Firefox 3.0 beta 5

FirefoxA quinta e, à partida, última beta do Firefox 3.0 foi lançada e já está disponível para download.

Tal como aconteceu com a quarta beta, esta versão não tem um apetite voraz por memória e continua rápida e bem integrada com o interface gráfico utilizado no sistema operativo – ou, pelo menos, com o Gnome, que é o gestor de desktop onde a testei.

Se ainda não experimentaram uma beta do Firefox 3.0, fiquem a saber que há um foco grande na protecção online. O browser pode ser integrado com um anti-vírus, vem com um sistema que alerta o utilizador quando este visita uma página utilizada para phishing ou que contenha malware, e está mais integrado com o sistema de controlo parental do Windows Vista.
Também a simplicidade de uso foi melhorada. A instalação de extensões de um qualquer site foi simplificada, é possível continuar um download parado após o reiniciar do browser ou da ligação e os plugins podem ser desactivados individualmente na janela dos extras.
Outra novidade, que dá um jeito do camandro, é o novo gestor de favoritos, que permite um maior e mais simples controlo e melhor acesso a todos os vossos sites preferidos.

Se ainda não experimentaram o Firefox 3.0, podem descarregá-lo aqui. Pessoalmente, acho-o pelo menos tão estável como o Firefox 2.x, mas mais rápido e com funcionalidades que facilitam a vida.

Alojamento Web

Adiciona pré-visualização de imagens ao Gmail com o Xoopit

xoopit

Se gostam de "pimpar" o Firefox e têm uma conta no Gmail, vão gostar do Xoopit. Esta extensão pesquisa os vossos emails do Gmail por links para ficheiros multimédia alojados em serviços como Flickr, Youtube e PicasaWeb, e adiciona uma pré-visualização desses conteúdos ao topo do serviço de email do Google.

O Xoopit permite ainda a inserção das imagens e vídeos encontrados em várias redes sociais e facilita o envio destes conteúdos para os seus contactos.

Pessoalmente, não vejo grande utilidade prática nesta extensão, porque prefiro o email escrito em plain text. Mas se costumam receber vários links para imagens ou vídeos, o Xoopit poderá ser uma ferramenta muito útil.

O Xoopit é compatível com o Firefox 1.5 e posterior. De momento, está em beta privada e funciona apenas com o Gmail, mas outros serviços de email serão suportados de futuro.

Xoopit, via bub.blicio.us

Alojamento Web

Jornal Telegraph publica lista dos 101 sites mais úteis da internet

internetO jornal inglês Telegraph publicou, na sua edição online, uma lista com os 101 sites mais úteis da internet. A lista está dividida em cinco categorias: tecnologia, entertenimento, dicas e informação, casa, social, compras e viagens.

Alguns dos sites desta lista são os sempre habituais Google, eBay, Flickr, Digg, Facebook, Wikipédia, entre tantos outros. Mas também estão presentes alguns não tão conhecidos, como o GetNetWise, Ask Philosophers ou bubbl.us.

Esta lista contém vários sites interessantes e outros que não vos despertarão grande interesse. Mas vale a pena ver, porque poderão descobrir um serviço que poderá ser útil.

Não se esqueçam de nos deixar as vossas sugestões de sites e opinião sobre a lista nos comentários.

via blog pessoal do Eurico Leite (o Southafrikanense do tugatrónica)

Alojamento Web

Wikipédia atingiu os 10 milhões de artigos

wikipediaDurante esta noite, por volta das 4h da manhã, deitei-me e fiquei a ver a série The Office até adormecer. A dada altura do episódio, o "chefe" diz que foi pesquisar tácticas de negociação à Wikipédia e que esta enciclopédia virtual é uma excelente ferramenta porque toda a gente pode escrever sobre o que lhe apetece, proporcionando a informação mais fiável que se pode ter.

Como sabemos – ou deviamos saber -, a informação na Wikipédia nem sempre é fiável. E nunca se deve utilizá-la como verdade absoluta, apenas como referência. E sim, é deprimente ver a TVI, mas não estava a dar nada melhor nos outros canais.

Mas há uma verdade na fala daquela personagem da série The Office: qualquer pessoa pode escrever ou alterar uma entrada na Wikipédia. E isso traduz-me em mais de 10 milhões de artigos actualmente disponíveis nas diferentes línguas – um marco alcançado durante esta semana.

A utilizadora que inseriu o artigo 10 milhões tem o nick Pataki Márta. A entrada é sobre o pintor Nicholas Hilliard e está disponível na versão húngara da Wikipédia.

Parabéns à Wikipédia por mais este marco histórico, e votos de muitas mais entradas adicionadas a este serviço que todos, incluindo eu, costumam utilizar como referência e ponto de partida para algumas pesquisas.

via Mashable.com

Alojamento Web
Alojamento Web

Criadores do Azureus criam lista de ISPs que fazem traffic shaping

bad ispOs criadores do famoso cliente bittorrent Azureus desenvolveram um plugin que tenta "caçar" os ISPs que estão a fazer traffic shaping à rede bittorrent.

Este plugin recolhe informações sobre o tráfego e conta, em intervalos de 10 minutos, o número de pacotes perdidos ou defeituosos. Depois, apresenta os resultados ao utilizador.

Se o utilizador o desejar, poderá enviar a informação recolhida, de forma anónima ou não. Ela será posteriormente adicionada à lista disponibilizada pelos criadores do Azureus, onde figuram os ISPs que limitam ou impossibilitam o tráfego através da rede bittorrent.

Mesmo que não utilizem o Azureus, podem consultar esta lista, ordenada por pais. Eu fui ver e sabem que ISPs nacionais lá vi? Oni e TVCabo – que agora é propriedade da Zon Multimédia.

via gHacks.net

Alojamento Web

Distribuição baseada no Ubuntu detecta traffic shapping

Ontem, o blog português Remixtures.com fez menção a uma ferramenta que permite saber se o teu ISP está a fazer traffic shapping à tua ligação à net.

Esta ferramenta é uma variante da distribuição de GNU/Linux, Ubuntu, disponível em 2 liveCDs que se conectam entre si através da internet, utilizando o protocolo bittorrent, para verificarem a existência de traffic shapping. O primeiro CD funciona como semente e o segundo como cliente bittorrent.

Depois de descarregados os dois CDs, o utilizador tem que inserir cada um deles num computador diferente e iniciar sessão. De seguida, tem que executar a aplicação Gemini-Tool, disponível nos dois CDs, e inserir o ip do outro computador. Feito isto, resta aguardar alguns minutos até o teste estar feito e o relatório ser apresentado.

Alojamento Web

Jornal O Publico inclui trackbacks dos blogues

O jornal O Público anunciou que vai passar a mostrar, no seu site, as reacções (trackbacks) da blogosfera às suas notícias, na zona abaixo da imagem de cada artigo.

Nesta zona, aparecerão as ligações para os blogues que comentaram a notícia em causa.

Para mostrar as reacções aos artigos publicados, o O Público utiliza o Twingly – uma ferramenta, diz o jornal, já utilizada por diversos jornais europeus.

Alojamento Web

Como instalar o Ubuntu sem remover o Windows

Se são utilizadores de Windows e gostavam de experimentar uma distribuição de GNU/Linux, um dos vossos grandes receios deve ser a provável remoção do Windows para instalar o Ubuntu, por exemplo.

Felizmente para vocês, intrépidos utilizadores com vontade de experimentar um sistema estável, o guiaubuntupt.org tem um guia com as noções necessárias para terem o Windows XP e o Ubuntu instalados na mesma máquina.

Para além deste guia, o Guiaubuntupt.org está repleto de dicas e tutoriais para todos os utilizadores, como a instalação de software nesta distribuição ou uma explicação do que é o Ubuntu.

Alojamento Web

eM Client – o Outlook Killer?!

Se o Thunderbird não corresponde às vossas expectativas e não têm paciência para o Outlook (lookout), o eM Client é uma boa opção para PIM (personal information managment).

Com funcionalidades como calendário, tarefas e contactos, este cliente de email é uma opção a ter em conta. Futuramente, terá integração com o Google Calendar, Google Contacts, redes de mensagens instantâneas, Facebook e anti-vírus; e suporte para ActiveSync.

Se estão habituados ao Microsoft Outlook ou ao Tunderbird, vão-se sentir mais ou menos à vontade com as funcionalidades do eM Client.

Recentemente, um projecto opensource semelhante chamado Spicebird, já aqui mencionado, foi lançado. Esta aplicação também tem calendário, gestor de tarefas e contactos e integração com a rede Jabber.

Com todas estas funcionalidades, será o eM Client o Outlook killer? Não sei porquê, mas não me parece. E a vocês?