As autoridades europeias vão investigar o Facebook e a sua funcionalidade de identificação automática de fotografias, que está a ser disponibilizada em vários países, depois de ter sido lançada nos Estados Unidos há alguns meses.

O Facebook implantou globalmente, sem comunicar seus usuários, o sistema de reconhecimento automático de rostos em fotos. O recurso é polémico, pois envolve questões de privacidade.
O sistema de reconhecimento automático vai funcionar por meio de comparação. Quando o usuário carregar novas imagens, o algoritmo irá comparar as faces com outras fotos já “tagueadas” anteriormente. A identificação vai depender de aprovação do usuário para ser publicada.

Quando são carregadas fotografias novas o Facebook faz o reconhecimento facial automático, sugerindo a possível identidade de quem surge nas imagens. Cabe ao utilizador confirmar esse reconhecimento ou ignorá-lo

A questão sobre a violação da privacidade aparece, no entender do regulador europeu, porque não há um pedido de autorização prévio às pessoas retratadas.

A identificação de pessoas nas fotografias só deveria acontecer com o seu consentimento prévio e não pode estar activa de origem”, consideram os reguladores.

O Facebook permite desligar a opção de reconhecimento facial, para evitar a identificação por parte da rede de amigos, mas tal obriga os utilizadores a alterarem nas suas opções de privacidade.

2 COMENTÁRIOS

  1. Deixa ver se eu percebi esta notícia: Pessoas que utilizam o Facebook estão preocupadas com questões de privacidade de UMA funcionalidade? É isso? LOL, ok. PAWNED

  2. Quem se mostrou “preocupado” com a situação não foi de todo o utilizador comum, mas sim a União Europeia que zela pelo cumprimento das leis em vigor.
    O sistema implementado pelo facebook funciona da seguinte maneira, o utilizador coloca uma foto com por exemplo 2 pessoas, e automaticamente o facebook identifica a segunda pessoa da foto e mete uma tag como já é possível meter…. A questão é que a União europeia não acha legitimo que utilizadores sejam identificados em fotos de outros sem que previamente sejam informados que foram identificados e aceitarem a identificação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.