WebTuga Music Show – 16 de Fevereiro

Music ShowPois é, hoje é segunda e eu já me ia esquecendo novamente do WebTuga Music Show. Desta vez foi escolhida uma música sugerida pelo Bruno Bernardino, que é simplesmente fantástica.

Trata-se da música Les Papillons, cantada por Thomas Fersen. Estou sem palavras, vejam um vídeo e ouçam a música.

Não se esqueçam de sugerir a música para a próxima semana, bem como enviar sugestões para o vídeo de amanhã no post do WebTuga Video Show de 10 de Fevereiro.

Alojamento Web

FCCN – Liberalização dos domínios .pt adiada ( e vão 3 )


Lembram-se deste artigo do Bruno que falava do facto de a "Liberalização dos domínios .pt ter sido adiada novamente"? Então trago-vos novidades.

Supostamente a liberalização dos domínios .pt entrava em vigor ontem, dia 1 de Maio, no entanto a FCCN fez saber que a liberalização foi adiada mais uma vez, sem data de previsão.

Este processo tem-se arrastado ao longo dos anos e demonstra a lentidão com que Portugal trata de certo tipo de assuntos.

Enquanto muitos esperam pela liberalização dos domínios .pt ( é melhor arranjarem um banquinho ), nós por cá pensamos no que havemos de fazer ao WebTuga.pt

Alojamento Web

Feedburner com problemas

Feedburner problems
Ao que tudo indica, os macacos do Feedburner voltaram a enganar-se nos cálculos.

No dia 23 de Abril tínhamos cerca de 2212 subscritores, no dia seguinte esse valor desceu para 1984 e ontem voltou novamente a subir até aos 2178.

Será um problema do Feedburner ou foi apenas o impacto do anuncio do Bruno?

Estatisticas Feedburner

Alojamento Web

Assista a vídeos do Youtube no Vista Media Center

Yougle é um plugin para o Vista Media Center que permite aos utilizadores a visualização de vídeos do Youtube e imagens do Flickr, e até ouvir músicas do Yahoo! Music.

A mais recente versão do plugin, versão 0.4.0, o meu foi redesenhado; é possível ver os vídeos do Youtube e afins com o próprio Flash, mesmo num sistema de 64bit; podem ser realizadas pesquisas multiplas em simultâneo; o sistema de controlo parental foi melhorado; e já é possível ver conteúdos para adultos.

O Yougle ainda está em fase beta, por isso não estranhem se ele não funcionar tão bem quanto devia.

bullet Download

Alojamento Web

Paulo Barata lançou a segunda edição da sua revista gratuita

O Paulo Barata, que mantém um site com várias dicas para Windows, lançou a segunda edição da sua revista gratuita, em formato PDF.

A revista do Paulo contém muitas dicas sobre o software da Microsoft, como a reparação do arranque do Windows ou a reposição do protocolo TCP/IP.

Mas não só de software da Microsoft vive a revista do Paulo Barata. Ela tem, igualmente, dicas para aplicações como o Firefox.

Se são utilizadores de Windows, acreditem que vão querer ler a revista do Paulo Barata.

Aproveito para felicitar publicamente o Paulo Barata (que um dia ainda se vai converter ao software livre :P) pelo esforço e para desafiá-lo, também publicamente, a escrever um post aqui no Webtuga.

Download da revista do Paulo Barata, via bitate.blogspot.com

Alojamento Web

Mas afinal o que é o Twitter?

Muitas pessoas têm ouvido falar acerca do Twitter, uma das novas modas na Internet. No entanto, algumas delas ainda não perceberam a verdadeira proposta do Twitter.

O CommonCraft fez um pequeno vídeo, onde explica o verdadeiro uso do Twitter no dia a dia dos internautas.

Veja o vídeo e caso deseje testar o Twitter, não se esqueça de seguir os bloggers do WebTuga ( cenourinha e brunomiguel ou até mesmo as notícias do WebTuga @ Twitter.

Alojamento Web

PyRoom, um editor de texto para escrita concentrada

Para escrever, eu gosto de ter um editor de texto simples, não intrusivo e leve. O Gedit costuma ser mais que suficiente, mas, como a maioria das aplicações, não permite focar a atenção do utilizador apenas nela, mesmo que esteja maximizada – existem demasiados botões e outros widgets quase que a pedir atenção. Por outro lado, tem um verificador ortográfico, uma ferramenta de enorme (e metam enorme nisto) utilidade.

Eu não tenciono deixar de utilizar o Gedit, ou o Leafpad ou mesmo o Scribes – outros dois excelentes editores de texto -, mas para textos mais longos ou que obriguem a uma maior concentração, vou passar a utilizar o PyRoom.

Este editor de texto é escrito em Python – o nome, como o algodão, não engana -, é ultra leve, é executado em ecrã inteiro (fullscreen), permite alterar o tamanho da letra, mudar as cores da aplicação, utilizar o rato para seleccionar texto e, claro, guardar os documentos. Na janela do programa apenas aparece a zona de inserção do texto. Simples e ideal para quem se quer concentrar apenas em bater texto.

Pena é não ter um corrector ortográfico e não permitir a alteração do tipo de letra – pelo menos não ter essa opção na aplicação.

Para instalarem esta aplicação, primeiro têm que instalar o bazaar (apt-get install bzr ou então visitando o site oficial para descarregarem e compilarem o código-fonte) e depois executar o seguinte comando na pasta onde querem descarregar a aplicação: bzr branch http://bazaar.launchpad.net/~brunobord/pyroom/trunk pyroom

Não estou a pensar escrever um romance, policial ou poesia, mas parece-me que vou passar a utilizar mais vezes este editor de texto para escrever as minhas divagações. Quem sabe se, daqui a uns tempos, não as publico e ganho uma fortuna.

PyRoom, via Genbeta.com

Alojamento Web

Entrevista a Nuno Pinheiro, um dos responsáveis pelo interface do KDE 4

banner do KDE 4

Depois da entrevista aos responsáveis da Caixa Mágica, o Webtuga tem o prazer de apresentar a entrevista ao Nuno Pinheiro, uma das masterminds por detrás do KDE 4.

O KDE 4, recorde-se, é a nova versão do gestor de desktop KDE. Consigo trás muitas novidades, entre as quais uma nova framework multimédia e um interface brutal!

Passemos à entrevista.

Bruno: Eu segui com alguma atenção o desenvolvimento do KDE 4. Durante esse desenvolvimento, a data de lançamento da versão oficial sofreu alguns atrasos. Como lidou o projecto com eles?

Nuno: Com naturalidade, quando mudamos para este novo kde já havia uma ideia bastante clara do que pretendamos fazer, portanto enquanto a base dessas coisas não estivessem prontas não poderíamos fazer uma release.
Com este kde 4.0 as tecnologias base estão lá o que quer dizer que todo mar de aplicações KDE mas que não fazem parte do kde podem começar a fazer uso delas, sejam elas o phonon, strigi, solid, decibel ou o plasma.

Bruno: A versão 4.0 do KDE é um marco importante neste projecto, já que foram feitas várias alterações de fundo. Por essa internet fora tenho lido vários comentários que dizem que o KDE 4.0 não está pronto para produção. Qual é a tua opinião sobre isso?

Nuno: Não está claramente, dá para usar, mas não é um substituto para o 3.5 por exemplo.
Como disse na resposta anterior, esta release tem como principal objectivo os pilares do kde 4, e esses estão prontos code wise isto é o grosso do trabalho dos pilares esta feito, é a partir destes pilares que tudo o resto se vai construir, e na minha opinião de engenheiro civil são grandes e fantásticos pilares.
Acho incrível o que conseguimos especialmente que dê para usar e funcione minimamente.

Bruno: Recentemente, a Canonical anunciou que não iria suportar o KDE 4.0 na próxima versão Long Term Support do Ubuntu. Qual a tua opinião sobre esta decisão?

Nuno: Concordo acho que faz todo o sentido a Canonical tem a sua forma de funcionar e de acordo como trabalha não é possível eles de forma seria suportar o KDE 4.0.
Mais uma vez o kde tomou um risco muito sério com este 4.0 mas é um risco que acredito que era impossível de não tomar, se queremos realmente ser um desktop com capacidade de fazer frente a todos os outros, tínhamos de ser muito melhores que todos os outros m todos os aspectos. É isso que este kde promete, a capacidade de ser muito melhor que tudo o resto por aí. Não sei se vamos conseguir mas pelo menos devemos tentar.

Bruno: Eu tenho que admitir que acho o novo interface do KDE fabuloso, extraordinário. Como foi desenvolve-lo? Muito difícil, fácil, muitas dores de cabeça, muitos litros de café bebidos, muitos maços fumados?

Nuno: Obrigado.
🙂 Deixei de fumar e cortei no café a bastante tempo.
Como a maior parte das coisas do kde 4 o que se pode ver agora ainda está muito longe do que poderemos ter, sério é para ficar muito muito muito melhor, o que se vê agora aponta o caminho mas ainda tenho de trabalhar imensos aspectos e muito muito polimento das coisas.
O tema de ícones só estabilizou a cerca de dois meses.
O widget theme qt oxygen ainda precisa de muito muito trabalho até ficar perfeito.
Em relação aos plasmoids bem são mesmo muito recentes e pouquíssimo polidos, mas é normal porque o plasma é o pilar do kde que sendo mais revolucionário, também é o mais inacabado.
Mas é uma uma experiência fenomenal que me gastou a mim e a muitos outros milhares de horas e que outros milhares vai gastar.

Bruno: Os utilizadores de GNU/Linux costumam discutir, muitas vezes de uma forma pouco saudável, as virtudes do KDE em relação ao GNOME e vice-versa. Qual é a tua opinião sobre este assunto? Consideras que um é superior ao outro ou que são apenas duas escolhas entre tantas?

Nuno: Acho que muita gente que não sabe nada do assunto fala demais sobre o assunto.
Acho que o que une o gnome e o kde é muito mais do que os separa.
Acho que são diferentes.
Acho que as questões fundamentais que levaram o kde a dar um salto em frente deveram levar o gnome a também o dar. (o gnome tem questões internas muito importantes para decidir no próximo salto)
Acho que o qt 4.4 nos dá uma vantagem competitiva.
Acho a comunidade gnome fantástica.
Acho muita coisa 🙂

Bruno: Na tua opinião, achas que o GNU/Linux está pronto para o desktop ou consideras que ainda precisa de melhorar nesse campo?

Nuno: Acho que sim, eu uso em exclusivo para cima de 3 anos o kde 3.5 é completamente utilizável por qualquer pessoa. (experiência própria de por linux’s a trabalhar no mundo real com gente real de limitados conhecimentos de computadores, temos mais problemas com uma pessoa que julgue já dominar de computadores do que com aleguem que de facto não tenha grande experiencia).
O objectivo do kde 4 é colocar o kde e o Desktop Linux bem acima de outros Desktops.
Não sei se vamos conseguir mas vamos tentar. e sabemos que temos as tecnologias para o fazer.

Em nome do Webtuga, quero agradecer ao Nuno pela disponibilidade em responder a estas seis questões e desejar-lhe as maiores felicidades no desenvolvimento de interface do KDE.

Alojamento Web

Sugestões para o Natal

Eu tenho estado para aqui a pensar se escrevo um post com sugestões para o Natal. Após um longo período de reflexão, que durou o tempo necessário para abrir o Football Manager 2008, decidi partilhar convosco algumas sugestões de presentes para este Natal.

A minha primeira sugestão é o Tux Droid. Este belo gadget é um must have para todos os "membros" da comunidade livre. Para além de ser uma bela mascote, também é um telefone VoIP, um leitor de mp3 portátil, um alarme e um notificador de chegada de novos mails, notícias, etc. E o melhor de tudo é wireless – só têm que ligar o peixe que acompanha o Tux Droid ao computador.

A minha segunda sugestão vai para uma subscrição da Caixa Mágica. Esta subscrição dar-vos-á direito a suporte técnico, desconto em formação Caixa Mágica, um manual impresso e ainda a Caixa Mágica num belo DVD. É a melhor forma de utilizar GNU/Linux sem medo.

Os peluches em forma de micróbios são a minha terceira sugestão. Estes belos peluches em forma de herpes, malaria, doença das vacas loucas, gripe e outras doenças são, sem dúvida, um dos presentes mais originais deste natal. E o melhor é que a maioria das pessoas vai pensar que os peluches são uns bichos adoráveis!

Nenhuma cama pode passar sem uma almofada e um cobertor, por isso os geeks já vão poder começar a dormir numa graças à almofada e cobertor pretos com letras verdes em binário (quase parece o Matrix). Esta é a minha quarta sugestão.

E agora, last but not the least, uma conta de alojamento Webtuga. Geek que se preze tem um blog, por isso nada melhor que escolher um serviço de alojamento que fala português.

Estas foram as sugestões do Mestre Bruno, que prevê o passado, o presente, o futuro e o camandro. Quais são as vossas?

Alojamento Web

Apresentação

 

Boas a todos, antes de mais gostaria de agradecer ao Cenourinha pelo seu convite para integrar esta enorme equipa que é o WebTuga.

Sou o Bruno Silva tambem conhecido por Portos, sou Admin do meu site livebetas, Beta-Tester Microsoft e Symantec. Sou de Coimbra e pouco mais tenho a dizer, espero que a minha participação no WebTuga traga algo de novo para esta comunidade, como ja citei acima é enorme.

Até breve.