SuseStudio – Criar uma distribuição Linux nunca foi tão fácil

WebTux

O SuseStudio é um projecto que permite através de um gerador web based criar uma distribuição Linux com apenas aquilo que necessita, bastante semelhante ao já existente Nimblex, referido anteriormente aqui no WebTuga.

O projecto ainda está em fase Alpha e poderá candidatar-se submetendo o seu endereço de e-mail no formulário presente na página principal do projecto.

Já tinha conhecimento deste projecto à algum tempo e estava ansioso para que me enviassem o convite.

Criar distribuição através de template

SuseStudio
O primeiro passo para criar a sua distribuição através do SuseStudio é escolher o tipo de template que deseja. Todos os templates são baseados em openSuse 11.1 e poderá escolher desde openSuse 11.1 em modo texto, sem ambiente gráfico, optimizado para servidores, openSuse 11.1 Minimal X, onde apenas tem um ambiente gráfico minimalista com o servidor X, openSuse 11.1 KDE 3 com o ambiente KDE3 e OpenSuse 11.1 KDE 4 com o KDE4, o OpenSuse 11.1 com o ambiente gráfico Gnome e ainda o OpenSuse 11.1 JeOS com um ambiente pequeno que apenas ocupa 84MB em ficheiro compactado em zip.

Nome da distribuição Linux

Depois de feita a escolha do tipo de template que deseja, será redireccionado para um novo wizard que lhe irá pedir o nome a dar à sua distribuição.

Nesta nova janela terá acesso a vários menus de configuração onde poderá optar por seguir todos os passos ou saltar os passos que desejar, voltar atrás para alterar, etc…

Adicionar repositórios à distribuição

SuseStudio

Continuando a seguir as indicações do wizard, irá agora chegar à aba “Software”. Nesta nova aba, a primeira opção permite-lhe adicionar repositórios adicionais à sua distribuição baseado em software ou através do url.

Poderá ainda procurar repositórios pesquisando por software, pacotes e pelo nome dos repositórios.

Adicionar software à distribuição

O passo principal para tornar uma distribuição personalizada é permitir instalar software e pacotes que desejamos.

Para tal o SuseStudio tem um conjunto de aplicações separadas por categorias que poderá instalar ou desinstalar a qualquer altura na sua distribuição.

Poderá escolher desde software de desenvolvimento, aplicações servidor, jogos, ferramentas multimédia, etc…

Configuração da distribuição

SuseStudio

Agora é que chegou a hora de configurar alguns parâmetros do sistema na aba “Configuração”.

Nesta parte temos várias opções de configuração divididas por várias categorias. Nas opções gerais podemos alterar a Língua, o layout do teclado, a região e o fuso horário, bem como activar a firewall e definir a forma de como a rede vai funcionar.

É aqui também que se adicionam e gerem os utilizadores e grupos que vão ser incluídos na distribuição por omissão.

SuseStudio

Nas opções de personalização poderá adicionar um logótipo à sua distribuição, que irá ser mostrado no gestor de arranque Grub, no bootloader, na consola e no painel de login. Poderá também aqui definir a imagem de background por defeito, utilizando uma das disponíveis ou fazendo o envio de uma imagem à sua escolha para o servidor.

SuseStudio

Em relação às opções de arranque, poderá definir se o sistema irá arrancar em modo gráfico ou modo consola e ainda adicionar uma EULA que os utilizadores terão que aceitar antes de usar o sistema operativo.

SuseStudio

Poderá configurar um servidor MySql na sua distribuição, podendo incluir os seus próprios parâmetros na configuração do servidor de base de dados.

SuseStudio

Nas configurações poderá ainda definir se deseja que o sistema faça login automaticamente numa conta de utilizador definida por si e se deseja que sejam executados comandos ou arrancados programas automaticamente com o sistema, definindo também o utilizador a que o processo vai ser associado.

SuseStudio

Tem a possibilidade de gerir o tamanho da RAM e o espaço do disco virtual default para o formato de virtualização VMware ou ainda o espaço da partição SWAP para o formato de imagem de disco.

SuseStudio

É possível ainda criar os seus próprios scripts e adicionar-los à distribuição de forma a correrem quando o build da mesma terminar ou sempre que a distribuição arranque.

SuseStudio

Adicionar ficheiros à distribuição

Como que se não bastasse, poderá ainda adicionar ficheiros e arquivos à sua distribuição através do upload pelo seu computador ou remotamente via URL.

Poderá enviar ficheiros individuais e arquivos e apontar a pasta onde estes vão estar localizados, o dono do ficheiro, grupo e ainda as permissões do ficheiro ou arquivo.

Fazer Build da distribuição

SuseStudio

SuseStudio

No final, poderá fazer o build da sua distribuição em vários formatos, desde imagem de disco para gravar em CD ou montar numa pen USB, Live CD/DVD que irá criar um ISO que lhe permitirá arrancar o sistema sem o instalar no seu computador e ainda criar em formato de máquina virtual compatível com VMware.

Ao fazer a build, tem ainda a possibilidade de indicar a versão que quer dar à distribuição.

O build não demorará mais do que 10 minutos, dependendo do software e das configurações que optou.

Testdrive à distribuição

SuseStudio

Ainda antes de fazer o download da distribuição final, o SuseStudio permite arrancar a distribuição pelo seu próprio browser utilizando uma máquina virtual em Java, possibilitando-o assim verificar possíveis alterações a fazer. É ainda possível ver os ficheiros que a build final tem.

SuseStudio
SuseStudio

Existe ainda a possibilidade de aceder à sua distribuição via SSH para o servidor do SuseStudio.

SuseStudio

Tem 15GB de espaço para criar quantas builds desejar, podendo para além disso clonar as suas distribuições para fazer novas baseadas nas que já criou.

Para além disso, durante a configuração da distribuição, o SuseStudio vai-lhe dando pequenas dicas na barra lateral de forma a ajudar-lo a melhorar a sua distribuição.

No final poderá efectuar o download das distribuições e testar utilizando um software de virtualização como o Parallels.
SuseStudio
SuseStudio
SuseStudio
SuseStudio
Tudo isto não seria possível se as aplicações não fossem gratuitas e opensource. Este é um dos projectos que mais valorizo de momento e que provavelmente irá ajudar a converter muitas pessoas.

Não será apenas útil para os novatos, mas também para quem precisa de criar um template para instalar em várias máquinas em rede, onde os sistemas são praticamente iguais.

Aconselho-os sinceramente a tentar arranjar um convite para este projecto e a testar a fundo todas as funcionalidades.

Agora deixo-vos aqui com um screencast e gostaria de saber o que acham deste projecto, se utilizam alguma distribuição Linux e qual. 😛

Author: cenourinha

Fundador do WebTuga, encarrega-se pela gestão de todos os sites da rede, e é blogger no WebTuga, no Boorlix e no MobileTuga.

14 thoughts on “SuseStudio – Criar uma distribuição Linux nunca foi tão fácil”

  1. Boas!

    Quanto tempo é que demoraram a mandar-te o convite?

    EU pedi convite ontem. Será que ainda vai demorar muito? =S

    Cumps

    Ultimo post no blog do hedegare: Comunicado

  2. @hedegare

    Eu tinha pedido o meu a bastante tempo, no entanto ontem inscrevi-me com outro e-mail e hoje recebi o convite nesse mail. No anterior não recebi nada.

    Pode ter sido sorte… 😛

  3. Já vou pedir convite… Será que é desta que vou largar o Ubuntu?

    @PT E enquanto houver 50 001 utilizadores vai fazer falta uma coisa destas…

  4. Sou novo a comentar, costumo acompanhar.
    Bom post, mto obg.

    keep it up, cumps

  5. Ya mas será ke as 50 000 distros com configs diferentes não chegarão?

    não tou a tirar o crédito, é um bom trabalho, não sei é se a ideia é muito bem pensada…

    Ultimo post no blog do PT: WTF tattoo

  6. um post no Webtuga que não fala no twitter? (lol deixa-me cá ver)

    Agora a sério, muito fixe… se é SuSE é bom, vou pedir convite

  7. Quem quiser convites envie-me o e-mail para admin at webtuga dot com com o titulo “CONVITE SUSESTUDIO”, vou tentar fazer chegar os convites até ao final do dia de hoje… 😛

  8. Recebi logo o convite depois de me candidatar. O sistema é um pouco difícil de gerir para quem não usa SUSE nem entende muito de pacotes. Ainda assim, não lhe retiro o elogio ao facto de ser intuitivo.

    Ps: Ao pessoal que não conseguiu o convite, aposto que se inscreveram usando e-mail hotmail ou live. Ou estarei enganado?

    Ultimo post no blog do André: A imutável ânsia pelo tão aguardado álbum

  9. mtu bom esse site
    tava precisando mesmo criar u8ma distro linux
    tentei kurumin/knoppix mas nao deu

    ———————————————————-

    morimoto,volta a fazerr kurumin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.