Ubuntu 9.10 Karmic Koala

Ubuntu 9.10

Finalmente está disponível o novo Ubuntu 9.10 Karmic Koala que nos chega com grandes novidades, alguns dias após o lançamento do Windows 7 da Microsoft.

Entre as novidades distinguem-se o novo Ubuntu Software Centre e a integração com o Ubuntu One.

A integração com o Ubuntu One, que lhe permite sincronizar e partilhar online até 2GB de conteúdo do seu computador, não é a única melhoria do Ubuntu no que toca a ferramentas de funcionamento na “nuvem” (Cloud), o Ubuntu 9.10 inclui várias imagens para utilizar em máquinas virtuais em servidores remotos em serviços como o Ubuntu Enterprise Cloud ou a Amazon EC2.

O Pidgin foi substituído por um novo cliente de instante-messaging, o Empathy, sendo uma solução bastante semelhante ao Pidgin, no entanto é criada com base na framework de comunicações Telepathy e funciona de uma forma modular, permitindo outros programadores implementarem outros protocolos de comunicação ao software. O Empathy tem também suporte para chamadas de vídeo nas redes/protocolos que suportem e permite o seu funcionamento em fullscreen.

O Cheese é a ferramenta de captura de fotos e vídeos, foi também melhorado, tendo um aspecto bastante simples, semelhante ao do PhotoBooth do macOSx, tornando assim o seu uso em Netbooks bastante eficiente.

O gestor de arranque eventos de arranque System-V foi também substituído pelo Upstart, e o USplash foi substituído pelo XSplash, tornando assim o boot mais rápido.

O kernel presente nesta versão do Ubuntu é o Kernel Linux 2.6.31, enquanto que o sistema de ficheiro ext4 está agora disponível por omissão no sistema.

Em relação ao ambiente de trabalho, o Ubuntu é uma das primeiras distribuições a incluir o Gnome 2.28, que proporciona bastantes melhorias no ambiente gráfico do desktop. De destacar o Gnome Bluetooth que permite gerir ligações a telemóveis e outros dispositivos que utilizem esta tecnologia e para além disso será possível através do NetworkManager utilizar a ligação dos telemóveis para aceder à Internet. O gdm foi também totalmente rescrito, tornando o ambiente de login muito mais acessível e intuitivo.

AppArmor foi também melhorado, tendo agora a integração com a Libvirt no uso do KVM ou QEMU, com o Firefox, Dovecot e outras aplicações.

As grandes mudanças, fazem com que quem actualize o sistema pelo Synaptic não obtenha todas as alterações efectuadas pelo sistema, visto que o Ubuntu 9.10 tem agora o Grub 2 e outras alterações mais complexas que impossibilitam as alterações on-the-fly.

Para quem quiser actualizar Ubuntu, poderá utilizar o seguinte comando na Consola:

sudo update-manager -c

Caso deseje fazer download da imagem de cd para gravar, basta escolher a versão que deseja sacar e um mirror que se encontre perto de si na página de download do Ubuntu.

Download Ubuntu

Alojamento Web

DreamLinux 3.5

DreamLinuxA equipa de desenvolvimento por detrás do projecto DreamLinux anunciou ontem o lançamento do DreamLinux 3.5.

Baseado em Debian 5.0 Lenny, o DreamLinux 3.5 contra-se em unificar um sistema operativo pronto para qualquer uso, dando especial atenção à facilidade de instalação em portáteis e netbooks através de pens USB.

Tem ao seu dispor dois ambientes gráficos pré-instalados, Gnome e Xfce e ainda vários programas que lhe permitem utilizar o sistema de uma forma estável e completa.

O DreamLinux é acompanhado também por uma ferramenta que permite remasterizar o sistema operativo apenas com o que necessita, óptimo para criar um sistema para utilizar numa rede escolar ou empresarial, onde o software utilizado nos computadores é praticamente o mesmo.

Alojamento Web

Podcast Triplo Expresso – 3º episódio ( Netbooks )

Triplo Express

O terceiro episódio do podcast Triplo Expresso foi gravado em directo ontem e teve como tema principal os Netbooks.

Para além de aprofundarem o tema principal, falando do OLPC, Asus Eee PC, MSI Wind e do mais recente projecto “Magalhães”, os 3 bloggers falarem acerca do Cuil, do iPhone e do suposto telefonema de Steve Jobs a um jornalista em relação ao seu estado de saúde.

No final, o Phil, o David Rodrigues e a Maria João Valente deixaram as suas sugestões de leitura.

Cliquem aqui para ouvirem o podcast.