[Review] Fonera 2.0N

Antes de mais, confesso que esta é a minha primeira experiência com routers da FON.
Já tinha ouvido falar da marca e da sua comunidade de open wireless que já conta com mais de 1,5 milhões de utilizadores. As minhas expectativas eram algo altas mas o Fonera 2.0N correspondeu.
Antes de mais estas são as principais características do router:

  • > Entrada USB frontal para ligação de discos rígidos externos e/ou pen 3G;
  • > Norma 802.11n (até 300 Mbps);
  • > 2 antenas com 2.3dBi (não amovíveis);
  • > 4 portas Ethernet;
  • > Uploader para Youtube, Flickr, Picasa e Facebook;
  • > Downloader com suporte para RapidShare e MegaUpload;
  • > Aplicação Transmission para download/upload de torrents (sem auxílio do computador);
  • > Notificações do Transmission via Twitter.

A meu ver, a única desvantagem deste router é o facto de apenas possuir portas Ethernet 10/100, o que, teoricamente, significa que podemos obter mais velocidade através de wireless graças à norma 802.11n que suporta até 300 Mbps.

Agora passando à review. O processo de encomendar o router pelo site da FON é bastante simples e intuitivo.
Ao preço do router de 79€ juntaram-se 10€ de portes ficando a compra em 89€. Os portes saem um bocado caro, mas o certo é que no espaço de 3 dias a UPS entregou-me o router em casa sem problemas.

A minha primeira grande surpresa foi o tamanho reduzido do router. É mesmo muito pequeno quando comparado com os anteriores routers que já tive.

A montagem do Fonera 2.0N é igual à de um router comum. Uma vez ligados os cabos é hora de aceder à interface de gestão do Fonera (FON Router GUI) para configurar as coisas.
É muito fácil aceder a esta interface, basta escrever “fonera” na barra de endereço do browser.

A primeira vez que acedemos ao router surge a configuração inicial onde nos é pedido para definir a password de acesso ao router e opcionalmente podemos introduzir os nossos dados de acesso aos vários sites que mencionei em cima para tirar proveito do uploader de ficheiros.

De seguida é-nos dada a opção de registar o nosso Fonera de modo a podermos fazer parte da grande comunidade open-wireless da FON ao disponibilizarmos uma rede wireless de acesso aberto a outros utilizadores de Foneras, denominados de “foneros“. Como recompensa por estarmos a partilhar a nossa largura de banda (ou parte dela) com outros “foneros” podemos usufruir de acesso gratuito à net nos milhões de pontos de acesso FON espalhados pelo mundo disponibilizados por outros “foneros”. Esta componente de partilha de internet é totalmente opcional, ficando ao critério de cada um se o pretende fazer ou não.

Assim que o router conclui esta fase inicial de configurações estamos prontos para aceder à interface de gestão do Fonera.
Na minha opinião, a GUI do Fonera é outro dos seus pontos fortes. Em vez de nos aparecer uma página com cores genéricas com um menu alinhado à esquerda e conteúdo à direita como acontece com vários firmwares de routers, neste caso temos uma interface limpinha, arrumada e apelativa baseada em ícones:

Como podem ver pela imagem em cima, no topo da página temos atalhos para as funcionalidades de upload de ficheiros para variados sites, para a aplicação de torrents(Transmission) e para o Download Manager. Por baixo do lado esquerdo é mostrada a informação da rede e do lado direito temos as secções Applications, Settings, Filebrowser, USB Disk e UMTS/3G. A interface está disponível em várias línguas, incluindo português.
Os mais curiosos podem aceder a uma demo da interface do Fonera 2.0N no site da FON em http://demo.fon.com/luci/.

Em Applications podemos instalar/desinstalar plugins como servidor de música ou servidor de impressão:

Nas Settings é onde temos as configurações vitais do router: configuração de IPs, dados de acesso à rede wireless entre outras.
Está tudo perceptível e é sempre fácil aceder às configurações que pretendemos:

Os ícones de Filebrowser e USB Disk ficam activos (sem a cruz) quando ligamos um disco externo à entrada USB do Fonera. O mesmo acontece com o ícone UMTS/3G,
que apenas fica activo se ligarmos uma pen 3G ao Fonera para partilhar a ligação com vários computadores.

Uma vez explicada a interface, a primeira coisa a fazer é actualizar o firmware para a versão mais recente. De origem o Fonera trazia a versão 2.2.6.0 e actualizei-a para a 2.3.0.0.
Esta nova versão acrescenta, para além de correcções de problemas e bugs, o plugin do Twitter, que irei explicar mais à frente.

Depois de configurar a rede wireless, liguei com sucesso todos os PCs da casa à rede, quer por cabo ou por wireless. Mas só depois de fazer o upgrade ao firmware é que consegui ligar todos os computadores sem problemas. Até fazer o upgrade, alguns PCs tentavam a ligação à rede mas não se conectavam.

De seguida liguei um disco externo ao hub que introduzi na porta USB do Fonera. O disco foi reconhecido pelo router e ficou logo acessível, quer através do Filebrowser incluído no router ou através do Explorer do Windows. Para aceder através do Explorer, se estiverem a usar o Windows Vista ou o 7, basta escrever “\\fonera” no menu Iniciar e de seguida introduzir o username “fonero” e password que se definiu para aceder à interface do router.

No entanto a FON indica que para usar todas as funcionalidades que o router oferece, tal com o Transmission, o disco deve estar formatado em sistema de ficheiros Ext2 ou Ext3. Usando o Acronis Disk Director (não vem incluído com o router) formatei o disco para Ext3. Uma vez formatado o disco, o Fonera instalou a aplicação com sucesso. Todos os ficheiros descarregados por esta aplicação ficam guardados no disco dentro de uma pasta chamada “torrent”. E o melhor de tudo isto é que todos os downloads ou uploads são feitos sem a necessidade de nenhum computador ter de ficar ligado, o Fonera é completamente autónomo. E também é nesta aplicação que funcionalidade do Twitter se revela útil. O Transmission permite que possamos receber avisos e indicações via Twitter do estado dos downloads e uploads para que não nos escape nada.

Segundo os meus testes, a taxa de transferência de dados via WiFi do disco externo para um computador na rede e vice-versa anda na casa dos 2.8 MB/s e 2.3 MB/s respectivamente. Quando ligado à rede por cabo, ronda os 6 MB/s e 4 MB/s respectivamente. Relembro que as velocidades anunciadas pela FON eram de 8 MB/s para Ethernet e 4 MB/s para WiFi.

Em jeito conclusão, analisando todos os factores, penso que o Fonera 2.0N foi um investimento bem feito, tendo em conta todos as características que incluí face ao preço pedido.

É sem dúvida um router ideal para quem gosta de ter uma rede caseira com funcionalidades acima da média que pura e simplesmente funciona sem dar chatices.

Author: João Joaquim

Web designer/developer. Siga-me no twitter: @joaojoaquim

25 thoughts on “[Review] Fonera 2.0N”

  1. E as velocidades em termos dos torrents? É geralmente aí que a coisa empanca.

    Quantos podes ter em download em simultâneo?

  2. Uma dúvida que tenho é sobre a partilha de ligação 3G via aqueles dongles USB…

    Quais são os suportados? Existe possibilidade de acrescentar drivers?

    Hugz,
    Luis

  3. Boas realmente é uma ajuda á partilha de internet,mas nao sei se sabem a ZON aka Netcabo agora com os modems de 100mg (sim ofereceram-me este plano pelo preço dos 18mg) tem algo que chamam ZON Fon…
    Brevemente irei fazer uma review sobre isto!!

  4. @Edgar Durão:
    No meu caso, as velocidades de downloads são iguais às que consigo com o uTorrent (por exemplo) no meu pc.
    Não sei qual é o limite de torrents, ou se existe algum limite, mas testei com 5 torrents ao mesmo tempo e estavam todos a fazer download e upload sem problemas.

    @Nasp:
    LOL, também li esse post mais tarde. Mas pelo que percebi a actualização do firmware para a versão 2.3.0.0 corrige esse bug.

    @Luís Miguel Silva:
    Tal como o Nasp disse e bem, a lista de pens compatíveis está disponível na Wiki da Fon.
    Este é o link directo para a lista:
    http://wiki.fon.com/wiki/3G_compatibility

  5. @Nuno José:
    O router tem servidor de impressora. Eu menciono isso na review. Essa funcionalidade tem é de ser activada nas Applications. Vê a segunda imagem que coloquei da GUI do Fonera.

  6. Se calhar não me fiz entender, eu queria era saber se é possível ter 2 ou 3 ligadas em simultâneo?

  7. ola.

    este router funciona com o sapo adsl? ou so funciona com a zon?

    cumps

  8. @Chinook:
    Sim, podes ter várias pens ligadas ao router. Podes até atribuir um nome diferente a cada pen para distingui-las.

    @Hugo:
    Segundo a FON, o Fonera 2.0n suporta internet por cabo e ADSL. Penso que não terá problemas com o Sapo ADSL.

  9. É verdade que a ligação wifi não é dual band?
    ou seja, apenas liga a dispositivos N e não a B ou G…

    Thanks

  10. @zbuh:
    Não, o router permite-te definir que normas wireless são acessíveis. O Fonera tem disponíveis os seguintes modos:
    Mixed b/g (suporta normas b e g)
    Mixed b/g/n (suporta todas as normas – é o ideal e o que vem activo por defeito)
    Mixed g/n (suporta normas g e n)
    b only (suporta apenas norma b)
    g only (suporta apenas norma g)
    n only (suporta apenas norma n)

  11. @Hugo

    O Fonera não tem modem…………,por isso ele trabalha com qualquer ligação de rede(internet), terás que ligar ao fonera um cabo de rede que virá de um modem adsl ou cabo, ou até de um switch ou de um router….etc

    Podes ainda usar internet apartir de uma Pen3G que ligas a tomada usb do fonera.

  12. Olá a todos!

    Esta semana, chegou o meu La fonera 2.0N. Liguei-o os 45 minutos como diz no guia rápido de instalação, mas devo ter-me enganado ou feito algo de errado pois o router não actualizou, Alguém sabe aonde posso encontrar o firmware 2.3.0.0 para fazer o upgrade manualmente??? Já corri tudo e não encontro.

    Desde já o meu obrigado

  13. Pois eu já tinha testado esse é dá-me “Invalid Image”.
    O router em Wifi, está a funcionar a 100%, mas um dos pc’s que está ligado por cabo de rede, não consegue internet, nem sequer comunicar com o La Fonera, ou até mesmo com o modem/router aolink! O que achas que poderá ser? Será que foi por isso que não actualizou???

    Desde já o meu obrigado

  14. @Pedro:
    Assim de repente, não estou a ver qual será o problema. Experimenta fazer um reset ao router nas settings do Fonera (Settings -> Factory Default). Se mesmo assim não funcionar, verifica se esse PC que queres ligar por cabo está definido para receber um IP atribuído pelo router.

  15. @Pedro:

    Boas… Tb estive com o mesmo impasse, utiliza a imagem 20090921_FON2303_2.3.0.0_DEV.tgz em vez da “img”

    Qto a situação de teres via cabo de rede tive o mesmo problema, penso que te referes a utilização do Aolink DR814Q. Espero que ajude
    Colocar em modo Bridge

    Para colocar o DR814Q em modo bridge (para usar com outro router ou estabelecendo a ligação PPPoE no PC), deverá configurar-se da seguinte forma:

    1. Aceder à página de configuração, na parte “Ethernet Port Attachment Setting”, em LAN1 (ou outra porta ethernet que se queira usar como bridge) seleccionar a opção “Attached to PVC1”.
    2. Na secção “PVC Setting”, definir os valores de VPI/VCI 0/35 para PVC1.

  16. não percebi muito bem @pedro

    onde tem essa opção “Ethernet Port Attachment Setting” ?

    esta configuração da para configurar o router a apanhar rede wireless de outro router e emitir o sinal, ou seja aumentado-o ?

  17. Boas…

    Sou um Fonero (La Fonera 2.0n) e já algum tempo que E por varias maneiras tentei aceder ao La Fonera 2.0n através da conta crianda em Dyndns.org e vou sempre dar ao meu Modem/Router sem ser o La fonera… Alguma coisa me esta a escapar só n sei o que…

    Alguém me pode ajudar?

    Desde já fica aqui o obrigado!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.