Skype para iPhone

SkypeDesde o primeiro dia do lançamento do iPhone, muitas pessoas têm estado à espera de uma ferramenta que os possibilite fazer chamadas VoIP de qualidade utilizando o iPhone/iPod Touch 2G.

Até ter chegado o Fring, que infelizmente não satisfez as necessidades das pessoas.

Agora, finalmente, Scott Durshlag, director de operações do eBay veio confirmar que irá haver uma versão do Skype disponível na App Store em breve.

A versão para iPhone já está a ser desenvolvida e estão a estudar a melhor forma de ter chamadas de qualidade e consumir a menor quantidade de bateria possível.

Alojamento Web

Função de Activar 3G Presente no Firmware 2.0 do iPhone – 2

Quando foi mostrada ao mundo a screenshot que mostrava a capacidade de ligar/desligar o 3G, presente na ultima beta do firmware 2.0 do iPhone houve muita contestação, chegando muitos a afirmar que tinha sido feita no Photoshop.

Como se pode ver na string do código da  ultima beta do firmware 2.0 do iPhone, esta função está presente, provando a sua veracidade.

Esta função deve ter sido criada para permitir uma maior eficiência energética quando os utilizadores não estão a utilizar o 3G, permitindo aumentar muito a duração da bateria.

Via MacRumors

Alojamento Web

Stock de iPhones Esgotado também na França

Ontem tínhamos anunciado que os stocks do iPhone no Reino Unido e na Apple Store dos Estados Unidos tinham acabado, agora a estes vem juntar-se a França.

A Orange anunciou hoje que não dispõem de mais iPhones em Stock.

Isto vem reforçar ainda mais a ideia que o iPhone 3G será lançado antes da WWDC. Agora só nos resta aguardar.

Via PlanetaiPhone

Alojamento Web

Função de Activar 3G Presente no Firmware 2.0 do iPhone

Foi descoberta uma funcionalidade muito interessante na ultima beta do Firmware 2.0 do iPhone, que vêm confirmar os rumores que dizem que o iPhone de segunda geração será 3G.

Como podem ver na imagem, na ultima beta do Firmware 2.0 do iPhone, é possível ver um “slider” que nos premite activar o carregamento de dados por 3G. É possível ver também o aviso que ao activarmos esta funçao a duração da bateria baixará.

Via MacRumors

Alojamento Web

iPhone 3G Confirmado pela Apple

A imagem que vêm em cima foi retirada da página da Apple na parte de WebApps Apple.

Será que foi ideia de alguem ou apenas um descuido?

Via CanalMac

Alojamento Web

Actualização do iPhone para a Semana

A actualização do iPhone está eminente, não só pela quantidade de rumores que têm vindo a publico nos últimos tempo, mas também porque agora os iPhones encontram-se esgotados no Reino Unido e na loja online da Apple.

No site da O2, operadora que comercializa o iPhone no Reino, diz que não dispõem de mais iPhones de 8 e 16 GB.

A loja online da Apple é possível ver a indicação que não dispõem de mais iPhones de 8 e 16 GB.

Estes acontecimentos vêm indicar-nos que o lançamento do iPhone 3G está para muito breve, pois se a própria Apple já não dispõem do produto, isto pode significar que a actual versão do iPhone deixou de ser fabricada, estando a vender-se as ultimas unidades.

Isto também nos pode indicar que o iPhone pode ser lançado antes da WWDC, ao contrário do que apontavam os rumores, passando a WWDC a ser dedicada maioritariamente ao SDK.

Nos primeiros primeiros três meses deste ano a Apple lançou muitos produtos e actualizações na terça-feira, mas nestas ultimas semanas deixou de o fazer, lançando inclusive, a actualização do iMac a uma segunda-feira.

Qual é o vosso palpite, o iPhone será lançado na próxima segunda-feira, terça-feira ou noutro dia/outra mês?

Via Engadget e MacNN

Alojamento Web

Já Se Produz O iPhone 3G

Segundo o The Times a Apple está a fabricar fabricará até ao final do mês de Maio uma primeira remessa de 200.000 iPhones de segunda geração.

Depois será lançada uma segunda remessa de 2 milhões de iPhones que será repartida em 500.000 iPhones por semana durante o mês de Junho.

Segundo as fontes deles, a segunda geração do iPhone terá uma mudança radical no aspecto, podendo passar a ser um formato concha ou ter um ecrã maior e ser mais fino.

Também é dito que o iPhone está a sofre baixas no preço porque, este não teve o resultado esperado.

Via 9to5mac

Alojamento Web

Fring Suporta VOIP Para O iPhone

fring

Já à algum tempo que se falava que estava para sair uma aplicação VOIP para o iPhone.

A Fring lançou agora uma aplicação que permite chamadas VOIP completamente compatível com o iPhone e o principal é que gratuita.

Esta aplicação tem suporte para muitos serviços como o Skipe, MSN Messenger, ICQ, SIP, Google Talk, Twitter, Yahoo e AIM.

Para conseguirem esta aplicação basta irem ao seguinte repositório: http://fring.com/iphone.xml

Podem ver a baixo um vídeo onde é apresentado de forma breve esta nova aplicação:

Podem ver um guia passo a passo de como instalar a aplicação no iphone aqui.

Via AppleTell

Alojamento Web

Então e o “developers! developers! developeres”?!

Caros leitores, vou contar-vos a história de um "developer" que, depois de ter sido reconhecido por uma certa empresa, é agora ameaçado pela mesma. A história começa assim:

Era uma vez um programador inglês, de nome Jamie Cansdale.

O Jamie, como tinha algum tempo livre, resolveu desenvolver um add-on para o Visual Studio da Microsoft e chamou-lhe TestDriven.Net. A Microsoft, de tão agradada que estava com este add-on, resolveu conceder-lhe o prémio "Most Valuable Professionals", fruto do seu óptimo trabalho.

Como consequência deste prémio, o Jamie teve acesso a uma versão mais completa do Visual Studio. O Jamie ficou muito contente. Mas, infelizmente, o contentamento do Jamie durou pouco tempo.

Por volta de Dezembro de 2005, o Jamie começou a receber emails de um executivo da Microsoft chamado Jason Weber. Parece que o add-on desenvolvido por Jamie suportava a versão Express do Visual Studio, que é a versão "menos completa" e gratuita do Visual Studio, e a Microsoft não queria isso. Mas o Jamie tinha desenvolvido o TestDriven.Net na versão Express.

O Jamie foi acusado de violar a licença do Visual Studio Express. Alegadamente, ele teria tido acesso a APIs não disponíveis na versão Express ou então teria feito "reverse engineering" das APIs.

O Jamie disse que tinha usado apenas as APIs publicadas no MSDN, mas o Jason Weber não desistiu e voltou a insistir. O Jamie, fruto da pressão de Jason Weber, consultou um advogado.

Uns tempos depois o Jamie voltou a receber outro prémio "Most Valuable Professionals", para lhe ser retirado uns dias depois.

Como o Jamie, depois deste tempo todo, não tinha retirado o suporte do seu add-on para a versão Express do Visual Studio, a Microsoft decidiu por os seus advogados a escrever ao Jamie.

Nestas cartas, a Microsoft deu ao Jamie até às 16 horas do dia 6 de Junho para remover o suporte para o Visual Studio Express. O prazo já expirou. Como acham que esta história vai acabar?

A Microsoft, depois de acusar o Linux de infringir patentes, agora ameaça os programadores da sua comunidade.

Que mais é que eles vão fazer? Só falta mesmo processarem os próprios trabalhadores por causa dos bugs encontrados nos seus produtos. E, já de agora, processarem os seus clientes por serem afectados por esses mesmos bugs.

É mesmo caso para dizer: Então e o "developers! developers! developeres"?! Se estiverem interessados, podem ler os emails e as cartas aqui, aqui, aqui e aqui.

Fonte: The Register

Alojamento Web

235

Não, 235 não é o nome de um filme sobre o número de guerreiros que enfrentou um império, mas tem um "império" metido ao barulho.

Duzentas e trinta e cinco é o número de patentes que a Microsoft diz que o software livre viola. As 235 alegadas violações de patentes dividem-se em:

  • 42 patentes infringidas pelo kernel do Linux;
  • 65 patentes infringidas pelos interfaces gráficos para GNU/Linux;
  • 45 patentes infringidas pelo OpenOffice;
  • 15 patentes infringidas por programas de E-mail;
  • 68 patentes infringidas por outros programas.

Eben Moglen, um dos advogados da Free Software Fundation, já veio dizer que as alegadas violações se referem a algoritmos matemáticos e que estes não são patenteáveis.

Como já se esperava uma jogada destas por parte da Microsoft, a FOSS, juntamente com a IBM, Sony, Phillips, Novell, Redhat e NEC, criou a Open Invention Network (OIN) em 2005, com o intuito de reunir um portfolio de patentes que outras empresas (nomeadamente a Microsoft) possam estar a infringir. Por isso, não será de estranhar que a OIN processe a Microsoft, caso esta processe a FOSS.

E não nos podemos esquecer da terceira versão da GLP que, a ser aprovada, vai inviabilizar o acordo Novell-Microsoft e outros do género, e poderá mesmo levar a Microsoft à barra do tribunal.

Esta é uma guerra fria, com uma comunidade de um lado da barricada, apoiada por vários gigantes da tecnologia, e uma empresa monopolista do outro; no meio estão os utilizadores.

Eu quero e gosto de pensar que a FOSS vai sair vitoriosa desta contenda, caso isto avance para tribunal, porque partilho da visão do Richard Stallman, mas também da filosofia Open Source.

Mas, acima de tudo, espero que os utilizadores não sejam prejudicados por isto.

Fontes: Blog do Rui Moura, CNN e Cenourinha, que me chamou a atenção para este assunto.