Alojamento Web

OPA da Sonaecon sobre a PT recebe luz verde

opa
A decisão final da Autoridade da Concorrência (AdC) confirmou os dois projectos anteriormente apresentados: a AdC não impedirá a OPA. Segundo a AdC a «operação projectada não resulta a criação ou o reforço de posição dominante da qual podiam resultar entraves significativos à concorrência efectiva». Esta declaração demonstra que a entidade não se deixou impressionar pelas críticas, nomeadamente da Vodafone, que está muito preocupada com a fusão da Optimus com a TMN. A Autoridade da Concorrência acredita que a OPA poderá, inclusivamente, beneficiar os consumidores do sector de telecomunicações. Fonte:Exameinformatica