DebianDayPT 2009

Este ano realiza-se novamente a segunda edição do DebianDayPT.

O DebianDayPT 2008 comemorou o decimo quinto aniversário da existência da distribuição e este ano a equipa organizadora pretende levar o evento em frente com mais novidades.

A realizar-se a 1 de Agosto, as apresentações do DebianDayPT 2009 terão lugar na Universidade de Aveiro.

Na wiki criada para o evento, estão disponíveis informações como a localização, hotéis e coordenadas para que ninguém se perca.

É também através da Wiki que se poderá inscrever e sugerir uma apresentação.

Apesar da inscrição, o evento é totalmente gratuito e aberto a todas as pessoas que desejam participar.

A organização é composta pela Comunidade Portuguesa de Utilizadores de Debian Gnu/Linux @ DebianPT.org e o evento é patrocinado pela Universidade de Aveiro e pelo Grupo Linux da Universidade de Aveiro.

Se é apologista de Debian, tem aqui uma grande oportunidade de passar um dia com outras pessoas que partilham das mesmas ideias.

Alojamento Web

Ubuntu 8.10

Bem, o Ubuntu 8.10 saiu e não fui bombardeado com um tsunami de posts sobre isso. Que se terá passado? Bem, o que se passou não sei, sei é que vou dar o meu contributo para esse bombardeamento de posts.

Intrepid Ibex é a mais recente versão do Ubuntu, esta popular distribuição do GNU/Linux. Para além do Ubuntu, os restantes membros da família *buntu, Kubuntu, Xubuntu, Edubuntu e UbuntuStudio atingiram uma nova versão.

A grande novidade do Ubuntu 8.10 é, talvez, o novo tema. Eu já vi alguns screenshots deste novo tema e, pessoalmente, acho-o bem mais agradável que o anteior. Outra novidade é o uso do GNOME 2.24, que traz consigo separadores para o Nautilus – algo que pode ser bastante útil se estiver bem feito.

No Kubuntu, destaca-se a inclusão do KDE 4.1.2. No Xubuntu vão encontrar novamente o Xfce 4.4.2. O UbuntuStudio 8.10 é o Ubuntu normal com mais uns “pozinhos” para o tornar uma distribuição virada para a criação de conteúdos multimédia.

Se usam um *buntu e não estão certos em relação à actualização, talvez seja melhor aguardarem um pouco e irem lendo algumas análises ao *buntu que pretendem usar. Se quiserem passar a utilizar a mais recente versão, vejam como podem actualizar o Ubuntu 8.04 para o 8.10 ou descarreguem uma imagem da distribuição.

Download:
Ubuntu 8.10 (bittorrent)
Kubuntu 8.10 (bittorrent)
UbuntuStudio 8.10 (bittorrent)
Xubuntu 8.10 (bittorrent)
Edubuntu (bittorrent)

Alojamento Web

O desktop “perfeito” com a Mandriva 2009.0

mandriva 2009.0

Querem ter o desktop perfeito com a mais recente versão da distribuição do GNU/Linux, Mandriva? O Howto Forge explica como o fazer, usando o gestor de desktop Gnome.

Se não sabem o que podem encontrar na Mandriva 2009.0, leiam esta análise feita pelo José Rocha no Programas Livres.

ps: evitem as aplicações proprietárias mencionadas no Howto Forge.

Alojamento Web
Alojamento Web

Icecat 3.0.3 em Português Europeu

Depois de algumas horas nisto, finalmente consegui compilar o Icecat 3.0.0.3 com suporte para o Português Europeu. Em vez de terem que descarregar o browser em inglês e depois instalar o pacote de idiomas, podem descarregá-lo já em português.

Para quem já não se recorda, o Icecat é uma implementação totalmente livre do Firefox. Não tem EULAs, nem pequenos bits proprietários. É tão livre como o Emacs ou o GCC.

Para disponibilizar o Icecat em português, usei a tradução portuguesa do Firefox. Essa tradução foi sujeita a algumas pequenas alterações, que poderão ver neste diff. Se quiserem agradecer a alguém, agradeçam à equipa que traduz o Firefox para português, porque o grande trabalho de traduzir este browser é deles.

Esta versão do Icecat foi compilada para o sistema GNU/Linux. Se o quiserem executar em FreeBSD, OpenBSD, Windows, Mac OS X ou qualquer outro sistema, descarreguem o código-fonte e compilem-no. O processo é, ou deverá ser, relativamente simples.

Se, por algum motivo, o browser aparecer em inglês, vão às opções avançadas (about:config), procurem a opção «general.useragent.locale» (sem as aspas) e alterem o seu valor para «pt-PT» (também sem as aspas).

Que as vossas navegações sejam livres!

Alojamento Web

OpenSuse adopta estratégia da Canonical para promover o projecto

logo opensuseA estratégia da Canonical em enviar gratuitamente CDs do Ubuntu permitiu-lhe conseguir a popularidade de que hoje disfruta. Este não é o único motivo, mas provavelmente é dos mais fortes.

Depois da Canonical, outros projecto e empresas adoptaram a oferta de CDs ou DVDs. Um grupo português de utilizadores do PCLinuxOS e a SUN com o Solaris 10 e OpenSolaris são dois exemplos que me vêm logo à memória.

Agora, é o OpenSuse que adopta uma estratégia semelhante. O projecto está a oferecer DVDs da distribuição, mas apenas para distribuição em eventos, conferências, escolas. Se estiverem a pensar organizar um evento deste tipo ou a ir a uma escola promover a distribuição, encomendem os vossos DVDs.

Alojamento Web

[Rede WebTuga] Top Semanal 12/05/08 – 18/05/08

Top posts

Olá a todos, hoje é Domingo e por isso mesmo vou deixar aqui a lista dos posts mais interessantes desta semana.

Esta semana contámos com o relançamento do TugaSport, o nosso blog de desporto e ainda com a abertura da secção Electrónica no nosso fórum.

Tem sido também uma semana de reorganização de toda a equipa do WebTuga, que está a preparar novidades para breve, fiquem atentos. Deixo-vos com os nossos melhores posts da semana.

Até já…

Alojamento Web

The Hague Declaration – defende os teus direitos no “mundo virtual”

Todos vocês partem do principio que, ao viverem numa país democrático, não vão ser discriminados por esse Estado devido às vossas crenças, opiniões ou religião – ou falta dela. Vocês, e eu também, crescemos a acreditar nisto e a respeitar estes valores, estes direitos essenciais.

Quando se está no “mundo virtual”, esses direitos primários mantêm-se. Por isso são necessários formatos padrão livres, para que a informação possa ser acedida por todos, independentemente do software que utiliza, e transportada sem qualquer problema.

Se os formatos não forem abertos e livres, então estamos sujeitos ao controlo de uma entidade que pode muito bem ser um governo autoritário ou uma empresa sem escrúpulos que apenas vê dinheiro à frente e não se preocupa com as pessoas. Vejam o caso da Microsoft, que quase dá as licenças do Windows XP aos fabricantes de computadores económicos, desde que eles limitem ao máximo o hardware destes computadores: só aqui se vê que eles estão apenas preocupados com as vendas do Vista e com a ameaça do GNU/Linux, e não com o facto das pessoas mais desfavorecidas poderem ter acesso a um computador com especificações decentes e software que respeita a liberdade delas.

Por estes e outros motivos, é urgente a utilização de formatos realmente abertos e livres como o ODF – e não como o OOXML. Se não exigirmos a utilização destes formatos, perdemos o livre acesso à informação e permitimos que ela seja filtrada, censurada, ocultada. Assina a Declaração de Hague e defende os teus direitos no "mundo virtual".

via Paula Simões

Alojamento Web

[Rede WebTuga] Top Semanal 05/05/08 – 11/05/08

Pois é, na sucessão do meu post acerca do Skribit, foram várias as pessoas que votaram na minha sugestão de criar semanalmente um post dos top 5 artigos da semana na rede WebTuga.

Decidi então fazer uma recolha dos melhores artigos da semana na rede WebTuga, no entanto não vou limitar os artigos a um número, mas sim colocar aqueles que foram mais relevantes.

Até para a semana… 😛

Alojamento Web

Asus EeePC com Windows é mais caro que a versão com GNU/Linux

Tem circulado em vários sites conhecidos que o Asus EeePC com Windows é mais barato que a versão com GNU/Linux. Mas esta informação é totalmente falsa e usa diferentes critérios entre os modelos comparados.

Estas afirmações tinham como base um modelo com Windows com especificações inferiores ao modelo com GNU/Linux que estava a servir como comparação. Quando comparamos dois modelos com especificações iguais, como o ASUS eeePC 900, podemos constatar que a versão com Windows é, na verdade, perto de 150 euros mais caro que a versão com GNU/Linux. Se não acreditam, vejam no site da Asus.

Quem fica mal visto nisto é quem iniciou esta mentira, e também os sites mainstream que não fizeram, sequer, uma simples pesquisa sobre o assunto.

via Bitate.blogspot.com