Monopoly City Streets – Review

Mr Monopoly

Finalmente os servidores parecem já estar a funcionar melhor do que quando escrevi o último post sobre este jogo!

No então os jogadores recebem constantemente a mensagem de que os servidores estão em baixo, ainda não está tudo perfeito portanto, e por vezes é lento tomar qualquer acção. Neste post trago-vos uma revisão deste jogo esperado por tanta gente.
Portanto, o primeiro passo de quando se entra no jogo não é o registo, mas sim encontrar uma rua que se possa comprar!
Logo no primeiro ecrã aparece uma caixa de texto para inserir-mos uma localização para procurar-mos. Eu aconselho procurar em “Lyon, France” (sem aspas). À tarde ainda haviam algumas ruas para venda nessa cidade. Quando fazemos o máximo de zoom à cidade, o jogo começa à procura de ruas que podemos comprar, seja a outros jogadores (carta a azul), seja ao banco (carta em roxo).
As ruas são-nos dadas com uma lista semelhante a esta:

Lista de ruas para comprar

Ao clicar-mos numa rua que possamos comprar ao banco aparece-nos outra janelita semelhante às cartas de posse do tradicional monopólio, com uma opção de comprar (BUY).O preço da rua depende da localização e espaço para colocar edifícios.

Ao clicar nessa opção, aparecerá o formulário de registo.
O registo é bastante rápido e a única verificação existente é CAPTCHA, ou seja, nem email pede…

Após o registo, ficam com a rua em vossa posse e o jogo fica com o seguinte aspecto:
Aspecto geral do mapa

As ruas a azul são propriedade de outros jogadores, vermelhas são propriedades compradas por nós e o que não tem nenhuma cor é para venda ou não está disponível para venda. Os edíficios presentes no mapa podem ser construídos nas propriedades que o jogador detem.

Falando do cabeçalho do mapa do lado esquerdo: encontra-se o nick (neste caso é o meu), o nível em que se nos encontramos (niveis mais altos dão acesso a mais edifícios), temos a opção de ver o nosso perfil (que nos mostra o valor do nosso império e as ruas que temos e o respectivo valor) e a opção de logout.

Do lado direito temos os fundos que nos restam, no meu caso após umas compras fiquei apenas com M$38000 (cada jogador começa com M$3000000).

Na parte de baixo temos uma lupa [img1] (para pesquisar zonas do mundo para podermos adquirir ruas), um maço de notas (ao clicar o jogo pesquisa na área em que o mapa se encontra que ruas estão disponíveis para comprar), os cartões de propriedade [img2] (mostra-nos as ruas que temos e o seu respectivo valor), o envelope (para consultarmos os alertas, como por exemplo, uma oferta que nos tenham feito) e o pódio (quadros de mérito).

Propriedades
[img1] Peço desculpa mas existem duas ruas que prefiro não revelar 😛

Procurar
[img2]

Quando clicamos numa propriedade nossa temos duas opções:

Popriedade propria

Vender a rua por metade do preço assinalado na carta, ou Comprar uma propriedade, leia-se, edifício. Existe uma vasta selecção de edíficios que podemos escolher, e quando a rua já está bastante cheia não temos espaço para construir mais edificios…

edificios

Quando clicamos numa propriedade que não é nossa, temos uma opção apenas: fazer uma oferta…

propriedade alheia

A esta altura já está o leitor a fazer duas perguntas: como é que ganho dinheiro e onde é que estão as cartas da sorte?!

Respondendo à primeira questão: Cada rua e edifício (dependendo da localização) tem um “rent value” (valor de aluguer) e por dia irá receber esse valor, ou seja, quando maior a rua e mais desenvolvida ela estiver, maior será o valor de aluguer, nas imagens em cima pode-se ver o rent value para uma rua sem edifícios (cujo o valor é +-10% do valor de compra) e de outra rua com edifícios (claramente mais de 10%). O valor gerado por cada edifício depende da rua em que é construído, no menu de escolha de edifício apresenta-se o valor de compra e o valor de aluguer.
A título de exemplo, imaginemos que temos uma rua que tem M$15000 de rent value, e possui 2 “Nova Tower Block” e que cada edíficio desses gera M$25000. Por dia o jogador irá receber M$65000 (15000 + 25000 + 25000).

As cartas da sorte são ganhas aleatoriamente enquanto efectuamos compras ou vendas. Nessas cartas podemos ganhar ou perder dinheiro; ganhar edifícios que podemos construir nas ruas de outros (como por exemplo prisões) para o rent value da rua (incluindo dos edificios) ser M$0 (chamados “hazards”); ganhar edifícios que não permitam a construção de hazards; ou demolidoras para deitar abaixo hazards que tenham colocado na nossa rua.

Uma vez que os servidores já estão a trabalhar melhor, já se consegue fazer mais e ter uma melhor percepção do jogo. É claro que não abordei tudo o que o jogo tem, há mais para ver mas eu também ainda não vi tudo.

Tenho a dizer que vejo um futuro feliz neste jogo, no entanto parece que só estará online até 31 de Janeiro de 2010, resta saber o que acontecerá depois disso…

Alojamento Web

Google StreetView em Portugal

Google StreetView

Os carros do Google já tinham sido avistados em varias zonas do pais e ao que parece, já existem zonas em Portugal que podem ser vistas no Google StreetView, incluindo a zona do Porto e da grande Lisboa.

Poderá por exemplo espreitar onde são criados os tão famosos Magalhães, aqui, ou espreitar o Cristo Rei desde a Ponte 25 de Abril (link). Mas ainda melhor, o Google StreetView permitira aos terroristas prepararem os seus ataques com mais eficiência.

via Durao.net

Alojamento Web

Grécia proíbe Google Street View

Google Street View

Enquanto que por terras lusas já se podem encontrar os carros do Google Street View a tirar fotografias nas principais cidades (já foram fotografados em pelo menos Lisboa e Braga, salvo erro), pela Grécia o Google não teve tanta sorte.

O Organismo de Protecção de Dados da Grécia proibiu a circulação dos carros do Google, de forma a evitar que o país se torne numa sociedade Big Brother.

A notícia é avançada pelo jornal online Guardian, onde poderá ler mais acerca deste assunto.

E vocês? O que acham do Google Street View e da possível invasão à nossa privacidade?

Alojamento Web

Acordo do iPhone SDK Proíbe Aplicações de Rotas por GPS

Segundo o Engadget, o acordo do iPhone SDK proíbe as aplicações que façam calculo de rotas em tempo real e com base em GPS e que indiquem o percurso.

Este acordo poderá fazer com que a Apple não aprove as aplicações da TomTom e suas concorrentes, uma vez que estas violam os termos do acordo.

No entanto, é referido que os termos para as aplicações que usam as API de localização são quase copiados na integra dos termos do Google Maps, pelo que aplicações que usem mapas próprios não deverão ter problemas.

Para ver se estas aplicações serão aprovadas ou não teremos que esperar pela abertura da App Store, portanto até lá.

Alojamento Web

iPhone e iPod Touch Actualizados

iphone, ipod, touch, macworld, keynote, steve, jobs, mail, maps, weather, stocks, notes, web, clips, home, screen, software, update localização no Google Maps bem como com o modo hibrido, SMS para múltiplos contactos e Web Clips (links para os sites mais visitados, até 9), para além da capacidade de ver filmes alugados. O home screen é agora personalizável.

Por sua vez, o iPod Touch recebe várias aplicações novas.

As novas aplicações são emprestadas do seu primo iPhone e são o Mail, Maps, Weather, Stocks e Notes. O iPod Touch também inclui os Web Clips e o Home Screen personalizável, bem como a capacidade de ver os filmes alugados.