iOS 5 hackeado em menos de 24h

Um grupo de hackers conseguiu mais uma vez um feito notável, em menos de 24 horas conseguiu hackear o iOS5.

A apresentação do iOS5 decorreu nos EUA no dia 6 junho e mal esta equipa teve acesso ao sistema operativo conseguiu encontrar uma brecha permitindo assim hackear o iOS5 num iPod Touch de quarta geração. Esta equipa deu-nos ainda mais detalhes, a falha encontra-se no software de arranque (boot) permitindo a instalação de aplicações de terceiros (jailbreak).

Ainda não existe qualquer reacção por parte da Apple em relação a este caso, mas não tardará muito até que a situação seja regularizada com um novo update.

Temos vindo a testar o iOS5 e nota-se de facto que é ainda a primeira versão beta, já se consegue encontrar uma lista considerável de bugs e as potencialidades começam a aparecer aos poucos.

Alojamento Web

Ciberataque ao FMI

Segundo uma notícia do New York Times, o FMI (Fundo Monetário Internacional) foi alvo de um ataque informático avançado e de  dimensões ainda desconhecidas. Acerca disto surgem algumas informações de um especialista de segurança que o objectivo do ataque seria colocar uma escuta digital para tirar informações sobre os movimentos internos da Instituição.

O Tom Kellerman, especialista em segurança, afirmou que se o ataque fosse concluído com sucesso, poderia comprometer muita informação económica, tal como informações sobre os resgates a Portugal, a Grécia e a Irlanda e ainda informações sobre países que estão a passar dificuldades e que no futuro o mais provável é pedirem ajuda externa.

O porta-voz do FMI, O David Hawlay, afirmou que o acto está a ser investigado, e que o fundo está completamente funcional.

Video: http://www.youtube.com/watch?v=J1vy_sRp4AQ

Alojamento Web

Hacker do Twitter de Obama foi detido

O hacker francês de 25 anos que actuava sob o nickname (um pouco óbvio) de “Hacker Croll” foi detido pelas autoridades francesas. O hacker foi detido, numa operação levada a cabo pela polícia francesa sob a alçada de agentes do FBI, sob suspeita de ter acedido à conta Twitter de Barack Obama (entre outras) e de ter partilhado screenshots e ficheiros com diversas informações confidenciais, tais como apontamentos de reuniões, projecções financeiras, calendários, entre outros.

Segundo, o procurador Jean-Yves Coquillat, “Hacker Croll” não é nenhum génio da informática, nem usou nenhuma técnica sofisticada para conseguir os acessos.

A técnica do hacker francês para conseguir os dados de acesso consistia em navegar pelos sites, blogues e perfis das redes sociais das pessoas em questão, e a partir daí raciocinar uma possível password. Um autêntico jogo de paciência e de tentativas-erro.

Outra das técnicas usadas era o método da “pergunta secreta”, em que, após várias tentativas, conseguia responder com sucesso à questão e muitas das vezes a própria resposta já era a password em si.

A polícia avança que a principal causa destas transgressões é o actual estado do jovem de 25 anos, que vive em casa dos pais, está desempregado e, segundo declarações da própria polícia, “com tempo livre a mais entre mãos”.

É de relembrar que em França, aceder ilicitamente a uma base de dados é considerado crime e é punível até 2 anos de prisão.

No entanto, após ter sido detido e interrogado pelas autoridades, “Hacker Croll” foi libertado e agora aguarda o seu julgamento que ocorrerá dia 24 de Junho.