Transparência nativa no GNOME

A próxima versão do motor de tema GTK+ Murrine vai suportar transparência através do suporte para RGBA.

Para fazer uso dos efeitos translucidos do Murrine, será necessário ter um composite instalado – como o Compiz ou a versão em desenvolvimento do Metacity. Mas, caso um composite não esteja instalado, o tema aparecerá normalmente – ou seja, sem as transparências.

De acordo com o criador do motor GTK+ Murrine, a utilização de widgets translucidas nos temas para o Murrine não afectará o desempenho do computador.

{Fonte: Ars Technica}

Author: Bruno Miguel

Blogger, apreciador de cerveja e defensor do software livre, corre um sistema GNU/Linux de acordo com Stallman e sem quaisquer bugs - apenas com funcionalidades não desejadas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.