Vamos correr a shell Linux num Browser?

Os browser são hoje em dia ferramentas multifacetadas, que permitem aos utilizadores a realização de várias tarefas. Através do browser podemos aceder à Internet, ler o e-mail, jogar, aceder às redes…enfim, quase que se coloca a questão “O que não se consegue fazer hoje através de um browser? ”.

Recentemente descobri o projecto “Javascript PC emulator” quer permite correr uma shell Linux através de um simples browser.

 

 

O Javascript PC Emulator (baseado no Linux Kernel 2.6.20) é um pequeno script que permite ter a consola Linux no browser. O script foi desenvolvido em Javascript (tal como o nome indica), usando W3C Typed Arrays e emula  o seguinte hardware:

  • 32 bit x86 CPU
  • 8259 Programmble Interrupt Controller
  • 8254 Programmble Interrupt Timer
  • 16450 UART
  • Real Time Clock

Segundo o autor, Fabrice Bellard (criado do QUEMU e do FFmpeg), a ideia de desenvolver um emulador da consola Linux para correr num browser surgiu por puro divertimento e para colocar em prática todo o poder que o javascript oferece, mesmo para tarefas mais complexas.

Webpage: http://bellard.org/jslinux/index.html

Alojamento Web

Mozilla divulga planos para o Firefox 4

A Mozilla revelou os seus planos para a próxima versão do browser Firefox e a grande mensagem que passou foi o facto de quererem fazê-lo “super rápido“.

Uma das grandes alterações levadas a cabo no Firefox 4 foi o restyling da interface, que agora está mais limpa e directa com um um estilo “à la Google Chrome“. A justificação para este novo visual, segundo Mike Beltzner (director do projecto Firefox) é que um browser com um visual mais limpo transmite melhor a sensação de velocidade ao navegar (veja-se o exemplo do Google Chrome).
Outro ponto positivo é o facto de o Firefox 4 tirar muito mais partido da interface Aero e OS X, respectivamente:

Algumas características e controlos considerados dispensáveis pela equipa do Firefox serão removidos nesta nova versão, para darem lugar a um melhor desempenho do browser. Beltzner está ciente de que estas remoções poderão gerar descontentamento entre a comunidade de utilizadores, mas avança que estas alterações são pelo melhor.

Uma característica do Firefox 4 que deverá agradar à grande maioria dos utilizadores será a capacidade de se actualizar internamente (igual ao Google Chrome), de maneira a evitar o modo irritante como actualmente somos avisados de que existe um update por fazer.

A Mozilla não se esqueceu dos developers, e assim sendo, o Firefox 4 irá tirar partido da API Jetpack, que permitirá aos developers desenvolverem add-ons em HTML, CSS e Javascript. E segundo a Mozilla, os add-ons construídos sob esta API não irão bloquear o browser por completo, como acontece várias vezes com as versão actuais. Uma óptima notícia, portanto.

A Mozilla aponta Novembro como data de lançamento do Firefox 4.

Alojamento Web

Google: Como usar com o novo visual

A Google anda a trabalhar num lifting da imagem do seu motor de busca. Oficialmente, este novo visual ainda não foi lançado ao público, mas seguindo este passos, vão conseguir navegar com o novo visual do Google desde já. Isto apenas se aplica ao Google.com, no Google.pt não funciona.
Os passos a seguir são estes:

  • > Aceda ao site http://google.com/ncr
  • > Faça copy-paste deste javascript (http://pastebin.com/m50c7a08a) para a barra do endereço e carregue na tecla Enter.
  • > Volte a aceder a http://google.com/ncr.
  • E voilá, Google com o novo visual!

    Alojamento Web

    Go – A nova linguagem de programação da Google

    A Google anunciou o lançamento de uma nova linguagem de programação denominada de Go. Esta linguagem de programação está ainda em fase experimental e é open source.

    A Go combina a performance e segurança de linguagens com o C ou C++ com a velocidade de desenvolvimento do Python, tornando esta linguagem de programação em algo rápido, seguro e versátil, segundo a Google. A linguagem de programação é orientada por objectos e tira partido dos vários cores dos processadores actuais. Para além disto, a empresa espera que a Go venha a substituir o Javascript nos web browsers de modo a que aplicações tais como o Gmail possam usufruir deste acrescento de velocidade na sua execução.

    A equipa por detrás do desenvolvimento da Go conta com o “pedigree” de Ken Thompson (co-criador do Unix), Robert Griesemer (participou no desenvolvimento do motor de Javascript V8 do Chrome), entre outros.

    Para os que estranharam o animal na imagem em cima, trata-se da mascote da Go, apelidado de Gordon, o roedor.

    O site oficial da Go: http://golang.org

    Alojamento Web

    Firefox 3.6 – Orientation API

    WebTuga

    Para quem viu o artigo do João Joaquim aqui no WebTuga acerca do Firefox 3.6 beta 1, provavelmente ficou espantado com a API de Orientação do Firefox que permite utilizar os acelerometros presentes em alguns dos portáteis para detectar a orientação do dispositivo.

    Desta forma os webdevelopers podem utilizar esta API para integrar nas suas aplicações Web. Quem estiver curioso, tiver um portátil equipado com os detectores de movimento e quiser testar o Firefox 3.6 beta 1, poderá brincar com os seguintes demos:

    Veja abaixo algumas demonstrações num vídeo gravado por mim:

    Espero que se divirtam… 🙂

    Alojamento Web

    Firefox 3.6 Beta 1 disponível

    A Mozilla disponibilizou para download a primeira beta da versão 3.6 do Firefox. Esta nova versão conta com melhor performance a correr Javascript e já vem incorporada com a nova versão do motor de renderização HTML, o Gecko 1.9.2.

    A versão beta também já incluí suporte para notebooks equipados com acelerómetros. Ou seja, o Firefox consegue detectar a orientação em que o portátil se encontra e roda o site que estamos a visualizar mediante isso:

    É claro que como se trata de uma versão beta, eventualmente bugs e erros irão surgir. Os mais aventureiros que queiram fazer já o upgrade podem descarregar o Firefox 3.6 Beta 1 aqui.

    A Mozilla tem planeado o lançamento da versão final no final de 2009.

    Alojamento Web

    Google Chrome v3

    Pouco tempo depois do Google Chrome ter completado 1 ano de existência, a Google lança a terceira versão do seu browser… mas só para Windows.

    Segundo a Google, esta terceira versão do Chrome está 25% mais rápida do que a anterior versão a executar javascript e agora suporta HTML 5. Ou seja, tags HTML como <canvas>, <video> e <audio> passam a ser suportadas pelo Chrome.

    A Google também aproveitou o lançamento desta nova versão para estrear oficialmente o Chrome Themes que permite alterar o visual do browser, à semelhança do Firefox.

    Em relação à versão para Mac, continua tudo na mesma. Os utilizadores de Mac vão ter de continuar a usar a versão instável para developers que a Google disponibilizou há algum tempo atrás.

    Se o seu browser suportar HTML 5 (Firefox 3.5, Opera 10, Safari 4, Google Chrome 3) pode visualizar este exemplo que demonstra o poder desta nova versão do HTML:
    http://9elements.com/io/projects/html5/canvas/

    Alojamento Web

    Notícias do WebTuga no seu site

    WebTuga Noticias

    A partir de agora é mais fácil adicionar as noticias do WebTuga no seu site, bastando adicionar o seguinte código em qualquer pagina do seu site:

    <script src="https://widgets.webtuga.com/widgetrss.php" type="text/javascript"></script>

    Poderá personalizar o widget via css, alterando os atributos da id “webtugarss” e criar um widget que se integre no seu design, veja este exemplo:

    WebTuga Widget RSS Green

    Espero que gostem e que usem… cliquem aqui para ver uma demonstração.

    Alojamento Web

    Firefox 3.5 beta 4 – Preview

    Mozilla Developer Center

    O Firefox 3.5 será lançado em breve e os resultados da versão Beta 4 são bastante satisfatórios.

    Uma das grandes novidades do Firefox 3.5 é a inclusão do “Privade Browsing Mode”, um modo de navegação totalmente privado, em que não são gravadas nem passwords, nem são adicionadas entradas ao histórico.

    Uma outra novidade é também um novo sistema que permite arrastar tabs para fora do Firefox de forma a criar uma nova janela e também passar janelas para abas, possibilitando também a transferência de abas de janela para janela.

    O Firefox 3.5 tem suporte também para algumas tags especificas de novos elementos do HTML 5, como é o exemplo do <video> e <audio>, permitindo assim a visualização de vídeos no Firefox, sem necessidade de plugins adicionais.

    Para os webdevelopers o Firefox traz imensas novidades, como o suporte a outros tipos de letra via download pela propriedade @font-face do CSS.

    O novo motor JavaScript TraceMonkey traduz-se numa maior rapidez na interpretação do javascript e no loading dos sites. Para além disso, o Firefox 3.5 tem suporte nativo para JSON.

    Estas são algumas das novidades presentes no Firefox 3.5 beta 4 que merecem ser exploradas.

    Alojamento Web

    JAWStats – Melhore o AWStats

    JAWSTATS

    JAWStats é o nome de um software opensource que permite verificar as estatísticas do nosso servidor utilizando o AWStats, no entanto com um interface bastante mais limpo, rápido e fácil de consultar.

    O JAWStats ainda está em versão beta, no entanto já tem algumas features bastante agradáveis, como suporte a multi-língua, possibilidade de editar o template, aparência web 2.0 e é bastante fácil de instalar.

    Enquanto que o AWStats é bastante mais estático e os gráficos não são o que se espera numa aplicação dos tempos actuais, o JAWStats tira partido dos dados do AWStas e torna-o numa aplicação web 2.0.

    O nome JAWStats nasce da fusão com a biblioteca JavaScript jquery com o AWStats, portanto JAWStats.

    Com o AWStats + JAWStats quem é que precisa de Google Analytics?