Cracker búlgaro preso roubou até Bill Gates

São Paulo – O cracker búlgaro, Kolarov Aleksey Petrov, preso pela polícia paraguaia, é considerado o “rei dos crackers” que roubou milhares de dólares do fundador da Microsoft, Bill Gates.

De acordo com o jornal paraguaio ABC, Petrov foi um dos responsáveis pelo roubo de milhares de dólares da conta bancária de Bill Gates, que na época teve seus cartões clonados.

Além de Petrov, foram presos também seus comparsas Petrov Plamen Stoyanov, Kavrakov Konstantin Simeonov e Penchev Marchel Dimov. Com eles foram encontrados dezenas de cartões de crédito clonados e uma quantia de US$ 90 mil em dinheiro.

Petrov é conhecido como um extraordinário conhecedor de informática e considerado o líder de uma rede de falsificadores de cartões, que foi desarticulada em 2004 nos Estados Unidos e Europa.

Alojamento Web

Zune? Quem é que quer isso?

O Zune, aquele gadget que a Microsoft dizia ser definitivamente o iPod Killer, e que pelo que sei, ainda não chegou à Europa, é para mim um gadget visualmente horrível (ao nível do Kindle 2 da Amazon).

Deixo-vos aqui um vídeo, provavelmente encenado, mas que não deixa de ter bastante graça, onde um ladrão rouba o portátil e outros gadgets em cima da secretária de alguém, mas deixa ficar o pobre do Zune.

Alojamento Web

Cuidado com o G-Archiver

Se pertencem ao grupo de utilizadores que utilizou a aplicação G-Archiver, programa que fazia um backup dos vossos emails do Gmail para o vosso computador, fiquem a saber que foram vítimas de roubo de identidade.

O criador deste programa acrescentou uma "funcionalidade" que recolhia os dados inseridos pelos utilizadores e os enviava, por email, para uma caixa de correio do autor da aplicação.

Caso tenham utilizado o G-Archiver, acedam à vossa conta do Google e alterem a password. Se não conseguirem aceder à vossa conta, por esta ter a palavra-passe alterada, contactem o Google.

Alojamento Web

Homens e mulheres igualmente vulneráveis às ameaças na Internet

Quando o assunto é futebol, mecânica ou segurança online, os homens julgam-se experts na matéria. Nos primeiros dois, são; mas no último, nem por isso. É esta a conclusão de um estudo feito pela empresa de segurança digital AVG.

Este estudo foi feito através de um questionário a 1 400 residentes adultos do Reino Unido. Quando questionados acerca dos seus conhecimentos de segurança na Internet, os homens mostraram-se mais confiantes que as mulheres em relação aos seus conhecimentos sobre o assunto.

Mas a realidade é que os homens estão tão susceptíveis de sofrer um ataque virtual como as mulheres. Do total de inquiridos, três quartos já sofreu alguma espécie de roubo de informação. E apenas 20% tenciona alterar os seus hábitos online, o que é mau sinal, pois é um indicador de que os infames emails em cadeia vão continuar por muito tempo.

via Arstechnica e Vnunet

Alojamento Web

Utica College – Colégio com investigação de cyber crimes

Utica College – Colégio com investigação de cyber crimes



Economic Crime Degrees

A segurança online é para muita gente ( pessoas individuais e empresas ) um grande problema nos dias que correm.

Utica College, um colégio universitário dos Estados Unidos, tem um programa de segurança online que lhe permite tirar um curso de investigador do cyber crime e ter um diploma.

Este curso visa preparar e formar pessoas para a investigação à corrupção online.

Investigar, recolher informação e indícios, seguir pistas online e combater o crime online são alguns dos objectivos deste curso.

Com esta graduação o estudante estará preparado para combater a fraude online, roubo dos direitos de autor e da propriedade intelectual, pedofilia, terrorismo e hacking.

online cybersecurity degree