Storytlr – Plataforma Opensource de LifeStreaming

Storytrl

Storytlr é uma plataforma opensource de lifestreaming e microblogging que pode ser utilizada para uso pessoal ou também como plataforma multi-utilizador.

O que o Storytlr permite é juntar todas as informações das suas redes sociais e agregar num único local.

Storytlr

Poderá utilizar as suas contas de vários serviços, incluindo Delicious, Digg, Disqus, Flickr, Google Reader, Identi.ca / Laconi.ca, favoritos do Last.fm, Picasa, Qik, RSS Feeds, Seesmic, StumbleUpon, Tumblr, Imagens do Twitpic no Twitter, Twitter, Vimeo e Favoritos do Youtube.

O Storytlr é programado em PHP e utiliza base de dados MySql, poderá encontrar as instruções de instalação no repositório do Google Code.

Alojamento Web

A moda das barras

Já mais alguém mais reparou que muitos sites andam a adicionar barras superiores aos sites que vemos através deles?

Começou com o StumbleUpon, agora também o Digg e o Facebook têm uma barra superior…

Qualquer dia não se pode… Sempre que alguém abrir um site via um link qualquer tem uma barra por cima, que em muitos casos ocupa espaço demais do ecrã…

Sou só eu que acho que estas barrinhas fazem mais mal do que bem? Ocupam espaço no ecrã e não são assim tão úteis.

Alojamento Web

Streamy – Agregador de RSS online

StreamyQuem quer estar a par de tudo, necessita de ter fontes de informação, no entanto existem tantas fontes de informação que é quase impossível acompanhar todas as fontes.

Para resolver, ou pelo menos diminuir a carga deste problema, existem as RSS feeds que permitem exportar toda a informação para um único local utilizando um agregador de RSS para desktop, como por exemplo o YeahReader ou o RSSOwl, ou então um agregador de RSS online como o Google Reader, que é a solução que eu utilizo.

O Streamy é um agregador de rss online que para além de lhe permitir agregar RSS feeds, permite-lhe juntar vário conteúdo numa página dinâmica e partilhar informação com outros utilizadores do serviço.

Poderá adicionar a sua conta Twitter, Facebook, Digg, Flickr e FriendFeed e ainda actualizar o seu estado nesses serviços através do Streamy.

É ainda possível encontrar novas fontes de informação graças ao Streamy, no entanto este ainda é bastante recente e não tem muito para lhe oferecer.

A página é bastante rápida de navegar graças ao uso de Ajax e torna assim muito fácil a leitura de vário conteúdo, no entanto continuo a preferir o Google Reader.

Alojamento Web

Como aumentar o Alexa Ranking

Alexa

Hoje em dia os serviços como o Text-Link-Ads, Sponsored-Reviews e outros sites do género utilizam o Alexa ranking e o Google Page Rank no seu algoritmo de avaliação de sites.

Aqui deixo algumas dicas que o vão ajudar a aumentar o seu Alexa Ranking, bem como as visitas ao seu site.

1 – Instalar a Alexa Toolbar

Até à poucos meses, a Alexa Toolbar era exclusiva para Internet Explorer, razão pela qual o Alexa Ranking era provavelmente falível. Agora com a toolbar Sparky para Firefox é mais fácil aumentar o seu ranking no Alexa e este torna-se um pouco mais perto da realidade.

2 – Colocar o Alexa Rank Widget no seu site

Colocando o widget do Alexa com o seu ranking no seu site pode aumentar o seu ranking, apesar de alguns especialistas dizerem que esta técnica já não funciona.

3 – Encorajar os seus leitores a utilizarem a Alexa toolbar

Apesar da maioria das toolbars serem sinónimo de spyware, adware e outros, o Sparky é bastante simples, ficando escondido na barra de estado e sem ocupar visualmente um grande espaço.

4 – Instalar a Alexa Toolbar nos computadores do seu trabalho/escola/outros

Apesar de não ser ético, esta é uma boa opção para aumentar o seu Alexa Ranking. Muitas das pessoas vão usar o Alexa Toolbar sem sequer notarem.

5 – Obter reviews dos seus utilizadores no Alexa acerca do seu site

Se os seus utilizadores fizerem reviews ao seu site no Alexa, provavelmente o seu ranking irá aumentar.

6 – Escrever acerca do Alexa no seu site/blog

Isso mesmo, tal como eu estou a escrever no WebTuga acerca do Alexa, muitos webmasters fazem o mesmo. Se parte dos seus utilizadores colaborarem ou forem webmasters, vão ser mais algumas visitas ao seu site com o Sparky instalado.

7 – Partilhar o seu blog/site com outros webmasters

Alguns dos webmasters sabem a importância que certos rankings têm para o seu site, portanto utilizam o Sparky. Se os seus colegas webmasters visitarem o seu site, só tem a ganhar.

8 – Escrever conteúdo de interesse relevante para Webmasters

Tal como foi dito anteriormente, as visitas de Webmasters são um ponto a mais para o seu Alexa ranking aumentar.

9 – Crie ferramentas para webmasters

Ferramentas como Page Rank Checker, Topsites e métodos de divulgação de websites fazem com que os webmasters ao seu redor estejam em alerta no seu site. Isso irá aumentar as visitas de webmasters, logo aumenta o Alexa Rank.

10 – Faça com que o seu site seja divulgado

Seja pelo StumbleUpon, seja pelo Digg, seja por outros fóruns. Quantas mais visitas tiver o seu site, maior é a probabilidade de ter visitas que utilizem o Sparky.

São pequenas dicas que podem ajudar a aumentar o Alexa Ranking dos seus sites.

Alojamento Web

Flock 2.0

FlockFlock 2.0 foi lançado recentemente e tem como principal novidade a integração do serviço MySpace.

Para além do MySpace, o Flock, também conhecido como o browser social, tem suporte para mais de 20 serviços web 2.0, entre eles o Gmail, Flickr, Twitter, YouTube, Digg, Facebook, entre muitos outros.

O MediaRSS é também uma grande novidade no Flock, visto que permite a subscrição de sites com conteúdos multimédia.

O Flock é cross-platform tal como o Firefox e permite uma maior personalização através do download de skins e outras extensões, podendo assim alargar o número de serviços integrados no browser.

Uma coisa que reparei quando acedi à página de download do Flock foi que o browser não está disponível em Português. Portanto a quem quiser ajudar a comunidade Flock, pede-se que leia a Wiki de forma a verificar o que poderá fazer para traduzir o browser na nossa língua.

Alojamento Web

Diga Cultura 2.1 – Melhorando a rede social

Diga Cultura

Ele pode haver muitas redes sociais e muitos digg clones, mas o Diga Cultura é verdadeiramente o melhor site do género que alguma vez usei.

Enquanto que a maioria dos digg clones unicamente reproduzem scripts como o menéame, PHPdugg ou até mesmo o Pligg, o Diga Cultura é uma versão melhorada com ferramentas próprias e que se destaca por tal.

Consegue tal como o próprio Digg, criar uma interface remarcável e única.

Durante estas férias a equipa do Diga Cultura meteu mãos à obra e conseguiu melhorar o sistema de comentários, adicionando a possibilidade de ir até 7 níveis de comentários.

Para além disso, o Diga Cultura tem agora uma versão para o iPhone bastante completa e novamente com um interface bastante atractivo.

Para aqueles que não conhecem e para aqueles que já conheciam o projecto, aconselho a subscreverem o Blog para ficarem a par das novidades.

Alojamento Web

SocialThing adquirida pela AOL

SocialThingTodos vocês sabem (ou já deviam saber) que eu uso o Twitter frequentemente e um dos utilizadores que eu sigo é o @socialthing.

A principal razão que me levou a seguir o @socialthing até nem foi a rede social em si, mas sim o pequeno avatar do Twitter que me encantou.

Surpreendentemente, ontem deparei-me com uma grande novidades, pois a rede social SocialThing! foi adquirida pela AOL.

Relembro que o SocialThing permite acompanhar a vida dos seus amigos nas outras redes sociais como o Twitter, Flickr, Pownce, digg, last.fm entre outros, no entanto ainda se encontra em private beta.

Alojamento Web

Jornal Telegraph publica lista dos 101 sites mais úteis da internet

internetO jornal inglês Telegraph publicou, na sua edição online, uma lista com os 101 sites mais úteis da internet. A lista está dividida em cinco categorias: tecnologia, entertenimento, dicas e informação, casa, social, compras e viagens.

Alguns dos sites desta lista são os sempre habituais Google, eBay, Flickr, Digg, Facebook, Wikipédia, entre tantos outros. Mas também estão presentes alguns não tão conhecidos, como o GetNetWise, Ask Philosophers ou bubbl.us.

Esta lista contém vários sites interessantes e outros que não vos despertarão grande interesse. Mas vale a pena ver, porque poderão descobrir um serviço que poderá ser útil.

Não se esqueçam de nos deixar as vossas sugestões de sites e opinião sobre a lista nos comentários.

via blog pessoal do Eurico Leite (o Southafrikanense do tugatrónica)

Alojamento Web

iPhone 3G Este Verão?

Estará a Apple a preparar-se para lançar uma versão 3G do iPhone durante este verão?

Segundo o Yahoo, que cita um analista do Bank of America, a Apple deverá lançar uma versão 3G do iPhone no 3º trimestre do ano, ou até mesmo no 2º.

Não sendo o único, Kevin Rose (fundador do Digg) também o prevê, dizendo que esta versão terá capacidade de videoconferência e GPS.

De relembrar que alguns rumores indicam que a Apple terá encomendado 10 milhões de iPhones com chips 3G à empresa Hon Hai.

Também se pensa que esta versão poderá estar para breve, uma vez que as Apple Store de Nova Iorque não têm iPhones em stock desde terça-feira, e não se sabe quanto voltarão a ter.

Estará o iPhone 3G para breve?

Alojamento Web

Yahoo relança Buzz, agora à lá Digg

A possibilidade de uma opa hostil da Microsoft não impediu o Yahoo de relançar o Yahoo Buzz, agora semelhante aos internacionais Digg.com e Mixx.com ou aos portugueses Fixolas.com e Ouvidizer.com.

O Yahoo Buzz tem um funcionamento semelhante ao Digg e sui generis, ou seja, os utilizadores submetem e votam nos vários artigos. Mas este tem outras particularidades: a popularidade dos artigos não é apenas baseada nos votos, mas também nas pesquisas, nas leituras e nos artigos que os utilizadores enviam por email a alguém; e apenas utilizadores aprovados podem submeter conteúdos no serviço.

O facto de apenas utilizadores aprovados poderem submeter conteúdos no Yahoo Buzz poderá afastar muita gente; mas, para mim, é algo bem melhor que o que acontece no Digg, ainda que isso não impeça a manipulação da informação.

De momento, o Yahoo Buzz tem apenas 100 publicadores autorizados e não está a aceitar candidaturas para novos publicadores; mas elas serão abertas dentro de pouco tempo. Os interessados em tornar-se publicadores autorizados podem inscrever-se na mailing list do Yahoo Buzz para serem notificados da abertura das candidaturas.

via whoismadhur.com