Como criar um blog – parte 1

Como criar um blog

Hoje em dia qualquer pessoa tem o seu blog pessoal, no entanto muitas pessoas apenas têm o seu blog num dos serviços gratuitos e estão limitados de certa forma e existem outros que querem ter um blog, mas não sabem como o fazer.

Neste artigo vou explicar quais os passos para iniciar um blog e levá-lo ao sucesso.

Quero mesmo um blog? Tenho tempo para ele?

Antes de criar um blog, é necessário saber se necessitamos mesmo de um blog e se vamos ter tempo para o actualizar.

Muitas das vezes as pessoas criam um blog, mas este nunca é mais actualizado, talvez devido à falta de tempo, ou devido à perca de interesse por não ter comentários ou visitas.

No entanto, não espere que as visitas lhe vão cair do céu, é necessário esperar.

Portanto certifique-se de que está preparado para começar um blog e tem tempo para o levar em frente.

Qual o tema do blog?

Se vai criar um blog pessoal, deve avançar para o próximo tópico. Na realidade. a maioria dos blogs de hoje não são pessoais, acabando por falarem sobre algum tema, como o WebTuga que fala um pouco de tudo, o Tugatrónica que fala sobre gadgets e electrónica, o AppleTuga que fala sobre as novidades da Apple, o Boorlix que cobre a Web 2.0, entre outros.

Se vai criar um blog, necessita de definir bem a sua temática, só assim poderá orientar-se no que vai escrever.

Escolher nome do blog

Agora que escolheu o tema, deverá escolher o nome para o seu blog.

Se vai ser um blog pessoal, deverá escolher algo que identifique a sua pessoa, como o seu nome, uma alcunha ou um nick utilizado na Internet, ou poderá escolher um nome aleatório e que seja engraçado.

Se por outro lado, o seu blog vai ser temático, deverá procurar um nome que contenha as palavras chave no seu conteúdo, podendo misturar nomes em línguas diferentes, mas que faça com que a pessoa saiba a temática do seu site, mesmo antes de entrar nele.

Por exemplo, alguém que ouça falar no AppleTuga, vai sempre associar a um site acerca da Apple, ou MobileTuga, vai associar a telemóveis ou gadgets móveis ou o GameTuga e o TugaSport que sugerem jogos e desporto.

Escolha sempre um nome que atraia ao publico alvo, isso fará com que o publico alvo reconheça o seu blog.

Escolher plataforma do blog

Deduzindo que já tem um tema e um nome para o seu blog, está na hora de entrar em acção e procurar a sua ferramenta para blogging.

Apesar de existirem várias plataformas self-hosted para a criação de blogs, a minha sugestão recai sobre o WordPress, visto ser opensource, gratuita e existirem centenas de recursos gratuitos para a mesma.

No entanto, poderá sempre optar por Movable Type, Expression Engine, LiveJournal, LifeType, b2evolution, NucleusCMS, entre muitas outras.

Escolher domínio para o blog

Este é um passo importantíssimo na criação de um blog ou de qualquer tipo de site.

O endereço deverá ser o mais curto possível, no entanto deverá ter ou o nome do site na sua constituição, ou então uma palavra chave que suscite a atenção ao publico alvo.

Quanto ao sufixo do domínio, se deseja apenas atingir atenção para a população de utilizadores de Internet de apenas um país, deverá procurar um domínio local, como por exemplo o .com.pt ou o .pt para os Portugueses ou o .com.br ou .br para os Brasileiros. Caso contrário, se deseja que o seu site atinja todos os utilizadores da Internet, deverá procurar um domínio que seja reconhecido internacionalmente, como por exemplo o .com, o .net, o .org entre outros exemplos.

Escolher alojamento para o blog

Este é um passo bastante importante na criação de um blog. Convém saber bem a quem vai confiar o alojamento do seu site, pois existem por aí o que se pode chamar mesmo de “Empresa na hora”. O que quero com isto dizer, é que existem auto-denominadas Service Providers que nem sequer 1 mês de idade completam, acabando em poucos dias.

Existem também aquelas empresas que lhe oferecem 1000GBs e 1TB de espaço, com batata frita e arroz solto a acompanhar… Será que há alguém que acredite que lhe vão “dar” 2 discos de 500GBs por mês, por uns meros dólares/euros?

Estas empresas baseiam-se no overselling e muitas das vezes arranjam desculpas descabidas para terminar-lhe o serviço.

Antes de se decidir por uma empresa de alojamento, deverá procurar feedback de outros clientes alojados na mesma, procurar saber onde estão localizados os servidores e verificar se esta faz backups, para não haver problemas de perca de dados.

Verifique os planos que temos para lhe oferecer no WebTuga Hosting, com servidor em DataCenter Nacional, Backups diários para um segundo disco e ainda para um servidor remoto e com um suporte rápido e experiente.

Instalar o blog (WordPress)

Deduzindo que escolheu a minha sugestão e quer o WordPress como a sua plataforma de blogging, sugiro-lhe a verificar o meu tutorial de “como instalar o wordpress“.

A instalação é bastante fácil e pouco demorada, pelo que deve ter um blog simples em poucos minutos.

Esta é a primeira parte de muitas deste artigo. Em breve irei completar este artigo com informações relativas a como escolher o theme para o seu blog, quais os plug-ins necessários, como optimizar o seu blog para os motores de busca e ainda como e onde divulgar o seu blog.

Deixo aqui também algumas dicas adicionais que o vão ajudar a aumentar a sua motivação para continuar com o seu blog.

Uma das coisas que aprendi no mundo do blogging é que não devo escrever só por escrever, ou seja, não devo escrever por obrigação, mas sim por gosto.

Outra situação que normalmente levaria à desmotivação a várias pessoas, é o facto de não ter visitas ou comentários. Quando isso acontece, não deve desistir do seu blog, porque não é o facto de não ter comentários, que prove que as pessoas não leiam o seu blog.

Nunca desista!

Veja a primeira parte do tutorial: Como criar um blog – parte 2

14 thoughts on “Como criar um blog – parte 1

  1. Muito bom este artigo.

    Um offtopic: adorei este novo design do webtuga.com, arrisco a dizer que é o melhor até agora sem dúvida, está muito profissional e bonito, agora só é pena não passar esta nova imagem para o fórum :-(

  2. Pingback: WebSite Tech4pc » Arquivo » Como criar um blogue

  3. Muito BOM!!
    Já agora eu não consigo entrar no Webtugahosting

  4. Tipo ainda gostava que me dissessem onde é que a http://www.webtuga.net é uma empresa? Pelo menos não tem lá dados nenhuns que indiquem tratar-se de uma empresa real. Empresas reais são por exemplo: http://www.ptisp.pt e http://www.olivertek.pt ter em atenção que eu não necessariamente digo que seja um bom serviço, isso cabe a cada um decidir, mas pelo menos estas tratam-se de empresas reais. E quanto às ditas empresas que oferecem este mundo e o outro… é verdade, mas mesmo assim “oferecem” limites de utilização muito superiores a essas ditas “empresas” que qualquer coisa e inventam logo que o site está a provocar muito tráfego.

  5. @Joao

    WebTuga, Unipessoal Lda.

    Sim, o WebTuga é uma empresa real, registada nas Finanças.

    O WebTuga é também uma marca registada através do INPI.

    Alguma dúvida?

  6. Caro João, pelo teu comentário vejo não sabes do que falas.

    1º Base de Dados de Firmas e Denominações Sociais – http://www.dgrn.mj.pt/rnpc/pesquisa/frame_pesq_rnpc.htm – Basta inserir “webtuga”

    2º Instituto Nacional da Propriedade Industrial – http://www.inpi.pt/servicos/marcas_online.html – Selecciona a opção Pesquisa por nome da Marca e continuar, depois em nome da marca escreves “webtuga” e metes o código de segurança.

    Nem vale a pena acrescentar mais nada!
    Cumprimentos.

  7. Boas dicas, só não entendi porque você não citou o blogger que é o mais usado e mais simples para quem não tem muitos conhecimentos e também é totalmente grátis.

  8. -Ola eu á muito tempo que queria criar um blog e não sei como se faz !se alguém me quiser dizer eu agradeço muito OBIRGADA!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>