Alternativas ao software da Adobe

Adobe Logo

A Adobe tem produtos fantásticos. No entanto, a maioria deles são pagos e o preço podemos dizer que não é muito acessível. Mas, para grandes males, grandes remédios.

Se as licenças do software da Adobe são caras, apesar de valerem o seu preço, nada melhor do que procurar por alternativas gratuitas, das quais algumas até poderão ser open-source. Por isso, fica aqui uma lista de aplicações alternativas ao software da Adobe.

Photoshop

O Photoshop é um poderoso editor de imagem que permite adicionar filtros e pequenos efeitos e dessa forma obter resultados espantosos. Como alternativa, temos para lhe apresentar o Gimp, uma ferramenta gratuita e opensource que permite obter resultados próximos dos obtidos no Photoshop.

DreamWeaver

Este é um dos mais completos IDEs para Web. O DreamWeaver permite utilizar templates pré-definidos e tem um sistema autocomplete para sintaxe de linguagens como PHP, CSS, JavaScript, entre outras. Por outro lado, temos o Nvu, com binários disponíveis para Linux, Windows, OSx e FreeBSD, torna-se numa simples aplicação que o irá ajudar a criar XML, CSS e JavaScript.

Adobe Premiere

Trata-se de um software de edição de vídeo bastante completo e ao mesmo tempo de fácil utilização. Funciona em conjunto com outras aplicações da Adobe e permite criar animações profissionais. Por sua vez, o Avidemux é uma boa opção ao Premiere, permitindo executar simples tarefas nos seus vídeos, tais como cortar pequenas partes, filtros e permite a automatização de tarefas. Está disponível sob a licença GNU GPL e funciona em Linux, BSD, MacOSx e Windows. Para além do Avidemux, existe também o cinelerra, que é tão bom ou ainda melhor que o Premiere.

Adobe Reader

Hoje em dia, a maioria dos documentos partilhados na Internet estão no formato PDF ou DOC. O Adobe Reader é uma aplicação que permite não só a visualização deste tipo de documentos em modo off-line, mas também online, integrando-se como plug-in no seu browser. Alternativamente, poderemos usar o Foxit PDF Reader em Windows, visto que em macOSx e em Linux já existem leitores de PDF por omissão, apesar do mesmo estar disponível para Linux e outras plataformas.

Adobe Flash

Cada vez mais presente nas mais conhecidas plataformas, a tecnologia Flash permite desenvolver aplicações e pequenas animações e reproduzir em vários gadgets, no entanto, a sua aplicação na criação de sites tem sido cada vez maior e agora que o Google passará a indexar sites com conteúdo Flash, poderá vir a ser uma grande aposta para o futuro. SMIL, ou Synchronized Multimedia Integration Language, é a opção ao Flash apresentada pela W3C.

Alojamento Web

CD Software Livre na Escola: 2.ª Edição disponível

A DGIDC/ECRIE, em parceria com a Sun Microsystems Portugal, disponibilizou a nova versão do CD "Software Livre na Escola". Neste CD, professores e alunos terão acesso a 24 aplicações livres, onde se incluem o OpenOffice, Pidgin, Firefox, GIMP, VLC, Blender, Modellus e JMOL.

Para além das aplicações, poderão descarregar os manuais das aplicações, também eles disponibilizados gratuitamente, e a capa e contracapa do CD.

O CD tem perto de 672 MB, por isso comecem já a descarregá-lo.

Alojamento Web
Alojamento Web

WinPenPack: software numa pendrive

winpenpack

WinPenPack é um pack de aplicações criado para ser utilizado numa pendrive USB de 1GB. Este pack contém várias aplicações gratuitas e prontas a correr, como o Firefox, Kompozer, Gimp, VirtualDub, Clawin, 7Zip, OpenOffice e mais uma miríade de software.

WinPenPack, via technobuzz.net

Alojamento Web

Caixa Mágica 12 oficialmente lançada

Hoje foi dia de lançamento da versão 12 da distribuição portuguesa de GNU/Linux Caixa Mágica. Por enquanto, está apenas disponível para plataformas 32bit e apenas por subscrição; a versão para processadores 64bit será disponibilizada dentro de dias e os utilizadores que desejem fazer o download gratuito da distribuição poderão fazê-lo a partir do dia 14 deste mês

A versão 12 da Caixa Mágica é marcada pela mudança da base da distribuição para a Mandriva, conhecida por ser uma das distribuições mais amigáveis. Outra das novidades é a inclusão do GNOME 2.20, assim como do OpenOffice 2.3.1, Linux 2.6.22, GIMP 2.4.3, suporte para os modems e placas 3G utilizadas em Portugal, suporte para o Cartão do Cidadão e efeitos 3D.

Recentemente, a Caixa Mágica 12 foi incluída no projecto e-escolas, vindo pré-instalada num portátil Fujitsu-Siemens. Este portátil poderá ser adquirido pelo mesmo preço que os restantes com Windows Vista: €150. Contudo, os alunos e professores que adquirirem um portátil com a Caixa Mágica terão direito a suporte telefónico e web durante 2 anos, a um manual de utilização e configuração em formato digital e a um módulo de e-learning de introdução ao GNU/Linux.

Alojamento Web

Aumente as funcionalidades do GIMP com mais de quarenta plugins

O GIMP, por si só, é um editor de imagem muito poderoso, mas as suas funcionalidades podem ser estendidas através de texturas, scripts, paletes de cores, módulos e plugins.

Para dar uma ajuda na expansão das funcionalidades deste editor de imagem livre, o site Techzilo.com fez uma lista de mais de quarenta plugins, direccionados para fotografia, webdesign ou tarefas genéricas.

Techzilo.com

Alojamento Web

Flick adiciona editor de imagem ao serviço

flickr e picnik

O Flick já tem um editor de imagem para fazer alterações básicas às imagens, como cortar, alterar a saturação e remover dos olhos vermelhos. O editor escolhido é o Picnik, um conhecido editor de imagem online feito em Flash.

Esta nova funcionalidade pode ser vista quando acedemos a uma das nossas fotos. Basta clicar no ícone "Edit Photo", que aparece entre o título da imagem e a fotografia, e dar autorização ao Picnik para aceder à nossa conta do Flickr. Depois só temos que editar.

Esta autorização só precisa de ser feita uma vez e pode ser desactivada posteriormente. Claro que, se a desactivarmos, teremos que lhe voltar a dar permissão quando quisermos editar uma imagem nossa nesta aplicação.

Não esperem um Photoshop online. O Picnik é um editor de imagem simples, que permite edições básicas. Para algo mais profissional, terão que usar um editor de imagem como o GIMP.

{Fonte: Wired.com}

Alojamento Web

Manual oficial do The GIMP tem nova versão

A equipa de documentação do editor de imagem livre The GIMP acabou de lançar a nova versão do manual do utilizador, com traduções actualizadas e uma nova folha de estilo para a versão HTML.

Este manual é a documentação oficial do The GIMP. Deve ser sempre o primeiro local para tirar dúvidas relativas a este programa, pois a documentação é exaustiva.

Download do manual

Alojamento Web

Mint Linux 4.0

O projecto Linux Mint anunciou o lançamento da versão 4.0 desta distribuição de GNU/Linux direccionada para utilizadores de desktop.

Como sempre, o Mint usa a mais recente versão do Ubuntu, 7.10, como base, por isso é compatível com os repositórios e pacotes do Ubuntu e vem com o gestor de desktop GNOME 2.20.

As maiores novidades nesta versão são a inclusão de um gestor de actualizações chamado mintUpdate, que avisa o utilizador da fiabilidade de cada update, por forma a que a estabilidade do sistema não seja comprometida; e a inclusão do mintDesktop, um utilitário que permite configurar o desktop de uma forma simples e intuitiva.

Sendo uma distribuição direccionada para o desktop, já vem com suporte para vários formatos multimédia e leitura e escrita em partições NTFS. Programas como Compiz, Thunderbird, Firefox, OpenOffice, Pidgin e GIMP estão incluídos no Mint 4.0.

Para poderem desfrutar das novidades do Linux Mint 4.0, apenas têm que fazer o download e proceder à sua simples e rápida instalação. Se utilizarem a versão anterior e quiserem fazer o upgrade, leiam atentamente as instruções disponibilizadas pelos criadores desta distribuição.

Boas "tuxadas"!

Alojamento Web

GIMP 2.4 lançado hoje

O editor livre de imagem mais conhecido do mundo, o GIMP, lançou hoje a versão 2.4. Esta versão é a mais recente versão estável. Infelizmente, ainda não há novo interface, o que é pena, mas trás um GIMP ainda melhor.

O GIMP agora suporta as brushes do Photoshop, tem um filtro para remoção dos famosos "red eyes", tem uma nova ferramenta de selecção, uma nova ferramenta de crop, consegue abrir e gravar ícones do Windows Vista, vem com uma ferramenta para alinhar automaticamente as imagens, completou a gestão dos perfis de cor e tem um sistema de impressão mais simples e optimizado.

O GIMP trás mais novidades, mas são tantas que é difícil dizê-las todas aqui. Para verem a lista completa de novidades, dêem um salto às notas de lançamento oficiais. O download do programa, como sempre, pode e deve ser feito no site oficial do programa, que teve direito a um novo layout, bastante mais agradável que o anterior.