Qimonda passa a chamar-se Nanium

Qimonda

A nova Qimonda que se irá chamar Nanium, vai ter accionistas como o Estado, o banco BCP e o BES, voltando assim de novo à actividade já no início do próximo ano com cerca de 380 funcionários.

A Infineon e a Nanium (Qimonda) têm já um acordo para o fabrico de memórias à semelhança do que acontecia anteriormente.

Qimonda

A Qimonda Portugal, situada em Vila do Conde, dedica-se ao fornecimento de serviços de manufactura e engenharia na área de negócios de semicondutores, operando em particular nas áreas de montagem e teste de produtos de memórias DRAM (Dynamic Random Access Memories).

Estas memórias destinam-se à incorporação em computadores, servidores e equipamentos digitais diversos (leitores de MP3, telemóveis, câmaras fotográficas, consolas de jogos, entre outros).