal como acontece nos protocolos P2P.

O link apenas funcionará uma vez, pelo que deverá apenas enviar-lo à pessoa com quem realmente deseja partilhar o arquivo.

Se ainda não percebeu como funciona, o melhor mesmo é testar você mesmo o Jetbytes e ficar espantado com a forma com que tudo acontece.

Alojamento Web

WordPressDirect: Criar um blog sem precisar de blogar

Numa press release divulgado pelo equipa do WordPressDirect agora é possível ter um blog sem a necessidade de escrever um linha sequer. Segundo a equipa do WPD, a única coisa que precisa fazer é escolher um theme para o blog, acrescentar as keywords e a respectiva descrição do blog, escolher que conteúdo é que quer ver postado, através dos sites da Yahoo, Google, etc… e numa questão de minutos, voilá! O Blog fica actualizado diariamente com as notícias que escolheu.

Para além disso, também é possível escreverem os vossos próprios posts quando têm tempo e pachorra para tal não sendo preciso preocupar com SEO, visto que os blogs já vêm optimizados para os motores de busca. A ideia surgiu em meados de Agosto deste ano e conta actualmente com mais de 10 mil utiizadores, em categorias que permitem a criação de 10, 20 e 100 blogs.

Do meu ponto de vista no papel de blogger, trata-se nada mais como outro meio de ver conteúdo duplicado dos artigos que se escreve. Está-se mesmo a dizer na cara: “Deixem os outros escreverem os artigos e eu vou lá e copio o conteúdo sem problemas, ou seja, uma máquina de spam no seu estado puro. Do ponto de vista de uma pessoa comum, parece bastante interessante a ideia, visto que é referido que não precisamos de escolher automaticamente as notícias que escolhemos. Podemos optar por criar o nosso próprio conteúdo sem a chatice de instalar temas, plugins e afins. Pena que este produto não esteja a ser vendido deste prisma.

Alojamento Web

Rapidshare – Novo design, aumento dos limites e o novo TrafficShare

Rapidshare site

Muito se tem falado acerca do sistema de protecção CAPTCHA ridículo usado pelo Rapidshare, no entanto o Rapidshare parece não estar para ai virado e empenhou-se a melhorar o seu site a outros níveis.

O RapidShare apresentou hoje a sua nova interface, com um novo logótipo e grandes novidades para os utilizadores premium.

Agora os utilizadores Premium, em vez de terem um limite de 25GBs de downloads por cada 5 dias, têm o dobro desse tamanho, ou seja, viram o seu limite de download dobrado para os 50GBs.

Para além disso, uma grande novidade é o TrafficShare que permite fazer com que os seus ficheiros estejam disponíveis para download directo sem que os free users tenham que esperar pelo tempo imposto pelo RapidShare ou necessitem de preencher o CAPTCHA. Este serviço terá um preço adicional.

A página está bastante mais limpa, sem excessos de publicidade, adoptando por uma filosofia minimalista.

Alojamento Web

WordPress 2.6 – O que esperar de…

O lançamento do WordPress 2.5 trouxe bastantes novidades, tanto a nível de funcionalidades, como no aspecto da área de administração.

Agora espera-se pelo 2.6, que pelos vistos vai trazer grandes novidades como o suporte ao Google Gears, que permitirá escrever um post enquanto estiver offline e posteriormente publicar online no seu blog, a possibilidade de mover o ficheiro de configuração ( wp-config.php ) para uma directoria de um nível inferior e o regresso do WordPress Bookmarklet com opções adicionais para sites como o YouTube, etc.

Para além disso o editor WYSIWYG irá ter um "Post Word Count" que lhe permitirá saber o número de palavras existentes no post ( Para quem escreve Reviews pagas? ) e ainda poderá vir a ser implementado um sistema para rever os posts, ao estilo da Wiki.

Nesta versão, aqueles que não têm gravatar, poderão escolher uma imagem opcional, que terá o nome de Identicon.

Alojamento Web
Alojamento Web

TugaSport em força

Depois de várias semanas abandonado, o Tugasport, o nosso blog sobre desportos, volta ao activo e com grandes novidades.

Não foi apenas uma actualização do WordPress que já há muito que andava a pedir, mas também uma mudança radical no design, incluindo o logótipo.

O novo TugaSport vai ser actualizado com mais frequência e vai ter futebol em directo e quem sabe, outros desportos.

Feitas as honras, resta-me pedir-vos para verificarem as novidades com os vossos próprios olhos e para deixarem o feedback.

Alojamento Web

Associação Ensino Livre publicou manifesto sobre formatos padrão abertos no sistema de ensino

Os formatos padrão abertos são a pedra basilar das comunicações digitais. Sem eles, ficamos sujeitos a formatos fechados, o que faz com que uma empresa ou governo autoritário passem a censurar toda a informação que nos chega. E também permite que nos fechem.
Para evitar isso, devemos usar formatos abertos em todo o lado, até no ensino. Por isso a Associação Ensino Livre publicou recentemente um conjunto de orientações sobre a utilização de formatos padrão abertos, para que escolas, professores e alunos possam escrever, divulgar e trocar informação sem estarem sujeitos a amarras que não se vêm mas se sentem a apertar os pulsos.

PRESS RELEASE: Manifesto sobre standards abertos no sistema de ensino

A utilização de standards tem-se revelado de extrema importância numa sociedade de inovação e conhecimento. No sector das tecnologias de informação são particularmente cruciais. Ao estabelecerem uma linguagem comum entre diferentes intervenientes, empresas e outras entidades podem desenvolver equipamento e programas de computador que comunicam entre si sem obstáculos, eliminando directamente barreiras aos utilizadores finais. O conhecimento pode assim fluir e escoar livremente entre todos os cidadãos. Um dos grandes exemplos é o êxito da Internet, que só foi possível devido à existência desta liberdade na transmissão de informação.

Existem contudo áreas em que a neutralidade tecnológica ainda não está suficientemente desenvolvida. Por exemplo, ao produzir um documento no processador de texto do seu computador, e ao tentar partilhá-lo com um amigo, já se deparou com a situação de que o amigo não conseguiu abrir o documento, ou que o documento lhe apareceu completamente desformatado? Esta situação poderá ser especialmente grave em instituições públicas, nomeadamente instituições de ensino. Imagine um professor que solicita um trabalho de casa a um aluno, que o professor depois não consegue abrir para avaliar correctamente. Ou então imagine um aluno que recebeu um trabalho de casa que depois não consegue abrir correctamente no seu computador pessoal. Outras situações ainda mais sérias existirão, tais como o armazenamento de informação vital em formatos binários, que se pode tornar inacessível com o passar dos anos, ou ainda a impossibilidade de alguns elementos da comunidade educativa acederem a informação legalmente sem dispenderem largas centenas de euros.

A Associação Ensino Livre publica o "Manifesto sobre standards abertos no sistema de ensino" com os seguintes objectivos gerais:

– potenciar a neutralidade tecnológica nas instituições de ensino, de forma a que a utilização de recursos electrónicos não esteja dependente das plataformas e ferramentas dos utilizadores;
– garantir o máximo de justiça e igualdade na utilização dos recursos electrónicos;
– garantir o acesso, agora e no futuro, a informação produzida no decurso das actividades institucionais;
– fomentar a literacia tecnológica;
– reduzir o desperdício de recursos no sector das tecnologias de informação;
– tornar a tecnologia mais acessível;

Um Guia de Aplicação do "Manifesto sobre Standards Abertos no Sistema de Ensino" será publicado em breve.

Sensibilizem os vossos alunos, professores, familiares e amigos para a importância da utilização dos formatos livres. Sem eles, o "mundo virtual" não é um mundo democrático, mas um local ditatorial e autoritário. Defendam a vossa liberdade.

Download do manifesto, em PDF

via blog.softwarelivre.sapo.pt

Alojamento Web

Open Source Rails – Directório de aplicações Rails código-livre

Ruby On Rails tem sido uma das linguagens mais prometedoras e usadas em aplicações Web 2.0.

Para quem programa em RoR, ou está a pensar em começar a aprender, o Open Source Rails reúne uma compilação de aplicações web open-source criadas em Ruby On Rails totalmente gratuitas.

Desde aplicações para serviços de endereços curtos, redes sociais e gestores de tarefas online, o Open Source Rails é uma referência a não faltar para quem estuda a linguagem.

Alojamento Web

Spot Publicitário – Thinkpad x300 vs MacBook Air

Este vídeo é um Spot Publicitário feito por um fã do portátil Thinkpad x300, um dos concorrentes directos com o novo portátil da Apple. o MacBook Air.

No vídeo o fã do portátil da IBM começa por abrir o envelope do Macbook Air e em seguida, ironicamente, começa a adicionar-lhe um HUB de portas USB e a emparelhar dispositivos como é o caso de uma drive externa. Em seguida coloca novamente o Macbook Air com os periféricos no envelope, mas o processo parece não ser fácil, chegando mesmo a rasgar o envelope.

Após isso, o criador do vídeo faz o mesmo processo de desempacotamento, mas desta vez com um Thinkpad x300 e pousa-o em cima do envelope, vejam o vídeo abaixo:

Alojamento Web

Google Docs – offline mode

Novas features do Google Docs

Pois é, agora é possível usar a folha de cálculo e criar apresentações offline no Google Docs.

E se pensam que as novidades ficavam por aqui, então estão bem enganados, pois isto é só o começo para aquecer.

Agora para além de poder alterar o HTML dos seus documentos, é possível ir ainda mais longe e alterar o CSS do ficheiro, o que lhe permite uma maior personalização do seu documento.

Imagine agora como seria se pudesse pegar num dos milhões de vídeos do YouTube e inserir-lo directamente na sua apresentação sem a necessidade de fazer download do vídeo ou converter para outro formato, pois bem, agora é possível com o Google Docs.

E se por algum motivo necessitar de ser lembrado para uma intervenção durante a sua conferência? Deixe apenas o Google Docs tratar disso…

Ora bem, são apenas 4 as novidades, mas a sua importância merece o maior aplauso à equipa por detrás do projecto. Mais uma vez vamos relembrar as 4 novidades:

1. Modo off-line para apresentações e folha de cálculo;
2. Possibilidade de editar o CSS ( antes apenas era possível alterar o HTML );
3. Adicionar vídeos do YouTube nas apresentações;
4. Adicionar notas de conferência nas apresentações.

Cada vez mais recorro a aplicações web para as actividades do meu dia a dia como blogger e cybernauta e felizmente o Google Docs tem sido uma grande ajuda no que toca a "blogar".

Do que está à espera? Clique aqui e teste já as novas funcionalidades do Google Docs.