Alternativas ao software da Adobe

Adobe Logo

A Adobe tem produtos fantásticos. No entanto, a maioria deles são pagos e o preço podemos dizer que não é muito acessível. Mas, para grandes males, grandes remédios.

Se as licenças do software da Adobe são caras, apesar de valerem o seu preço, nada melhor do que procurar por alternativas gratuitas, das quais algumas até poderão ser open-source. Por isso, fica aqui uma lista de aplicações alternativas ao software da Adobe.

Photoshop

O Photoshop é um poderoso editor de imagem que permite adicionar filtros e pequenos efeitos e dessa forma obter resultados espantosos. Como alternativa, temos para lhe apresentar o Gimp, uma ferramenta gratuita e opensource que permite obter resultados próximos dos obtidos no Photoshop.

DreamWeaver

Este é um dos mais completos IDEs para Web. O DreamWeaver permite utilizar templates pré-definidos e tem um sistema autocomplete para sintaxe de linguagens como PHP, CSS, JavaScript, entre outras. Por outro lado, temos o Nvu, com binários disponíveis para Linux, Windows, OSx e FreeBSD, torna-se numa simples aplicação que o irá ajudar a criar XML, CSS e JavaScript.

Adobe Premiere

Trata-se de um software de edição de vídeo bastante completo e ao mesmo tempo de fácil utilização. Funciona em conjunto com outras aplicações da Adobe e permite criar animações profissionais. Por sua vez, o Avidemux é uma boa opção ao Premiere, permitindo executar simples tarefas nos seus vídeos, tais como cortar pequenas partes, filtros e permite a automatização de tarefas. Está disponível sob a licença GNU GPL e funciona em Linux, BSD, MacOSx e Windows. Para além do Avidemux, existe também o cinelerra, que é tão bom ou ainda melhor que o Premiere.

Adobe Reader

Hoje em dia, a maioria dos documentos partilhados na Internet estão no formato PDF ou DOC. O Adobe Reader é uma aplicação que permite não só a visualização deste tipo de documentos em modo off-line, mas também online, integrando-se como plug-in no seu browser. Alternativamente, poderemos usar o Foxit PDF Reader em Windows, visto que em macOSx e em Linux já existem leitores de PDF por omissão, apesar do mesmo estar disponível para Linux e outras plataformas.

Adobe Flash

Cada vez mais presente nas mais conhecidas plataformas, a tecnologia Flash permite desenvolver aplicações e pequenas animações e reproduzir em vários gadgets, no entanto, a sua aplicação na criação de sites tem sido cada vez maior e agora que o Google passará a indexar sites com conteúdo Flash, poderá vir a ser uma grande aposta para o futuro. SMIL, ou Synchronized Multimedia Integration Language, é a opção ao Flash apresentada pela W3C.

Alojamento Web
Alojamento Web

FlickIM – um cliente web de IM que deixa a desejar

Quando o acesso às redes de mensagens instantâneas está bloqueado, recorremos às aplicações web. Uma das mais conhecidas é o Meebo, que adicionou recentemente suporte para videochat.

Mas esta não é a única opção. Existem vários serviços semelhantes e o FlickIM é um deles. Este serviço tem pontos positivos e negativos, mas são os negativos que mais se destacam.

Os pontos positivos do FlickIM são o suporte para smilies – que têm que ser inseridos "à mão" (não há nenhuma opção para os inserir, tem que ser com dois pontos e um parêntesis ou outra combinação de caracteres) – a mostragem dos avatares dos contactos, o suporte para várias redes e o uso de widgets que servem, entre outras coisas, para o utilizador ver os emails da sua conta do Gmail.

Os pontos negativos são o não suporte para chat de vídeo, a funcionalidade para notificação sonora da recepção de novas mensagens não funcionar, a impossibilidade de alterar o nick (pelo menos sem conta criada no site) e a pop-up irritante que nos pede para convidar uns contactos que está sempre a aparecer, mesmo que a fechemos três vezes seguidas.

Pela discrição da página inicial, o FlickIM parece ser um excelente serviço, mas quando se usa verifica-se que afinal não é bem assim. Ainda que não seja mau, podia ser melhor. Talvez o venha a ser daqui a uns tempos.

Alojamento Web

Conversação em grupo e smilies no chat do Gmail

O Google adicionou duas novas funcionalidades ao Gmail, mas precisamente ao chat do Gmail: conversações em grupo e emoticons.

Estas conversações em grupo não são novidade para ninguém que utlize programas de mensagens instantâneas. Os emoticons também não seriam, não fosse a possibilidade de usar os smilies antigos (combinações de caracteres) ou dois tipos diferentes de emoticons.

Alojamento Web

Meebo já suporta áudio e vídeo

O Meebo adicionou suporte para chat de áudio e vídeo ao seu serviço e posso garantir que é muito porreiro! Consegui encontrar uma webcam que andava perdida cá por casa, liguei-a ao meu computador com Debian Lenny instalado, acedi ao Meebo e, em 5 segundos, estava a ver a imagem da webcam. A vítima da experiência foi o cenourinha.

Agora, com o Meebo, é possível fazer chamadas de áudio e/ou vídeo através do serviço TokBox, realizar uma chamada em conferência usando o TalkShoe, fazer um "live stream" com o UStream ou um simples chat de áudio com o Pudding Media; basta, para isso, clicar no ícone com forma de foguetão, escolher qual a funcionalidade que pretende utilizar e ter o flash instalado. Se o contacto com quem pretendemos iniciar, por exemplo, uma vídeo-chamada não estiver a utilizar o Meebo nesse momento, ele ou ela receberá um convite, em forma de link, onde terá que clicar para iniciar a vídeo-chamada. Aos que estiverem a utilizar o Meebo nesse momento aparecerá um novo campo, na janela de chat, onde poderão ver a imagem da webcam.

Aplaudo a escolha de serviços externos para oferecer mais funcionalidades. O Meebo pode assim implementar funcionalidades sem que, para isso, tenha que sacrificar a velocidade e estabilidade do serviço.

Alojamento Web

Instantbird – o cliente de IM expansível como o Firefox

instantbirdO Instantbird é uma aplicação multi-plataforma de mensagens instantâneas recentemente lançada, que utiliza o XULRunner para o interface e a libpurple do Pidgin para se conectar às várias redes de IM.

Se estiverem à espera de ver muitas funcionalidades, esqueçam. Os smilies e outras funcionalidades comuns nos programas de IM mais conhecidos ainda não são suportadas, uma vez que esta versão – 0.1 – é destinada a programadores, por forma a desenvolverem extensões e novas funcionalidades para ela. No entanto, a aplicação já suporta separadores, por via do uso do XULRunner.

Como utiliza o XULRunner, as extensões podem ser desenvolvidas da mesma forma que são criadas para o Firefox ou Thunderbird. Isto é óptimo, porque poderá permitir, entre outras coisas, a adição de novas redes de IM, novas funcionalidades e novos smilies, apenas através da instalação de extensões.

O Instantbird ainda está numa fase inicial de desenvolvimento, mas já promete. Será interessante ver a que ponto chegou no início de 2008. Mas, por agora, interessa-me saber se o leitor acha que esta é uma aplicação que vale a pena ou não. Digam de vossa justiça.

{Página oficial do Instantbird}

Alojamento Web
Alojamento Web

Sapo Webmessenger – conversas no Sapo

sapo webmessengerO portal português Sapo lançou ontem o seu mais recente serviço, o Sapo Webmessenger. Para poderem desfrutar deste serviço, apenas precisam de um browser e de um endereço de email do sapo. Preenchidos estes requisitos mínimos, vão poder falar com os vosso amigos, enviar SMS, usar smilies e, futuramente, enviar ficheiros.

O Sapo Webmessenger é um cliente de mensagens instantâneas online (do género do meebo) que permite que os utilizadores conversem entre si como se estivessem a usar o Windows Messenger ou o Pidgin, e com um interface semelhante a qualquer programa de chat.

Uma das grandes novidades deste serviço é que vai ser um projecto opensource, o que quer dizer que poderão ver o código do projecto. Agora só falta saber qual será a licença opensource usada. Eu aposto na GPL3. E o leitor?

{Visitar o Sapo Webmessenger}

{Fonte: Blog do Celso Martinho}

Alojamento Web

Plugins WordPress usados no WebTuga

Wordpress Plugins WebTuga

Como devem saber, o WebTuga e todos os blogs da rede WebTuga, são "powered by" WordPress. Existem milhares de plug-ins espalhados pela web para este excelente script, neste artigo vou-lhes apresentar os usados por nós. Akismet – Vêm de default no WordPress e faz a selecção do que são comentários e do que são comentário Spam. Para usar é necessário uma ID do WordPress.com e assim tem o seu blog protegido contra spammers, no entanto o filtro ainda pode deixar alguns comentários indevidos passarem e pode bloquear alguns comentários normais. Backlinks – É um plug-in bastante útil que lhe permite saber em média quantos sites têm links para o seu blog. O script usa o Live Search para calcular os backlinks. Para trabalhar necessita duma MSN Search API ID. Diagnosis – Cria uma sub-página no menu principal da administração do WordPress que lhe mostra informações acerca do servidor, o Sistema Operativo, a versão do PHP, a versão do MySql, software de servidor, porta do mysql, entre outros… Google Analytics – Permite-lhe adicionar o código fornecido pelo Google Analytics para calcular as suas visitas e visualizações de páginas. Google Sitemaps – Permite-lhe criar um mapa do seu site para que o motor de busca Google o indexe rapidamente. More Smilies – Permite-lhe adicionar novos "smilies" aos seus comentários. Vem preparado já com algumas galerias, bastante útil para quem quer ter uma melhor interacção com o utilizador. Referer – Este é o plugin que melhor ajuda um blogger a saber quem o "linka" e quem cita os seus artigos. Grava a hora, a data e o url de onde veio uma determinada visita. Related Posts – Devolve uma lista de artigos relacionados com o artigo actual, segundo as suas tags. RSS Footer – Permite adicionar código html no final de cada item da sua RSS Feed, muito boa para promover outros sites ou artigos ( neste caso serve para promover os restantes blogs da Rede WebTuga ). Sidebar Widgets – Altera a barra lateral de forma a esta ser dinâmica e facilmente alterada através de blocos pelo painel admin, nem todos os themes suportam esta extensão, no entanto é muito fácil colocar qualquer theme compativél com a extensão, o do WebTuga não dava, mas em alguns minutos passou a dar… Subscribe To Comments – Permite ao utilizador ser notificado, através do e-mail, por novos comentários nos artigos do blog. Ultimate Tag Warrior – Permite adicionar tags especificas a cada artigo e/ou página do blog, sendo assim possível ter um blog mais SEF ( Search Engine Friend ). Tags in the Head – Permite colocar as tags geradas pelo plug-in anterior como Meta Keywords na header de cada página. Viper’s Video Quicktags – Facilita a colocação de Videos do Youtube, MySpace, Google Video, MetaCafe, IFilm, videos QuickTime e ainda videos genéricos em jpeg, wmv, avi, entre outros, nos posts do blog. Who is Online – Como o próprio nome indica, permite-lhe saber quem e quantas pessoas estão online no seu blog. Widget Pesquisa SAPO – Permite fazer uma pesquisa no sapo no domínio do teu blog. Esta extensão foi feita pelo nosso amigo André Ribeirinho. WP-ContactForm – permite ter um formulário de contacto bastante acessível e eficaz. WP-EMail – Deixa-o enviar uma notificação a um colega sobre um determinado tópico. WP-Notable – Adiciona um conjunto de links para que as suas visitas submetam os seus artigos para social bookmarkings. WP-PostViews – Mostra o número de vezes que os artigos do blog foram vistos. WP-Print – Altera o css do artigo de forma a ficar num formato de impressão. WP-Websnapr – Permite aos utilizadores verem um preview das páginas passando com o rato por cima dos links. Este plug-in aproveita as screenshot do serviço WebSnapr. WP Paginate – Adiciona uma paginação dos artigos no final de cada página. Além destes plug-ins ainda usamos outros que fazem umas minorias, mas não têm interesse para vocês. Espero que gostem das nossas escolhas e se tiverem sugestões, não se as esqueçam de recomendar.

Alojamento Web