Os países mais interessados no Twitter nos primeiros meses de 2009

Já todos conhecemos o fenómeno que é o Twitter. De acordo com um artigo recente, 2009 será um excelente ano para este serviço visto que está a continuar a ter um grande impacto por esse mundo fora.

De forma a verificar o impacto global do Twitter, o Pingdom utilizou como ferramenta o Google Insights for Search, que permite comparar o volume de buscas em regiões específicas, categorias ou períodos de tempo, e parece ser muito útil para estudar vários aspectos, como padrões e tendências. Dito por outras palavras, é possível saber o grau de interesse por país dos utilizadores sobre este ou aquele serviço.

De acordo com os primeiros meses de 2009 obteve-se o seguinte resultado:

Taxa de interesse no Twitter

Algumas observações:

  • Os cinco primeiros são todos países de língua oficial inglesa. De facto, se olharmos para o Top10, sete são países onde a população fala maioritariamente o inglês.
  • Os países com a maior taxa de interesse no Twitter são o Reino Unido e a República da Irlanda neste momento.
  • Portugal surge num excelente 6º lugar mostrando que somos fortes amantes do Twitter e que a divulgação pela imprensa e pela blogosfera deste serviço conseguiu a atenção dos portugueses.
  • A África do Sul, que desconhecia possuírem uma forte comunidade internauta, completa o Top10.

O que os resultados nos mostram é que o Twitter está a tornar-se um grande fenómeno global com principal tendência nos países com língua oficial inglesa. Este domínio explica-se pelo facto de existir uma grande comunidade inglesa de utilizadores do Twitter o que faciita muito. Isto não acontece em países como a Suécia ou Alemanha cujo maior obstáculo é mesmo a língua, sendo que apenas uma pequena minoria de utilizadores escreve tweets em inglês.

Alojamento Web

Ubuntu Free Culture Showcase: vencedores anunciados

Os vencedores do Ubuntu Free Culture Showcase, uma competição destinada a quem cria conteúdos artísticos com software livre, qe figurarão na próxima versão do Ubuntu já estão escolhidos. O anúncio foi feito por Jono Bacon, o responsável pela comunidade do Ubuntu.

Os vencedores são Adrés Vidau, um engenheiro electrónico mexicano que venceu a categoria Áudio, e Andrew Higginson, um jovem inglês de 14 anos que conseguiu o primeiro lugar na categoria Vídeo.

Estes dois trabalhos serão incluídos na próxima versão do Ubuntu. Para acederem a eles, irá bastar um simples sudo apt-get install example-content.

Alojamento Web

Download do Windows XP SP 3 ( inglês )

Windows XP SP3

Depois de alguns imprevistos o Windows XP SP3 foi finalmente disponibilizado para download no site oficial. Ainda está apenas disponível a versão em inglês, o que não significa que não vá haver uma versão portuguesa.

O motivo para o adiamento foi um erro de incompatibilidade do Microsoft Dynamics Retails Management. Esta versão tem melhorias de segurança e desempenho.

Download: Windows XP SP3

Alojamento Web

Controlar o Mac via E-Mail

O poder do AppleScript é enorme. Desta vez, a sua demonstração chega-nos através de uma simples e eficaz forma de controlar o Mac, tudo via e-mail.

Para tal, deve-se seguir os Tutoriais do TUAW, disponibilizados para o efeito. Os tutoriais cobrem generalidades do Mac e o iTunes, e estão escritos em inglês, mas são muito fáceis de fazer por nós.

Tutoriais | Controlo via E-MailiTunes

Alojamento Web
Alojamento Web

Uso de sistema DRM pela BBC causa mau estar no Open Source Consortium inglês

A BBC vai lançar um novo serviço, chamado iPlayer, que vai permitir aos utilizadores fazer o download um programa que perderam, até uma semana após a sua transmissão.

Para este serviço, a BBC escolheu a plataforma DRM da Microsoft, o que causou bastante alarido e mau estar nos representantes ingleses do Open Source Consortium.

Este grupo considera que a escolha do sistema DRM da Microsoft vai impedir o acesso de utilizadores com outros sistemas ao serviço e que é uma forma de influenciar os utilizadores a usarem um determinado sistema, e por isso escreveu uma carta aberta à BBC.
Em reposta, a BBC diz que os utilizadores de Mac OS X não foram esquecidos.

Para além da carta aberta à BBC, o Open Source Consortium inglês contactou várias entidades reguladoras sobre este assunto.

{Fonte: Arstechnica}