OpenSource PHP – Colecção de scripts em PHP

OpenSource PHPOpenSource PHP é um directório de scripts e CMS (Content Management Systems) em PHP.

Como o próprio nome indica, todos os scripts disponibilizados são código livre. No site podemos encontrar aplicações para criar galerias de fotos online, sistemas de Wiki, gestores de base de dados e até mesmo software para a criação de redes sociais.

Tenho seguido o site todos os dias e por incrível que pareça, todos os dias encontro algo que tinha procurado no passado.

Por aqui este já está nos meus favoritos e tenho a certeza que fará muito jeito a alguns dos nossos leitores.

Alojamento Web

Del.icio.us apresenta nova cara e novo nome

delicious

O Del.icio.us foi remodelado. E que remodelação, diga-se de passagem! O mais óbvio e esperado desta remodelação é o novo layout, mais agradável que o anteior e com a mesma simplicidade. Mas o nome também foi alterado e o serviço agora chama-se Delicious.

Para acederem a ele, podem continuar a utilizar o antigo http://del.icio.us. Este endereço redireccionar-vos-à para o novo endereço, http://delicious.com.

Mais informações sobre a remodelação do Delicious estão disponíveis no blog oficial do serviço.

Edited: Fica aqui um vídeo:

Alojamento Web

Dia da mãe

Obrigado porque tiveste na tua vida um lugar para a minha vida, renunciando a tantas coisas boas que poderias ter saboreado. Porque – mais do que isso – fizeste da tua vida um lugar para a minha. E de muitas maneiras morreste para que eu pudesse viver.

Porque não eras corajosa, mas tiveste a coragem de embarcar numa aventura que sabias não ter retorno.

Porque não fizeste as contas para avaliar se a minha chegada era conveniente: abriste simplesmente os braços quando eu vim.

Porque não só me aceitaste como era, como estavas disposta a aceitar-me fosse eu como fosse. Porque dirias "o meu filhinho" mesmo que eu tivesse nascido deformado e me contarias histórias ainda que eu tivesse nascido sem orelhas. E me levarias ao colo mesmo que eu fosse leproso. E, mesmo com tudo isso, me mostrarias com orgulho às tuas amigas. Porque seria sempre o teu bebé lindo.

Devo-te isso, embora não tenha acontecido, porque o farias.
Obrigado porque não tiveste tempo para visitar as capitais da Europa. Porque as tuas amigas usavam um perfume de melhor qualidade que o teu. Porque, sendo mulher, chegaste a esquecer-te de que havia a moda.

Porque não te deixei dormir e estavas sorridente no dia seguinte. Porque foste muitas vezes trabalhar com manchas de leite na blusa. Porque me sossegaste dizendo "não chores, filho, que a mãe está aqui", e estar no teu regaço era tão seguro como dormir na palma da mão de Deus.

Obrigado porque é pensando em ti que posso entender Deus.

Obrigado porque não tiveste vergonha de mim quando eu fazia birras nos museus, ou me enfiava debaixo da mesa do restaurante porque queria comer um gelado antes da refeição. E porque suportaste que eu, na adolescência, tivesse vergonha de que os meus amigos me vissem contigo na rua.

Obrigado porque fizeste de costureira e aprendeste a fazer bolos. Porque fizeste roupas e máscaras para as festas da escola. Porque passaste uma boa parte dos fins de semana a ver jogos de rugby ou de futebol para que – quando eu perguntasse "viste-me, mãe, viste-me?" – pudesses responder com sinceridade e orgulho "é claro que te vi!".

Obrigado por o teu coração ser do tamanho de me teres dado irmãos. Como eu seria pobre se não os tivesse!

Obrigado pelas lágrimas que choraste e nunca cheguei a saber que choraste.

Obrigado porque me ralhaste quando me portei mal nas lojas, quando bati os pés com teimosia, quando "roubei" batatas fritas antes de o jantar estar servido, quando atirei a roupa suja para um canto do quarto. Obrigado por me teres mandado para a escola quando não me apetecia e inventava desculpas. E por me teres mandado fazer tarefas da casa que tu farias bem melhor e muito mais depressa.

Obrigado por teres mantido a calma quando eu num dia de chuva fui consertar a bicicleta para a cozinha, ou quando arranjei uma namorada de cabelo verde…

Obrigado por teres querido conhecer os meus amigos, e por todas as vezes que não me deixaste sair à noite sem saberes muito bem com quem ia e onde ia.

Obrigado porque eu cresci e o teu coração parece ter também crescido. Porque me deste coragem. Porque aprovaste as minhas escolhas, e te mantiveste a meu lado apesar de ter passado a haver a distância. Porque levantas a cabeça – mesmo sabendo que eu estou muito longe – quando vais na rua e ouves alguém da multidão chamar: "mãe!".

Obrigado por guardares como tesouros os desenhos que fiz para ti na escola quando era, como hoje, o Dia da Mãe. E por ficares à janela a ver partir o carro, quando me vou embora, comovendo-te com os meus sinais de luzes.

Obrigado – já agora… – por não teres esquecido quais são os meus pratos favoritos; por o sótão da tua casa poder ser uma extensão do sótão da minha casa; por teres ainda no mesmo lugar a lata dos biscoitos…

por Paulo Geraldo
Alojamento Web

iTunes Store Celebra 5 Anos

A Apple está hoje a celebrar os 5 anos da iTunes Store. Para celebrar, a Apple (na iTunes Store US) reuniu os bestsellers e os favoritos do Staff destes 5 anos, embora não tenha qualquer desconto.

A iTunes Store (iTunes Music Store na altura) foi criada a 28 de Abril de 2003, com um catálogo de 200 mil músicas. Em 2004, começou a fornecer exclusivos e o iTunes Originals, além dos livros áudio. Em 2005 deu-se a introdução de séries de TV e vídeos de música, além do directório de podcasts e o iTunes Essentials. Já no ano de 2006 foram introduzidos filmes completos e deu-se o lançamento dos jogos para iPod e da iTunes Latino Store.

No ano de 2007, foi introduzido o iTunes U, a iTunes WiFi Music Store, os toques para iPhone e o iTunes Plus. Actualmente, a iTunes Store tem um catálogo de 10 milhões de músicas e é o fornecedor de música  número um nos EUA e o nº 1 online em todos os países onde opera.

Nestes 5 anos, a Apple já vendeu mais de 4 mil milhões de músicas e mais de 125 milhões de episódios de séries, e tem aproximadamente 50 milhões de clientes.

A Apple está de parabéns por este excelente serviço e pelos resultados obtidos. Aproveito também para, em nome da equipa do AppleTuga, desejar os parabéns ao blogger southafrikanse, que faz hoje 23 anos.

Alojamento Web

FileQube – mais um serviço de armazenamento de ficheiros

Nos serviços de alojamento de ficheiros, opções gratuitas é coisa que não falta: Box.net, Mediamax.com, Divshare.com, ElephantDrive.com, etc, etc, etc… Eu ainda podia inserir aqui mais uns quantos que tenho nos meus favoritos, uns melhores que outros, mas não vale a pena estar a bombardear-vos com serviços deste género.
Mas vou falar-vos de mais um que apareceu, chamado FileQube. Este serviço é muito semelhante ao Box.net, como poderão ver pela lista de funcionalidades; contudo, tem algumas características bem mais interessantes:
– 2 GB de espaço para as contas gratuitas
– partilha de ficheiros através de widgets,
– organização de ficheiros por tags
– upload de múltiplos ficheiros
– limite máximo do tamanho dos ficheiros a 150MB para os utilizadores que não têm conta registada e 500MB para quem tem conta no FileQube
– partilha de pastas
– acesso aos ficheiros através de RSS
– downloads directos
– interface agradável
– apenas 512 MB de tráfego
O serviço parece ser interessante: 2GB de espaço e organização de ficheiros por tags são funcionalidades bastante apelativas. Mas se utilizarem o FileQube para partilhar ficheiros com os vossos colegas, familiares e amigos, o limite do tráfego a 512 MB estraga tudo.

FileQube, via 2.0 Webmania

Alojamento Web

Firefox 3.0 beta 5

FirefoxA quinta e, à partida, última beta do Firefox 3.0 foi lançada e já está disponível para download.

Tal como aconteceu com a quarta beta, esta versão não tem um apetite voraz por memória e continua rápida e bem integrada com o interface gráfico utilizado no sistema operativo – ou, pelo menos, com o Gnome, que é o gestor de desktop onde a testei.

Se ainda não experimentaram uma beta do Firefox 3.0, fiquem a saber que há um foco grande na protecção online. O browser pode ser integrado com um anti-vírus, vem com um sistema que alerta o utilizador quando este visita uma página utilizada para phishing ou que contenha malware, e está mais integrado com o sistema de controlo parental do Windows Vista.
Também a simplicidade de uso foi melhorada. A instalação de extensões de um qualquer site foi simplificada, é possível continuar um download parado após o reiniciar do browser ou da ligação e os plugins podem ser desactivados individualmente na janela dos extras.
Outra novidade, que dá um jeito do camandro, é o novo gestor de favoritos, que permite um maior e mais simples controlo e melhor acesso a todos os vossos sites preferidos.

Se ainda não experimentaram o Firefox 3.0, podem descarregá-lo aqui. Pessoalmente, acho-o pelo menos tão estável como o Firefox 2.x, mas mais rápido e com funcionalidades que facilitam a vida.

Alojamento Web

Eluma: leitor de feeds e gestor de favoritos

Eluma é uma aplicação para Windows que "mata dois coelhos com uma cajadada": é um leitor de feeds e um gestor de favoritos.

O Eluma consegue importar ficheiros OPML, permite a criação de listas inteligentes, suporta tags, incorpora um sistema de alerta que avisa o utilizador da chegada de conteúdos novos e possibilita a partilha de subscrições e feeds com outros utilizadores.

Esta aplicação, de momento, está em beta privada. Se estiverem interessados em experimentá-la, podem candidatar-se a um convite no site do Eluma.

via Downloadsquad.com

Alojamento Web

Firefox 3.0 beta4

A mais recente – e possivelmente penúltima – beta do Firefox 3.0 foi lançada pela Mozilla, para os três sistemas operativos mais populares (GNU/Linux, Mac OS X e Windows) e em diversos idiomas.

Se já utilizaram uma das betas anteriores, não vão notar grandes novidades ao nível do interface. Mas lá dentro, nas entranhas do bicho, existem várias novidades. Uma delas, talvez até a maior, é o uso do Profile Guided Optimization (PGO), que permite ao browser ter uma maior performance, principalmente em sites que utilizam Javascript – se acederam ao Gmail com uma das betas anteriores do Firefox, sabem bem do que estou a falar.

Outra novidade é a aparição do Places – Biblioteca, na versão portuguesa. Este é o novo local de organização dos favoritos e de acesso ao histórico. Na Biblioteca, o utilizador pode adicionar tags aos favoritos, pesquisar no histórico e nos favoritos, criar pesquisas inteligentes que se actualizam conforme vão ocorrendo alterações e realizar cópias de segurança.

A quarta beta do Firefox 3.0 tem ainda mais novidades, como a melhor integração do tema com o Windows XP e Vista. Para saberem quais são, nada melhor que experimentarem. Algumas extensões poderão não funcionar, mas basta seguir esta nossa dica e boa parte delas funcionará sem grandes problemas.

Download


Esta pequena caixa de selecção foi adaptada do site Cybernetnews.com.

Alojamento Web

Guarde as links que não pode ler agora com o Instapaper.com

Eu nunca gostei muito do chamado Social Bookmarking. A razão para este desgosto é simples: não gosto muito dos serviços sociais, onde quase tudo é partilhado por defeito.

Há uns tempos atrás, descobri o Ma.gnolia.com. O serviço é porreiro, mas só permite adicionar bookmarks e dar uma classificação aos favoritos. Mais que isso, só mesmo partilhar-mos a nossa lista de favoritos com os outros utilizadores.

Mas ontem descobri um serviço de bookmarking que é o que eu sempre quis: permite guardar links, marcá-las como lidas ou não lidas (isto é óptimo para guardarmos links para futura leitura) e apagá-los. Só isto.

Normalmente, para guardar as coisas que quero ler, adiciono-as à homepage do Firefox e depois só tenho que carregar no botão da página inicial (aquele ícone em forma de casa) para os ver. O problema é que, assim, abrem-se as links todas de uma vez. O resultado é o browser lento e uma eternidade a carregar os sites (costumo ter, em norma, 8 a 11 links a abrir em simultâneo – mas já tive quase 20).

Vocês nem imaginam o jeito que isto me dá! Felizmente, agora só tenho que visitar o instapaper.com e clicar nas links que adicionei, através de uma snipet no Firefox, ao serviço. Depois de lida uma link, vou novamente ao instapaper.com e clico no botão ao lado da link que diz “skip”; assim a link ficar marcada como lida, o que é óptimo para saber o que já vi. Se quiser, também posso apagar a link.

Como tudo, este serviço não é perfeito. Para criarmos conta, só precisamos de escolher o nome de utilizador e o registo está feito. O problema é que, assim, o serviço fica sem password e as links à vista de todos. Para acabar com estes dois problemas de uma vez, basta adicionar uma pass e está feito, algo que devia estar disponível aquando do registo. A falta de tags é outro dos pontos menos bons do serviço.

Este serviço foi criado pelo mesmo criador da plataforma de microblogging, Tumblr.com. Tal como o Tumblr, o Instapaper é muito simples e extremamente fácil de utilizar. Sem dúvida que o recomendo a todos os utilizadores.

Instapaper.com

Alojamento Web

Mozilla Labs apresenta Weave 0.1


A Mozilla Labs anunciou uma nova ferramenta experimentar que tem como objectivo tornar mais fácil o acesso e o controlo do utilizador de aplicações desktop da Mozilla.

Tem o nome de Weave e vai, através de serviços web, permitir ao utilizador ter acesso aos dados da sua aplicação em qualquer lado. Para isso será necessário uma conta no Mozilla Services, onde ficarão guardados os seus favoritos, o histórico, as passwords, preferências, etc.

Isto será bastante util para quem acede à Internet fora de casa, podendo ter o Firefox tal e qual como o tem em casa em poucos segundos.

O Weave encontra-se na versão 0.1 e pode ser instalado em qualquer máquina que já tenha a versão Firefox 3 beta. Nesta versão já é possível a sincronização de favoritos e do histórico de várias instalações para a mesma conta e todos esses dados são encriptados.

Para já é possível autenticar-se a um único servidor ( labs.mozilla.com ), o que poderá dizer que em breve poderá ser possível usar este serviço em redes privadas, empresas num próprio servidor.

Apesar de já ser possível instalar o Weave, deverá tomar precauções ao usar a aplicação.

No entanto, caso deseje instalar o Weave 0.1, deve seguir as seguintes instruções:

1 – Deslocar-se ao https://services.mozilla.com/ e criar uma conta;
2 – Verificar a sua conta, clicando no link de verificação enviado para o seu e-mail;
3 – Instalar o Weave, que é uma espécie de extensão para o Firefox e outros, e reiniciar o Firefox;

Após reiniciar o Firefox, será-lhe pedido que configure o Weave, mas antes de tudo é-lhe pedido que faça o backup dos seus favoritos.

Terminada configuração, o Weave vai sincronizar os seus favoritos e o histórico com a sua conta e a partir de agora poderá aceder aos seus dados em qualquer computador efectuando os mesmos passos.

Para a versão 0.2 do Weave está prometida uma API para facilitar o desenvolvimento de outros serviços web, controlar o acesso à informação de dados específicos e ainda uma UI que permitirá a mudança de interface da aplicação.

A Mozilla pretende com esta ferramenta:

– Fornecer serviços web opcionais alojados pela Mozilla, tal como o Google, a Microsoft, o Yahoo e o Sapo têm;
– Possibilitar os acesso total aos seus dados, melhorando a experiência online do utilizador final, determinando se esta será partilhada ou não com o seu grupo de amigos, família ou ainda de total acesso livre;

Esta nova aplicação vem abrir novas oportunidades e introduzir um novo significado ao Web Browser.