Peça o seu CD gratuito do Ubuntu 10.04 LTS

Ubuntu 10

Apesar de ainda não estar disponível o Ubuntu 10.04 LTS (Lucid Lynx), já é possível reservar o seu CD gratuitamente através do ShipIt Ubuntu.

Faltam apenas 3 dias para o lançamento da versão final do Ubuntu 10.04, a próxima versão da distribuição Linux mantida pela Canonical. Não perca a oportunidade e faça já o seu pedido do CD gratuito aqui.

Alojamento Web

Canonical coopera com Google no Chrome OS

Canonical

Segundo as informações colocadas no blog oficial da Canonical, o Google Chrome OS é um projecto opensource que está a ter o contributo da equipa da Canonical através da realização de um contrato.

O Google Chrome OS vai focar-se em fornecer um sistema operativo simples de utilizar para pessoas que utilizem vários serviços web based, enquanto que o Ubuntu continuará a focar-se no desenvolvimento de um sistema operativo livre, que corre tanto aplicações web based como aplicações nativas, não tendo para além disso qualquer tipo de restrições a nível de hardware.

Chris Kenyon da Canonical relembra que 2010 será um ano com bastantes novidades para o desenvolvimento do Ubuntu e que ao mesmo tempo terão a possibilidade de cooperar com o Google na criação de soluções para integração de dispositivos baseados em Google Chrome OS.

Alojamento Web

Ubuntu 9.10 com boot em 10 segundos

Tux

O actual Ubuntu 9.04 faz boot em 30 segundos num disco normal e em 20 segundos num SSD, mas a Canonical quer melhorar este tempo.

Optando por não usar o Plymouth na próxima versão do Ubuntu, a Canonical quer reduzir o tempo de boot para até 10 segundos em qualquer um dos dispositivos de armazenamento.

Para além disso, o Ubuntu 9.10 Karmic Koala vai incluir o Linux Kernel 2.6.31, o sistema de ficheiros Ext4 como padrão e ainda incluir o Gnome Shell.

O principal objectivo para esta release será reduzir ao máximo o tempo de boot em qualquer máquina que este esteja a correr.

Alojamento Web

10 razões para não utilizar Ubuntu

Ubuntu Tux

Existem muitas pessoas que mesmo após utilizarem o Ubuntu (ou qualquer outra distribuição Linux) continuam a preferir/utilizar o seu Windows (provavelmente pirata ou que pagaram os olhos da cara para o ter ( ou então não )).

Enquanto estava a stumblar (estou viciado no stumbleupon), encontrei um artigo no Socialized Software que indica as top 10 razões para não utilizar Ubuntu e achei no mínimo engraçado.

1 – Não é possível testar antes de comprar

Como o Ubuntu é um software livre, não é possível testar antes de comprar, pois é impossível de comprar.

Por isso o Ubuntu não lhe dá a oportunidade de testar o software antes de pagar.

2 – A instalação de software é demasiado fácil

A instalação de software no Ubuntu via Synaptic ou apt-get é demasiado fácil. Com o synaptic basta fazer uma pesquisa, seleccionar as aplicações/bibliotecas que desejamos instalar e em poucos segundos elas estão instaladas. Simples, fácil e eficaz.

As pessoas estão habituadas a fazer muitas pesquisas e muitos click’s antes do programa estar instalado.

3 – Poucos vírus e muita segurança

Linux é um sistema bastante seguro, portanto não existe a necessidade de ter um anti-virus + anti-spyware + anti-adware + qualquer coisa para proteger os seus dados.

4 – Não tem software de produtividade caros

O Ubuntu não tem uma Suite de produtividade como o Microsoft Office que custa 400$, portanto provavelmente não presta.

O OpenOffice.org é gratuito e opensource, portanto se não se paga, não deve ser grande coisa (tal como o Ubuntu, se é gratuito não presta!).

5 – Não é possível comprar

Como já foi dito o Ubuntu é totalmente gratuito, portanto se não se paga e se até oferecem CDs do Ubuntu é porque provavelmente a ninguém quer o sistema operativo da Canonical e portanto a empresa distribui os CDs que não foram vendidos… provavelmente.

6 – Demasiadas aplicações gratuitas por onde escolher

Existem milhões de aplicações para Linux totalmente gratuitas e a maioria delas é opensource.

São tantas as aplicações que as pessoas têm problemas a escolher aquelas que lhe agradam.

7 – Documentado bem demais

A comunidade Ubuntu junta esforços para documentar todo o software e até mesmo traduzir em várias línguas. Ora se a documentação está em Português não vai prestar… pois o que é em Inglês é que é bom…

8 – Suporte gratuito e rápido

Para além da documentação, das centenas de sites/blogs/fóruns e restantes comunidades que existem para o ajudar a gerir o seu sistema operativo, existem ainda vários canais distribuídos pelas redes de IRC com pessoas dispostas a ajuda-lo em tudo o que for preciso.

9 – Demasiadas Interfaces por onde escolher

Apesar da maioria das pessoas pensarem que Linux ainda é um bicho de 7 cabeças e ainda é tudo por linha de comandos, o Linux permite escolher entre vários Gestores de Janelas (ex: Gnome, KDE, xFCE, etc…) e personalizar totalmente o sistema operativo.

Existem muitas mais configurações possíveis para deskmod em Linux do que em macOSx ou Windows.

10 – Demasiado Eye Candy

Para além dos gestores de janelas disponíveis, é possivel a instalação de pequenas aplicações que apesar de terem como principal objectivo tornar o ambiente Eye Candy, facilitam a vida de quem trabalha com várias aplicações, podendo ter vários desktops no mesmo sistema e agrupar as aplicações em cada um deles.

Alojamento Web

Mythbuntu 8.10

Mythbuntu logo

O Ubuntu 8.10 está ai e as distribuições baseadas no sistema operativo da Canonical estão agora a ser actualizadas para acompanhar as versões do Ubuntu, como é o exemplo do Mythbuntu.

O Mythbuntu é uma distribuição Linux, que como já foi dito anteriormente, é baseada no Ubuntu, mas que tem como principal função tornar o computador num Media Center, utilizando o software MythTV.

O Mythbuntu tem como gestor de janelas o ambiente gráfico Xfce 4 e agora permite também a utilização do Wubi.

O Wubi facilita a instalação do Mythbuntu no Windows, tal como de que um programa se trata-se.

Isto permite-lhe testar a distribuição Linux sem a necessidade de sequer particionar o seu disco.

Alojamento Web

Ubuntu 9.04 – Jaunty Jackalope

UbuntuDesde o aparecimento do Ubuntu, tem-se notado um crescimento notável de utilizadores de Linux.

O facto de oferecerem gratuitamente o sistema operativo em CD sem custos de portes, tem chamado a atenção a alguns dos utilizadores da Internet, o que tem contribuído e muito para o aumento de utilizadores de Linux e para a divulgação da distribuição mantida pela Canonical.

A versão final do Ubuntu 8.10 já está disponível para download e já existem datas para o inicio do desenvolvimento do Ubuntu 9.04, que tem como nome de código Jaunty Jackalope.

O Ubuntu 9.04 começará a ser desenvolvido na próxima Quinta-Feira, dia 6 de Novembro, e tem como data marcada para o lançamento da primeira versão alpha, o dia 20 de Novembro.

Segundo o programado, vão existir 6 versões alphas lançadas até 12 de Março de 2009, uma beta e apenas uma Release Candidate.

Entre a lista de objectivos da equipa de desenvolvimento para o Ubuntu 9.04 estão a redução do tempo de boot, uma melhor integração com recursos e ferramentas web e ainda a mudança do sistema de gestão de versões do Ubuntu para o Bazaar.

Ao longo do desenvolvimento desta nova versão, o WebTuga vai actualizando-o acerca das novidades que vão integrar este novo Ubuntu. Para já apenas lhe podemos informar acerca das datas lançadas pela Canonical:

Ubuntu 9.04 Alpha 1 – 20 de Novembro de 2008
Ubuntu 9.04 Alpha 2 – 18 de Dezembro de 2008
Ubuntu 9.04 Alpha 3 – 15 de Janeiro de 2009
Ubuntu 9.04 Alpha 4 – 5 de Fevereiro de 2009
Ubuntu 9.04 Alpha 5 – 26 de Fevereiro de 2009
Ubuntu 9.04 Alpha 6 – 12 de Março de 2009
Ubuntu 9.04 Beta – 26 de Março de 2009
Ubuntu 9.04 Release Candidate – 16 de Abril de 2009
Ubuntu 9.04 Final – 23 de Abril de 2009

Alojamento Web

Canonical: Ubuntu tem mais de 8 milhões de utilizadores. Deles, qual a percentagem de leitores do Webtuga?

A Canonical, a entidade comercial por detrás do Ubuntu, afirmou recentemente que a distribuição de GNU/Linux que mantém tem mais de 8 milhões de utilizadores em todo o mundo. Mas como nestas coisas dos sistemas operativos livres é difícil adiantar números precisos, porque um CD pode ser usado para fazer dezenas ou mais de instalações, estes números podem estar muito nivelados por cima ou por baixo.

Nós, no Webtuga, poderíamos tentar confirmar ou desmentir estes números a nível mundial. O problema é o tempo que isso demora, e *cof* não *cof* porque ainda temos pouca projecção internacional. Por isso gostávamos de saber quantos dos nossos leitores usam o Ubuntu ou outra distribuição do sistema GNU/Linux ou outro sistema livre. O inquérito está no final deste post e permite a escolha de respostas múltiplas.

via The Var Guy

[poll id=”4″]

Alojamento Web

Ubuntu 8.10 ( Intrepid Ibex ) alpha 1 – Download

Ubuntu Intrepid IbexO Ubuntu 8.10 alpha 1, codename Intrepid Ibex, já está disponível para download.

Vários pacotes foram aprovados para esta nova versão e foi escolhido um novo tema para o sistema operativo, que tem como núcleo a versão 2.6.26 do kernel Linux.

Para já ainda não existe uma versão LiveCD, estando apenas presente o Ubuntu alternate installer. As imagens em LiveCD só estarão disponíveis na versão alpha 2.

Clique aqui para fazer download dos ISOs e lembre-se que não deverá usar esta versão num ambiente de produção.

Alojamento Web

CDs gratuitos de Sistemas Operativos OpenSource

CDs Gratuitos

Apesar de muitas pessoas ainda não terem conhecimento, existem vários sistemas operativos gratuitos e open-source que poderão usar sem ter que gastar dinheiro para usufruir dos serviços do mesmo.

No entanto, hoje em dia não é apenas o código destes sistemas operativos que é gratuito, mas inclusive são distribuídos CDs gratuitos com o sistema operativo.

As empresas responsáveis pelos sistemas operativos, vêem assim uma maneira de promover o software livre e de convencer as pessoas a testarem uma alternativa.

Para aqueles que estejam interessados a testar uma alternativa ao sistema operativo que usam, o WebTuga deixa aqui alguns sistemas operativos que pode receber gratuitamente em casa, preenchendo apenas um simples formulário.

Ubuntu ( Canonical )
edubuntu ( Canonical )
kubuntu ( Canonical )
OpenSolaris ( Sun )
Unbreakable Linux ( Oracle )

Preencha os formulários, espere umas semanas e terá em sua casa os CDs com os respectivos Sistemas Operativos.

Alojamento Web

iPhone e últimos iPod a funcionar no GNU/Linux

Quando lançou os últimos iPod, a Apple anunciou que a base de dados destes leitores de mp3 estaria encriptada e que só poderia ser acedida a partir de um computador com o iTunes. Como GNU/Linux não tem iTunes, não era possível copiar ou retirar músicas dos iPod.

Mas agora, com a versão 0.6.0 da libgpod, é possível utilizar uma aplicação como o Rhythmbox ou o Gtkpod para gerir as músicas dos leitores da Apple e até do iPhone. O launchpad.net, da Canonical, tem um tópico onde estão disponíveis as instruções detalhadas deste processo.

via Downloadsquad.com