Nome da ImagemTianhe-1A foi elaborado pela National University of Defense Technology e contem 14.336 processadores e 7168 placas gráficas Nvidia M2050. Para ter uma ideia do valor monetário empregue neste “monstro” só as placas custam 2500$ cada.O Tianhe-1A tem a potencia equivalente a 175.000 computadores portáteis e será utilizado por cientistas em vários campos […]

A corrida para construir supercomputadores cada vez mais rápidos tornou-se uma fonte de orgulho nacional, visto a capacidade destas máquinas em resolver problemas criticos em áreas como a defesa, energia, ciência, finanças ou mesmo nas empresas de petróleo e gás.

Embora os EUA estejam habitualmente no “Top1” da super-computação, o Japão em 2002 já havia lançado uma máquina com mais potencia de que os seus 20 melhores supercomputadores. Os Estados Unidos recuperou o seu estatuto de lider em 2004, perdendo-o novamente só agora.

2 COMENTÁRIOS

  1. E olha que eles nao vao ficar por ai, existe projecto para comprarem bastantes mais… :o)

    O top continuara sempre a mudar, quase anualmente, mas a grande novidade aqui e mesmo ver a China saltar para primeiro lugar.

    Suponho que o proximo primeiro lugar seja, novamente, dos States e que depois pertenca ah China e por ai adiante…

    Vai comecar uma “luta” renhida para ver quem tem mais poder computacional!

    Atencao que, no que toca a este top 1, pelo que ouvi dizer, o cluster esta, neste momento, “siloed”. Eles nem sequer estao a usar isto tudo num so sistema, tem e aqueles nos computacionais todos meio desagregados…

    Nao faco a minima como e que correram um linpack naquelas condicoes…

    O que se diz na praca e que eles conseguem 2.5 peta flops (acho eu?) mas sao teoricos e nao reais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.