Twitter: links serão independentes dos 140 caracteres

Sean Garrett (@SG) anunciou no blog oficial do Twitter que a rede social irá renovar a maneira como os URLs são gerados e mostrados na rede social. A grande razão por detrás destas mudanças têm a ver, principalmente, com a segurança dos utilizadores.

Actualmente ao vermos um link encurtado, como por exemplo: http://bit.ly/5dnAk, não temos a certeza de qual será o seu destino final e se conterá algum malware.

De modo a combater este problema, os links passarão a ser automaticamente encurtados usando o serviço de URL Shortening do próprio Twitter, o t.co. Outra boa notícias é que o URL gerado não contará para os 140 caracteres do tweet!

A maneira como os links serão mostrados ainda permanece em dúvida, mas Sean avança uma possível hipótese no post:

Ao inserirmos um link extenso num tweet, como por exemplo:
http://www.amazon.com/Delivering-Happiness-Profits-Passion-Purpose/dp/0446563048
o serviço t.co iria encurtá-lo para http://t.co/DRo0trj e este mesmo link seria visível via SMS (devido ao limite de caracteres nas SMS) enquanto que na versão web e nos clientes de Twitter poderia ser mostrado algo como “amazon.com/Delivering-” que depois nos remeteria para o site da Amazon.
Sendo que o principal objectivo do Twitter é mesmo transmitir ao utilizador aonde é que o link realmente o vai levar.

Este serviço, por enquanto, apenas está disponível para os funcionários do Twitter @raffi e @rsarver e para o profile @twitterapi, mas ao poucos mais utilizadores terão acesso a esta funcionalidade, tal como já aconteceu anteriormente para as funcionalidades das Listas e Retweets.

O Twitter conta de fazer chegar esta funcionalidade a todos os utilizadores durante este Verão.

Alojamento Web
Alojamento Web
Alojamento Web

Twitter aumenta o limite da API

Twitter

Ao que parece, o Twitter aumentou o numero de pedidos que uma aplicação pode fazer à API por hora de 100 pedidos para 150.

Apesar de não haver confirmação por parte do Twitter, o aumento do limite foi detectado em algumas aplicações como o Tweetdeck e o Twhirl.

Alojamento Web

FileSocial – Partilhar ficheiros pelo Twitter

FileSocial

O FileSocial é um serviço que permite a partilha de ficheiros pela sua conta Twitter, só tem que adicionar os seus dados, adicionar uma descrição e anexar os ficheiros que deseja partilhar.

Ao enviar os seus documentos, irá automaticamente enviar um tweet com o link para os mesmos, caso deseje, poderá também desactivar essa opção.

Poderá enviar qualquer tipo de ficheiro, não havendo qualquer tipo de restrição quanto ao formato do ficheiro.

Alojamento Web

Twitter – timeline down

Chegou o dia do julgamento. O timeline do Twitter não está a mostrar os updates dos outros twitters, ao principio pensei que este estivesse offline, mas não.

Será que todos os outros tweeteiros foram vitimas de um ataque de extra-terrestres? Será hoje o dia do julgamento?

/me alone @ twitter

Edit: Parece estar a voltar ao normal… já recebo tweets de algumas pessoas.

Alojamento Web

A caminho da Twittersfera

Para não variar hoje falo-vos novamente do Twitter. Acordei hoje bem disposto e depois do pequeno-almoço, fiz o que faço diariamente: sentar-me à frente do computador para consultar mails, aprovar comentarios nos meus blogs e pois claro, ver os Tweets da malta.

Eis que reparo num tweet da jornalista Alberta Marques Fernandes (@AlbertaMF) sobre um vídeo onde conta a história de uma personagem que ainda não sabia o que era o Twitter. Chocado, o seu amigo fanático pelo Twitter levou-o para a Twittersfera para melhor explicar o que é este fenómeno.

Acontece que com uma simples afirmação desta personagem, todos os tweeteiros utilizadores deste serviço de micro-blogging, entram em estado de choque desesperando-se completamente. O resultado? “Twitter is over capacity” (quem nunca apanhou aquela imagem da baleia?).

O vídeo por si, está bestial e mostra que nem sempre aquilo que escrevemos, interessa. Mas, uma coisa é certa, só nos segue quem quer não é? É claro que tweetei sobre este vídeo. 😀

Alojamento Web

Os países mais interessados no Twitter nos primeiros meses de 2009

Já todos conhecemos o fenómeno que é o Twitter. De acordo com um artigo recente, 2009 será um excelente ano para este serviço visto que está a continuar a ter um grande impacto por esse mundo fora.

De forma a verificar o impacto global do Twitter, o Pingdom utilizou como ferramenta o Google Insights for Search, que permite comparar o volume de buscas em regiões específicas, categorias ou períodos de tempo, e parece ser muito útil para estudar vários aspectos, como padrões e tendências. Dito por outras palavras, é possível saber o grau de interesse por país dos utilizadores sobre este ou aquele serviço.

De acordo com os primeiros meses de 2009 obteve-se o seguinte resultado:

Taxa de interesse no Twitter

Algumas observações:

  • Os cinco primeiros são todos países de língua oficial inglesa. De facto, se olharmos para o Top10, sete são países onde a população fala maioritariamente o inglês.
  • Os países com a maior taxa de interesse no Twitter são o Reino Unido e a República da Irlanda neste momento.
  • Portugal surge num excelente 6º lugar mostrando que somos fortes amantes do Twitter e que a divulgação pela imprensa e pela blogosfera deste serviço conseguiu a atenção dos portugueses.
  • A África do Sul, que desconhecia possuírem uma forte comunidade internauta, completa o Top10.

O que os resultados nos mostram é que o Twitter está a tornar-se um grande fenómeno global com principal tendência nos países com língua oficial inglesa. Este domínio explica-se pelo facto de existir uma grande comunidade inglesa de utilizadores do Twitter o que faciita muito. Isto não acontece em países como a Suécia ou Alemanha cujo maior obstáculo é mesmo a língua, sendo que apenas uma pequena minoria de utilizadores escreve tweets em inglês.

Alojamento Web
Alojamento Web

Yonkly – Crie o seu próprio Twitter

YonklyO Twitter foi sei dúvida o projecto web de 2008, juntando milhões de bloggers num único local de partilha de ideias, discussões e desabafos.

Se está interessado em utilizar o Twitter para uma discussão entre um grupo de pessoas, como os seus colegas de trabalho, o grupo folclore lá da freguesia ou até mesmo o grupo dos webahólicos anónimos, então o Yonkly é o projecto indicado para ti.

O Yonkly permite-lhe criar o seu próprio Twitter em poucos segundos, bastando dar-lhe um nome, escolher um sub-domínio e seleccionar a categoria onde ele melhor se encaixa.

Uma das possibilidades do Yonkly é colocar a sua própria publicidade no seu Twitter de forma a obter receitas a partir da mesma. Para além disso poderá definir o número de caracteres máximos permitidos por Tweet, não se limitando aos 140 caracteres. Poderá ainda definir o grupo como publico, onde todas as pessoas se poderão registar ou então torna-lo privado.

Estás à espera de quê? Cria já o teu grupo e partilha aqui com o WebTuga…