Hacker do Twitter de Obama foi detido

O hacker francês de 25 anos que actuava sob o nickname (um pouco óbvio) de “Hacker Croll” foi detido pelas autoridades francesas. O hacker foi detido, numa operação levada a cabo pela polícia francesa sob a alçada de agentes do FBI, sob suspeita de ter acedido à conta Twitter de Barack Obama (entre outras) e de ter partilhado screenshots e ficheiros com diversas informações confidenciais, tais como apontamentos de reuniões, projecções financeiras, calendários, entre outros.

Segundo, o procurador Jean-Yves Coquillat, “Hacker Croll” não é nenhum génio da informática, nem usou nenhuma técnica sofisticada para conseguir os acessos.

A técnica do hacker francês para conseguir os dados de acesso consistia em navegar pelos sites, blogues e perfis das redes sociais das pessoas em questão, e a partir daí raciocinar uma possível password. Um autêntico jogo de paciência e de tentativas-erro.

Outra das técnicas usadas era o método da “pergunta secreta”, em que, após várias tentativas, conseguia responder com sucesso à questão e muitas das vezes a própria resposta já era a password em si.

A polícia avança que a principal causa destas transgressões é o actual estado do jovem de 25 anos, que vive em casa dos pais, está desempregado e, segundo declarações da própria polícia, “com tempo livre a mais entre mãos”.

É de relembrar que em França, aceder ilicitamente a uma base de dados é considerado crime e é punível até 2 anos de prisão.

No entanto, após ter sido detido e interrogado pelas autoridades, “Hacker Croll” foi libertado e agora aguarda o seu julgamento que ocorrerá dia 24 de Junho.

Alojamento Web

Termos Iphone Hacking

O Iphone é smartphone com um potencial muito forte em relação a qualquer outro modelo existente no mercado.

Ainda por cima da para altera-lo todo, e meter aos nossos gostos.

Quem o compra ao principio não o mexe com medo de estragar, e assim passa-lhes ao lado toda a magia que ele nos pode proporcionar.

Lembro que todas as modificações feitas são completamente reversiveis, e se houver algum problema o restauro via Itunes coloca o Iphone de origem, para assim não perder a garantia.

Como tenho um Iphone e sou fã do jailbreak decidi explicar alguns termos essenciais para quem queira fazer hacking no seu Iphone/Ipod Touch.

Jailbreak – Em termos simples o que o Jailbreak faz é permitir a instalação de programas não oficiais no seu iPhone. É muito usada para fazer o desbloqueio, pois você ganha acesso ao software do aparelho, isto é a primeira coisa de tudo para podermos fazer hacking, até fiz um tutorial que pode encontra-lo aqui.

Cydia e Installer – É um aplicativo onde tem várias sources, feitas pela comunidade que servem para fazer o download de arquivos, programas, temas etc…, qual quer pessoa pode fazer sua própia source.

Winterboard – O Winterboard serve para modificar os temas ao Iphone/Ipod Touch, como por exemplo, trocar icones, papel de parede, dock, status bar, sons, teclado, ou existem os packs que ja trazem tudo incluido.

Mobileinstallation – É um patcher que serve para o Itunes reconhecer os programas crackeados e assim conseguir instalar  programas ou jogos da Internet. Sem o patcher o Itunes dara uma mensagem a dizer que não reconhece as assinaturas.

Open SSH – É um sistema que permite a comuninacação entre o Iphone e o computador, via Wifi através do Winscp, ou por cabo de dados através do Iphone Tunnel Suite. É indispensavel para colocar programas crackeados da Internet em seu Iphone/Ipod Touch como por exemplo jogos, ou fazer alterações nos ficheiros internos.
Estas são as principais para começar no mundo do hacking Iphone/Ipod Touch, em breve postarei novos assuntos ligado a modificação para que possa explorar o maximo deste fantastico smartphone.
Imagem034.png picture by deskmodptImagem026.png picture by deskmodpt
Alojamento Web

Transforme o seu iPod 5G/5.5G num iPod Touch…

…Graficamente falando. Vá lá, não estava mesmo à espera que isto fosse possível…

O hack é da mesma autoria dos que fizeram o mesmo com a interface do iPod Classic para o 5/5.5G e é preciso Windows para o fazer. Para tal é preciso carregar um firmware modificado para o seu iPod através do iPodWizard, disponibilizado pela comunidade responsável pela modificação. Este site garante que este procedimento não faz do seu iPod um bonito iBrick branco ou preto.

Infelizmente não posso dar mais detalhes uma vez que no momento de escrita o site apresentava um erro a dizer que o servidor estava sobrecarregado.

Site | iPodHacking.com

Alojamento Web

Utica College – Colégio com investigação de cyber crimes

Utica College – Colégio com investigação de cyber crimes



Economic Crime Degrees

A segurança online é para muita gente ( pessoas individuais e empresas ) um grande problema nos dias que correm.

Utica College, um colégio universitário dos Estados Unidos, tem um programa de segurança online que lhe permite tirar um curso de investigador do cyber crime e ter um diploma.

Este curso visa preparar e formar pessoas para a investigação à corrupção online.

Investigar, recolher informação e indícios, seguir pistas online e combater o crime online são alguns dos objectivos deste curso.

Com esta graduação o estudante estará preparado para combater a fraude online, roubo dos direitos de autor e da propriedade intelectual, pedofilia, terrorismo e hacking.

online cybersecurity degree

Alojamento Web

Sapo Codebits

O Sapo, talvez inspirada pelo Yahoo Hack Day ou pelo Novell Hack Week, criou o Sapo Codebits. Esta iniciativa pretende reunir 400 pessoas ligadas à área da tecnologia e fornecer-lhes recursos para que, durante três dias, possam por a sua criatividade e conhecimentos em prática, num ambiente descontraído e sem pressões.

Todos os participantes do Sapo Codebits terão comida à “borlix” e acesso gratuito à Internet. A inscrição é gratuita, mas o Sapo reservou o direito de admissão. Para conseguirem uma vaga, têm que visitar o site oficial da iniciativa e enviar o vosso currículo.

O Sapo Codebits será realizado nos dias 13, 14 e 15 de Novembro, na Gare do Porto Marítimo de Lisboa. No final dos três dias, será realizado um concurso para todos os participantes.

Comecem a fazer musculação aos dedos, porque vem aí muito hacking. 🙂

Alojamento Web

DRM do Windows Vista foi cracado

Ainda mal tinha acabado de chegar às bancas, e já tinha o sistema DRM cracado por um canadiano especialista em segurança informática.

Alex Ionesco desenvolveu uma "hack" para subverter o sistema anti-cópia do Vista, podendo assim ver um filme de alta definição sem encriptação e perda de qualidade. O código fonte ainda não está disponível devido a possíveis mudanças na legislação canadiana.

Esta hack tem um funcionamento bastante engenhoso; consegue dar a volta ao sistema anti-cópia, sem activar as "medidas de segurança" que impedem tentativas de hacking ao computador, e actua ao nível do kernel, talvez a zona mais protegida do Windows Vista.

Milhões de euros gastos para ser cracado ao fim de dois dias?!

"The great thing about the code I’ve written is that it does NOT use test signing mode and it does NOT load an unsigned driver into the system. Therefore, to any A/V application running, the system seems totally safe — when in fact, it’s not. Now, because I’m still booting with a special flag, it’s possible for Microsoft to patch the PMP and have it report that this flag is set, thereby disabling premium content. However, because I already have kernel-mode code running at this point, I can disable this flag in memory, and PMP will never know that it was enabled. Again, Microsoft could fight this by caching the value, or obfuscating it somewhere inside PMP’s kernel-mode code, but as long as it’s in kernel-mode, and I’ve got code in kernel-mode, I can patch it.

To continue this game, Microsoft could then use Patchguard on the obfuscated value…but that would only mean that I can simply disable Patchguard using the numerous methods that Skywing documented in his latest paper."

Blog do Alex Ionescu

Fonte: Boing Boing