Tubemogul – Partilhe e distribua os seus vídeos

TubeMogulJá tinha aqui falado do Gazup, um serviço que permite distribuir ficheiros por vários sites da Internet. Hoje trago-vos um site do género, o Tubemogul.

O TubeMogul é um serviço que permite enviar um vídeo para várias redes sociais de partilha de vídeos, como o YouTube, Blip.tv, MySpace, Yahoo! Videos, entre outros, e assim atingir um número maior de espectadores.

É uma excelente ferramenta para marketing online, recorrendo a vídeo. O TubeMogul já disponibilizou ao todo mais de um milhão de vídeos por toda a rede Internet.

Se costuma partilhar vídeos online, recomendo-lhe o TubeMogul, pois trata-se de uma excelente ferramenta que certamente irá aumentar o número de visualizações dos seus vídeos.

Alojamento Web

Open Source Rails – Directório de aplicações Rails código-livre

Ruby On Rails tem sido uma das linguagens mais prometedoras e usadas em aplicações Web 2.0.

Para quem programa em RoR, ou está a pensar em começar a aprender, o Open Source Rails reúne uma compilação de aplicações web open-source criadas em Ruby On Rails totalmente gratuitas.

Desde aplicações para serviços de endereços curtos, redes sociais e gestores de tarefas online, o Open Source Rails é uma referência a não faltar para quem estuda a linguagem.

Alojamento Web

Adiciona pré-visualização de imagens ao Gmail com o Xoopit

xoopit

Se gostam de "pimpar" o Firefox e têm uma conta no Gmail, vão gostar do Xoopit. Esta extensão pesquisa os vossos emails do Gmail por links para ficheiros multimédia alojados em serviços como Flickr, Youtube e PicasaWeb, e adiciona uma pré-visualização desses conteúdos ao topo do serviço de email do Google.

O Xoopit permite ainda a inserção das imagens e vídeos encontrados em várias redes sociais e facilita o envio destes conteúdos para os seus contactos.

Pessoalmente, não vejo grande utilidade prática nesta extensão, porque prefiro o email escrito em plain text. Mas se costumam receber vários links para imagens ou vídeos, o Xoopit poderá ser uma ferramenta muito útil.

O Xoopit é compatível com o Firefox 1.5 e posterior. De momento, está em beta privada e funciona apenas com o Gmail, mas outros serviços de email serão suportados de futuro.

Xoopit, via bub.blicio.us

Alojamento Web

Bloggers são mais sociais

Um estudo conduzido por James Baker e Professor Susan Moore, da Swinburne University of Technology, em Melborne, Austrália, mostrou que os bloggers que publicam textos regularmente no seu blog têm uma melhor vida social que as pessoas que não têm ou planeiam ter um blog.

Em entrevista ao site abc.net.au, Susan Moore diz:

Descobrimos que os potenciais bloggers estavam menos satisfeitos com as suas relações de amizade e que se sentiam socialmente menos integrados, não se sentiam tão parte de uma comunidade como as pessoas que não têm interesse me ter um blog se sentem.

O mesmo estudo mostra que as redes sociais também têm um efeito positivo nos utilizadores, fazendo-os sentir-se menos ansiosos, stressados ou deprimidos.

via Techcrunch.com

Alojamento Web

Fique Rico

Na Internet existem enumeras formas de ganhar dinheiro com um site, no entanto é necessário aprender a optimizar o site de forma a que este esteja melhor posicionado no Google e em outros motores de busca para o público alvo.

Para obter mais visitas num site e posteriormente melhores resultados nos ganhos, é necessário a pratica de algumas técnicas de SEO e Marketing Online.

Com um aspecto bastante semelhante ao do social bookmarker Digg, o site Fique Rico, escrito por um profissional na área, dá-lhe a conhecer as melhores formas para gerir um projecto e tirar o melhor rendimento do mesmo usando essas técnicas e recorrendo a ferramentas sociais.

Poderá encontrar artigos que lhe ensinam a importância do RSS feed nos seus sites, como ganhar dinheiro com um simples blog e aumentar os seus rendimentos no Google Adsense.

Visite o Fique Rico e saiba mais sobre o assunto.

Fique Rico

Alojamento Web

Vídeos online: homens e mulheres têm gostos diferentes

Todos nós sabemos que homens e mulheres têm vários gostos diferentes, seja por questões sociais, genéticas ou qualquer outra razão. Os vídeos online fazem parte do conjunto de gostos diferentes entre os dois sexos, como mostra um estudo realizado pelo grupo Nielsen.

De acordo com os dados apresentados, os homens preferem os vídeos criados pelos utilizadores (user-generated content), enquanto as mulheres preferem a visualização de programas.

Este estudo também revela que ambos os sexos tendem a ver estes dois tipos de conteúdos de vídeos em alturas do dia e semana diferentes. Os homens, por exemplo, tendem a visitar sites como o Youtube.com entre as 23h e as 6h e aos fins-de-semana; as mulheres costumam visitar sites como o Hulu.com entre as 12 e as 14, durante a semana.

O estudo faz parte do lançamento do novo serviço do grupo Nielsen, VideoCensus, que monitorizará as preferências dos utilizadores em relação aos vídeos online.

Fonte: Arstechnica.com

Alojamento Web

Rede social Sonico vai lançar versão em português

As redes sociais, com muita pena minha, estão em claro crescente. Uma delas, a Sonico, bastante popular em Espanha e em vários países da América latina, vai lançar uma versão do serviço para utilizadores portugueses e brasileiros.

Actualmente, a Sonico conta com mais de 8 milhões de utilizadores registados. Com a adição do idioma português, contam arrecadar mais 7 milhões de utilizadores portugueses e 40 milhões de utilizadores brasileiros.

Esta será mais uma a juntar às muitas redes sociais disponíveis em português. Quando é que isto vai parar? É que já enjoa tanta porcaria de rede social.

Sonico, via Techtear.com

Alojamento Web

Digsby – uma aplicação que uniformiza a comunicação

As mensagens instantâneas, quer se goste ou não, ainda são uma forma de comunicação e de perda de tempo muito usada. E como ninguém utiliza a mesma rede, existem alguns destes programas com suporte para várias redes em simultâneo, como o Pidgin ou o MirandaIM.

O email é outra forma de comunicação, pelo menos tão utilizada como as mensagens instantâneas: basta ver a quantidade de emails enviados sobre crianças que, em quatro anos, não cresceram um milímetro, tiveram mais de uma centena de nomes e mais de um milhar de doenças; e que as pessoas, por não saberem se é verdade ou não, por via das dúvidas enviam (ainda é mais estúpido do que parece).

Também as redes sociais servem como forma de comunicação, mas o seu grande uso é lazer – nem que seja adicionar completos desconhecidos como se não houvesse amanhã.

Para se ligarem às redes de chats, acederem ao vosso email e gerirem as vossas contas nas redes sociais, têm que utilizar três aplicações diferentes: cliente de mensagens instantâneas, cliente de email e browser. Poderão também utilizar apenas o browser, mas como ele é usado para ver uma miríade de sites, pode tornar-se difícil fazer as leituras diárias, acompanhar os emails e ainda ter umas conversas.

Para simplificar as comunicações, foi criado o Digsby. Esta aplicação multi-plataforma combina as mensagens instantâneas multi-protocolo com o email e as redes sociais, permitindo utilizar estas três formas de comunicação numa aplicação dedicada exclusivamente a elas. O programa suporta ainda temas, separadores para as conversas, popups de alerta, ordenação dos contactos, definição dos tipos de alerta desejados, sincronização entre computadores e ainda gere transferências de ficheiros.

De momento, o Digsby está apenas disponível para Windows. Os utilizadores de GNU/Linux e Mac OS X terão que esperar um pouco até uma versão para estes sistemas estar disponível (ou então tentam emular a aplicação).

Digsby, via Arstechnica.com

Alojamento Web

Guarde as links que não pode ler agora com o Instapaper.com

Eu nunca gostei muito do chamado Social Bookmarking. A razão para este desgosto é simples: não gosto muito dos serviços sociais, onde quase tudo é partilhado por defeito.

Há uns tempos atrás, descobri o Ma.gnolia.com. O serviço é porreiro, mas só permite adicionar bookmarks e dar uma classificação aos favoritos. Mais que isso, só mesmo partilhar-mos a nossa lista de favoritos com os outros utilizadores.

Mas ontem descobri um serviço de bookmarking que é o que eu sempre quis: permite guardar links, marcá-las como lidas ou não lidas (isto é óptimo para guardarmos links para futura leitura) e apagá-los. Só isto.

Normalmente, para guardar as coisas que quero ler, adiciono-as à homepage do Firefox e depois só tenho que carregar no botão da página inicial (aquele ícone em forma de casa) para os ver. O problema é que, assim, abrem-se as links todas de uma vez. O resultado é o browser lento e uma eternidade a carregar os sites (costumo ter, em norma, 8 a 11 links a abrir em simultâneo – mas já tive quase 20).

Vocês nem imaginam o jeito que isto me dá! Felizmente, agora só tenho que visitar o instapaper.com e clicar nas links que adicionei, através de uma snipet no Firefox, ao serviço. Depois de lida uma link, vou novamente ao instapaper.com e clico no botão ao lado da link que diz “skip”; assim a link ficar marcada como lida, o que é óptimo para saber o que já vi. Se quiser, também posso apagar a link.

Como tudo, este serviço não é perfeito. Para criarmos conta, só precisamos de escolher o nome de utilizador e o registo está feito. O problema é que, assim, o serviço fica sem password e as links à vista de todos. Para acabar com estes dois problemas de uma vez, basta adicionar uma pass e está feito, algo que devia estar disponível aquando do registo. A falta de tags é outro dos pontos menos bons do serviço.

Este serviço foi criado pelo mesmo criador da plataforma de microblogging, Tumblr.com. Tal como o Tumblr, o Instapaper é muito simples e extremamente fácil de utilizar. Sem dúvida que o recomendo a todos os utilizadores.

Instapaper.com

Alojamento Web

Google AdWords com anúncios direccionados

O Google está a implementar uma funcionalidade que irá permitir aos anunciantes do AdWords definir o target dos seus anúncios. Se um anunciante quiser, um dos seus anúncios pode aparecer só a pessoas com menos de 30 anos ou só a homens ou mulheres.

De acordo com o site blogoscoped.com, o Google consegue saber a que utilizadores direccionar os anúncios porque algumas redes sociais partilham os dados dos seus utilizadores com a empresa. Mas esses dados serão apenas de utilizadores que aceitaram esse envio e que têm uma idade igual ou superior a 18 anos.